Ainda o Dia Mundial da Árvore na região de Rio Maior

O Dia Mundial da Árvore na cidade de Rio Maior, em Arrouquelas e no Landal (Caldas da Rainha).

Neste princípio de primavera, no que respeita à cidade de Rio Maior já se reportou a plantação de 10 novas árvore no centro da semicircular de acesso à Escola Superior de Desporto, por alunos do ensino básico local, por iniciativa do Rotary Clube de Rio Maior e do Rotaract (veja aqui: http://www.regiaoderiomaior.pt/index.php/dia-mundial-da-arvore-comemorado-em-rio-maior/).

Este é o sobreiro do adro da Igreja de Nossa Senhora da Encarnação, em Arrouquelas.

Em Arrouquelas, os voluntários do Serviço Voluntário Europeu da H2O/Erasmus + celebrarem  celebraram o Dia Mundial da Árvore “homenageando” as árvores centenárias da freguesia que nada ficam a dever ao Sobreiro Assobiador plantado há 234 anos em Águas de Moura, no Alentejo e que foi recentemente eleito a Árvore Europeia do Ano 2018. De facto, esta freguesia do município de Rio Maior tem no sobreiro do adro da igreja de Nossa Senhora da Encarnação uma árvore imponente, com um tronco de 5 metros de perímetro.

Aspeto parcial da enorme oliveira do quintal do Sr. Sabino que se vê na foto ao lado de Alexandre Jacinto, da H2O, ambos entre dois voluntários do SVE.

Ainda em Arrouquelas, encontra-se outro exemplar do Reino Vegetal verdadeiramente imperial: a oliveira do quintal do Sr. Sabino, que tem um perímetro de 5 metros e 40 centímetros!

A H2O garante que o sobreiro e a oliveira serão candidatas no próximo concurso da maior árvore da Europa.

 

Em Rostos, na freguesia de Landal, o CDCL também não deixou passar a data em branco.

Com o objetivo de sensibilizar a população para a importância da perseveração e plantação de árvores o Centro de Desenvolvimento Comunitário do Landal (CDCL) em parceria com o Conselho da Cidade comemorou o Dia Mundial da Árvore um dia depois, a 22 de março, com a iniciativa «Eu Planto e Tu?».

O grupo que participou na iniciativa promovida pelo CDCL.

Esta actividade que teve a colaboração dos utentes do Centro de Convívio do CDCL, principiou pelas 11 horas com a apresentação da Arborização Autóctone da região, por Paulo Lemos. Após a esta apresentação decorreu o almoço.

Pelas 14 horas foi altura da plantação de diversas árvores, nomeadamente os amieiros, no espaço exterior do Centro.

“Com esta iniciativa queremos reforçar a importância das árvores para a vida do ser humano. A destruição da natureza, a falta de manutenção, traz problemas que afectam o futuro”, fundamentam os responsáveis do CDCL.

Um dia para recordar.

“«Proteger a árvore é proteger a vida». Colabore e faça a sua parte”, apela o Centro de Desenvolvimento Comunitário do Landal.

Categorias:Ecologia e Ambiente Tags: , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Região | Residência de Estudantes da ESDRM volta a ficar para trás! Região | Residência de Estudantes da ESDRM volta a ficar para trás!
Região | Os juniores do Rio Maior S. C. estão a crescer Região | Os juniores do Rio Maior S. C. estão a crescer
Região | Quarteto de Cordas da GNR aplaudido de pé em Rio Maior Região | Quarteto de Cordas da GNR aplaudido de pé em Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.