A Fábrica da Alegria e o turismo de natureza

Fábrica da Alegria – Empresa de Animação Turística com aposta firme no turismo de natureza

Alcides Ribeiro e a esposa, Ana Alves, proprietários da Fábrica da Alegria.

Alcides Ribeiro e a esposa, Ana Alves, proprietários da Fábrica da Alegria.

Bem se pode dizer que Alcides Ribeiro e Ana Alves são os empresários da alegria em Rio Maior; eles são os proprietários da Fábrica da Alegria. Aqui há tempos conversámos com este casal no Jardim Municipal 25 de Abril onde têm algum do seu equipamento de lazer e diversão infantil instalado. Decorria então a feira Rio Maior Alternativa integrada no programa geral da Frimor 2016.

Com sede nas Marinhas do Sal de Rio Maior, na Fonte da Bica, esta Fábrica da Alegria é “uma empresa de animação turística”, começa por explicar Ana Alves. Portanto não tem apenas a vertente de animação infantil: “Estamos também ligados ao turismo de natureza, percursos pedestres, passeios em balões de ar quente, eventos para empresas… ou seja vamos ao encontro daquilo que o cliente que nos procura pretende em termos de animação”, acrescenta Alcides Ribeiro.

Se tiverem clientes para o desporto de natureza, essa é uma pasta sobraçada por Ana Alves, uma vez que possui um mestrado precisamente nessa área. “Eu sou monitora de pedestrianismo, o Alcides também é monitor. Nós temos algumas competências na área do desporto de natureza”, informa a empresária.

Ana Alves adiantou terem lançado, pouco tempo antes desta conversa, um novo produto turístico: o Passeio Gourmet. “Este Passeio Gourmet é um passeio pedestre, com uma componente ligada a provas de vinhos ou à gastronomia, de forma a interagirmos também com os outros parceiros que existem, nomeadamente ali nas Salinas”, detalhou.

“A Fábrica da Alegria trabalha a nível nacional mas estamos mais focados neste tipo de atividades aqui em Rio Maior, porque é em Rio Maior que temos a nossa sede”, elucidou Alcides Ribeiro quando perguntámos se a atividade da empresa se restringia ao concelho ou se a exercia em quaisquer outros pontos do país.

O negócio estaria a correr bem? “Estamos na luta!”, gracejou o empresário.

Ana Alves dedica-se em exclusivo à Fábrica da Alegria. “Neste momento estou dedicada exclusivamente à Fábrica da Alegria. Temos aqui no Jardim este polo de animação, a sede nas Marinhas do Sal e toda uma oferta de vertentes de trabalho sobre as quais incidimos a nossa atividade”, resume. Uma visita ao site em www.fabricadalegria.pt coloca os interessados a par das inúmeras atividades da empresa bem como das suas disponibilidades em equipamentos. Já agora saiba que a Fábrica da Alegria esteve envolvida na magia e a animação do último fim de semana do evento «Presépios de Sal – Aldeia Natal».

Este casal esteve presente na apresentação do Plano Estratégico de Valorização e Comunicação Turística de Rio Maior, realizada em 1 de setembro de 2016 no auditório dos Paços do Concelho. Para Alcides Ribeiro, “Passos como este são sempre bons de dar e apesar de já deverem ter sido dados há mais tempo nunca é tarde para melhorar e para irmos à descoberta de novos produtos, novos clientes… Em Rio Maior estamos muito bem localizados, todas as ro-tas turísticas passam à nossa volta, temos é que captá-las para cá.”

Uma das coisas de que se falou na apresentação daquele plano tem a ver com o pedestrianismo, o que naturalmente interessa à Fábrica da Alegria: “O turismo de natureza é uma área que nós pretendemos desenvolver e daí eu ter falado dos Passeios Gourmet em que associamos a parte da natureza às provas de vinhos e à gastronomia e que também têm a ver com o alojamento, tentando criar sinergias com esse sector no sentido de se procurar prolongar a estada dos turistas entre nós, o que também interessa e pode passar pela criação de alguns produtos aqui na nossa zona que possam motivá-los a permanecer por cá mais tempo”, confirmou Ana Alves.

A apresentação do Plano Estratégico de Valorização e Comunicação Turística de Rio Maior foi feita às 10 da manhã de um dia de trabalho, o que talvez justifique tão escassa presença de munícipes, talvez uns vinte incluindo autarcas e funcionários camarários. Ou será que as pessoas em Rio Maior não se interessam por estas coisas? Foi o que quisemos saber de Alcides Ribeiro para finalizar esta conversa. “Aquilo que eu acho é que têm confiança nas pessoas que lideram, nos políticos. Por aquilo que eu vi, o presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Ceia da Silva, até convidou a senhora presidente da Câmara a fazer parte da equipa dele, portanto é sinal de que o concelho está bem representado.”

Texto e fotos: Carlos Manuel

Categorias:Economia, Em Destaque Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Visita ao Património Geológico e Mineiro de Rio Maior Visita ao Património Geológico e Mineiro de Rio Maior
Alda Oliveira está focada na solidariedade Alda Oliveira está focada na solidariedade
Blue Light acende-se em Rio Maior no fim do mês Blue Light acende-se em Rio Maior no fim do mês
Piscinas de Rio Maior foram a escolha do verão! Piscinas de Rio Maior foram a escolha do verão!

Responder

Enviar Comentário


um + = 3

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.