1 de novembro é Dia da Filarmónica de S. Sebastião

Em S. Sebastião o dia de Todos os Santos também é o dia da Banda Filarmónica.

A Banda de S. Sebastião em concerto comemorativo do seu dia, em 1 de novembro de 2009, sob a batuta do maestro David Ferreira. Foto de arquivo do jornal Região de Rio Maior.

A Banda de S. Sebastião em concerto comemorativo do seu dia, em 1 de novembro de 2009, sob a batuta do maestro David Ferreira. Foto de arquivo do jornal Região de Rio Maior.

Fundada em 11 de agosto de 1984, há já um bom par de anos que a Sociedade Filarmónica Instrução Recreio e Cultura Musical de São Sebastião adotou o 1 de novembro, dia de Todos os Santos, como sendo o seu próprio dia.

Comummente conhecida por Filarmónica de S. Sebastião ou Banda de S. Sebastião, este agrupamento de mais de três dezenas de músicos regidos pelo maestro David Ferreira, filho da terra e de um dos fundadores, é um dos dois do seu género existentes no concelho de Rio Maior.

Em janeiro de 2015 a Filarmónica de S. Sebastião protagonizou aquele que foi, possivelmente, o momento mais alto de um Concerto de Ano Novo, no palco do Cineteatro Municipal, ao ponto de alguns citadinos, embora soubessem da sua existência, e já a tivessem visto ou apreciado em procissões e alguns eventos oficiais, com repertórios naturalmente específicos para esse tipo de eventos, manifestaram-se à reportagem do jornal Região de Rio Maior surpreendidos pois não faziam ideia do grande nível artístico que esta banda do concelho de Rio Maior possui.

filarmonica_s_sebastiao_cartaz

O dia de Todos os Santos é aquele em que a Filarmónica faz um peditório a seu próprio favor junto da população, com a finalidade de reunir alguns meios que lhe permitam fazer face às significativas despesas que um agrupamento das suas dimensões e com formação de músicos tem ao longo do ano. Por falar nisso, é também no dia 1 de novembro que a Sociedade Filarmónica apresenta os seu novos músicos, fruto da sua própria escola.

Na próxima terça-feira, dia de Todos os Santos, a Tuna da Universidade Sénior de Rio Maior juntar-se-á à festa da Banda de S. Sebastião, contribuindo para enriquecer o espectáculo que terá lugar no magnífico salão local.

Depois será servido um lanche convívio entre Músicos, Sócios, Convidados e todos os presentes.

Categorias:Música Tags: , , ,

Também pode ser do seu interesse:

No CIJVS vai-se falar de antigas terras de Alcanede No CIJVS vai-se falar de antigas terras de Alcanede
O 1º convívio dos Dadores de Sangue de S. Sebastião O 1º convívio dos Dadores de Sangue de S. Sebastião
Está em preparação o 1º Encontro de Estudos Riomaiorenses Está em preparação o 1º Encontro de Estudos Riomaiorenses

Um Comentário

  1. manuel borges diz:

    Foi uma tarde muito bem passada e S. Sebastião recebeu-nos muito bem, tinha bastante gente na missa e o cemitério estava cheio e muito bonito, foi comovente quando a banda ali actuou com a música de todos os Santos. A Tuna da Universidade Sénior de Rio Maior, também actuou muito bem, parabéns às duas, banda e tuna e seu maestro o maior Sr. David Ferreira, nosso Professor da Tuna. Bem hajam e obrigado pelo bom lanche, a canja estava uma maravilha, muito obrigado.

Responder

Enviar Comentário


− 2 = três

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.