10 anos SIPREX numa conversa com Alberto Laurentino

SIPREX – 10 anos de dedicação do casal Alberto Laurentino e Marlene Félix.

O casal Alberto Laurentino e Marlene Félix, da SIPREX.

Alberto Laurentino e Marlene Félix adquiriram a SIPREX em 2008 dando-lhe a dimensão de mercado que tem hoje. “São dez anos a lutar por esta casa, não tem sido fácil mas conseguimos criar o nosso próprio caminho, estamos no mercado e vamos por diante”, orgulham-se estes empresários de Rio Maior.

Tal como o nome indica a Siprex divide-se em três áreas tais como: Sinalética, Material de protecção, e Extintores.

SIPREX – Roupa para finalidades específicas.

Na área da sinalética a SIPREX dispõe de uma vasta variedade de sinalética em fotoluminescente, em pvc e reflector, que é estipulada por lei para obras, edificios, e trânsito; para além desta, também faz sinalética personalizada de acordo com a necessidade do cliente.

Na área da proteção dispõe de uma gama de epi’s obrigatórios nas obras e nos locais de trabalho, tais como: luvas, auriculares, óculos, botas, farda, materiais para trabalhos em altura desde arneses e capacetes, etc.

Calçado de proteção, a maior parte do qual em kevlar.

Na área do calçado, a SIPREX apresenta aos clientes uma vasta gama de calçado de proteção, a maior parte do qual em kevlar; “os clientes são cada vez mais exigentes, uma vez que procuram calçado mais leve e mais confortável, e daí já não procuram tanto os sapatos de biqueira de aço. Esta inovação no calçado veio torná-lo mais leve, mais manuseável e confortável, além de dar mais estabilidade ao utilizador”, esclarece Alberto Laurentino torcendo alguns pares para exemplificar as diferenças.

A empresa tem viatura equipada para dar assistência de manutenção de extintores nas instalações do cliente.

Na área dos Extintores que é a sua principal atividade, a SIPREX efectua a venda e a manutenção.

Para fazer a manutenção dos extintores a SIPREX está devidamente certificada pela norma Np4413, que é uma obrigatoriedade exigida por lei, e dispõe de viatura própria para efetuar serviços no cliente: “Em 2008, quando adquirimos a empresa, a SIPREX já tinha essa vertente implementada – uma mais-valia para o cliente, uma vez que nos deslocamos às instalações dele e efetuamos lá a manutenção do equipamento, evitando assim que o cliente fique sem extintores durante um determinado tempo nas suas instalações. A nossa viatura está equipada com tudo o que é necessário para a manutenção dos extintores, como por exemplo: a máquina de carregar os extintores de pó, azoto, as balanças aferidas, enfim tudo o que a legislação exige para este fim. Dispomos também de um controlo interno de quando é efectuada a manutenção dos extintores no cliente, o qual relembramos com a devida antecedência de forma a evitarmos multa para o cliente e assim podermos agendar o serviço nas suas instalações. Criámos assim uma funcionalidade muito útil, tanto para nós como para o cliente pois evitamos andar para a frente e para trás com os extintores, poupando desta forma despesas e tempo”, elucidou Alberto Laurentino para quem, com esta assistência direta o cliente fica com a certeza de que os extintores que lhe são devolvidos após a manutenção são realmente os seus.

“Também fazemos a venda de extintores, vamos ao cliente, analisamos o edifício ou a respetiva planta , colocamos os equipamentos de acordo com a necessidade do cliente, ou conforme mencionado nas medidas de auto proteção ou outro tipo de relatório que o cliente possa eventualmente ter, e colocamos também a sinalética adequada conforme exigido por lei”, explicou Alberto Laurentino.

A SIPREX tem ainda outras áreas de negócio: compra e venda de paletes usadas.

A empresa tem, ainda, na área da higiene, os doseadores para o detergente das mãos, os desinfetantes e kits para as casas de banho.

A SIPREX exerce a sua atividade não só na cidade e concelho de Rio Maior mas também noutras localidades do distrito de Santarém. “De facto quase prestamos mais serviços fora da cidade do que propriamente aqui”, refere a concluir Alberto Laurentino.

Fotografias: Carlos Manuel

Categorias:Economia, Em Destaque Tags: , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Andebol: NA ESDRM com embates decisivos à vista Andebol: NA ESDRM com embates decisivos à vista
24 milhões do PO SEUR para a Lezíria do Tejo 24 milhões do PO SEUR para a Lezíria do Tejo
Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Tasquinhas são apresentadas dia 20 Tasquinhas são apresentadas dia 20

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.