5 a 3 foi a conta que… Henrique fez

Campeonato Distrital de Futebol de Seniores da 2ª Divisão de Santarém – Série A

Rio Maior Sport Clube vence Alferrarede e mantém-se ombro a ombro com o Tramagal Sport União.

A entrada das equipas em campo.

Cumprindo este domingo, 4 de março, a 15ª jornada do Campeonato Distrital de Futebol de Seniores da 2ª Divisão de Santarém – Série A, temporada 2017/2018, Tramagal Sport União (Tramagal) e Rio Maior Sport Clube (Rio Maior SC ou RMSC) ganharam os respetivos jogos; ambos receberam os seus adversários: o Tramagal venceu o Aldeiense, 4º classificado, por 2-1 e o Rio Maior SC bateu o Alferrarede, penúltimo da classificação geral, por uns inesperados 5-3.

Um dos vários pontapés de canto para o RMSC.

Privado, no banco, do seu treinador principal e de três jogadores castigados em consequência de expulsões no jogo da 14ª jornada, com a equipa da Casa do Povo do Pego, o RMSC entrou no encontro com o Alferrarede a conter os avanços do adversário ainda que inconsequentes, assumindo minutos depois a supremacia como lhe competia. Os riomaiorenses, controlados os ímpetos dos visitantes foram imprimindo o seu jogo de triangulações, passes de flanco a flanco a abrir a frente de ataque, permitindo rápidas, por vezes mesmo vertiginosas penetrações, quer pelas alas quer pelo eixo central, em terrenos proibitivos porque de elevado risco para as redes contrárias, tirando ainda partido da notável capacidade de finta e mudança de direção dos seus jogadores que os deixou, na primeira parte por cinco vezes concretizadas na cara do golo.

O golo de Gonçalo.

Os verde alvinegros de Rio Maior foram para o intervalo a ganhar por 4-0; o terceiro golo da tarde foi invalidado pelo árbitro que entendeu ter sido obtido em posição de fora de jogo. Os golos foram de Gonçalo (1-0 aos 20 minutos), Henrique (2-0 aos 25 minutos e 4-0 aos 43 minutos) e Barbosa (3-0 aos 34 minutos).

Para a segunda parte o Alferrarede regressou ao relvado do Estádio Municipal de Rio Maior com a mesma postura de entrega ao jogo olhando o RMSC olhos nos olhos, mas agora com outra disposição no terreno e concentração, defendendo em bloco próximo da linha de meio campo e partindo daí para o contra-ataque, rapidamente. Graças à pressão que estavam a exercer foram forçando o erro dos da casa que cederam uma grande penalidade aos 49 minutos, sensivelmente, transformada no seu primeiro tento.

Esse golo do Alferrarede parece ter causado um desnorte temporário na equipa riomaiorense que até se recompor e restabelecer a sua supremacia no jogo sofreu, quase de rajada, o 4-2 (aos 60 minutos)  e o 4-3 (aos 64 minutos).

5 a 3 foi a conta que… Henrique fez.

A partir daí o Rio Maior Sport Clube reagiu com acerto mas menos facilidades do que na primeira metade do jogo e aos 70 minutos estabeleceu o resultado final: 5 a 3 foi a conta que… Henrique fez.

Texto e fotos: Carlos Manuel

Categorias:Futebol Tags: , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Judoca da Académica de Rio Maior é Campeão Nacional Região | Judoca da Académica de Rio Maior é Campeão Nacional
Região | Agrupamento Marinhas do Sal de Rio Maior, na Suécia Região | Agrupamento Marinhas do Sal de Rio Maior, na Suécia
Região | Futebol: Em jornada desastrosa RMSC deixa Forense empatá-lo Região | Futebol: Em jornada desastrosa RMSC deixa Forense empatá-lo
Região | Junta de Rio Maior apoia empresários da restauração Região | Junta de Rio Maior apoia empresários da restauração

Responder

Enviar Comentário

© 2019 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.