Azambuja insistiu nas variantes com o secretário de Estado

Secretário de Estado das Infraestruturas visitou, em Azambuja, pontos críticos da rede viária

Município insistiu na urgência de construir variantes a Aveiras de Baixo e a Aveiras de Cima na EN366.

sec_estado_infraestruturas_azambuja03

O concelho de Azambuja recebeu na última segunda-feira, 17 de outubro, a visita do secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d’Oliveira Martins.

O presidente do Município, Luís de Sousa, aproveitou para sensibilizar o governante responsável pelas obras públicas em dois momentos. À chegada aos Paços do Concelho, seguiu-se uma reunião de trabalho em que o presidente apresentou as principais preocupações da autarquia e da população relativamente a alguns pontos críticos da rede viária do concelho. Após essa exposição dos vários problemas e das propostas do município para possíveis soluções, teve lugar uma breve visita a alguns desses locais, designadamente à EN3, à EN366 e à EN3-1.

Relativamente à EN3, uma das mais movimentadas estradas nacionais do país, o intenso tráfego pesado gerado pela atividade logística da Zona Industrial Azambuja/Vila Nova da Rainha e o nível de sinistralidade verificado continuam a evidenciar a necessidade da duplicação da via, a remarcação do piso e criação de faixas de segurança e soluções para o estacionamento indevido de pesados e ligeiros em vários pontos. No perigoso entroncamento com a Nacional 366 – conhecido como “cruzamento da Guarita” – continua a ser proposta a construção de uma rotunda.

Na EN366, ficou o alerta habitual para a limpeza das bermas que melhore a visibilidade diminuindo o perigo, e a insistência, já de há largos anos, na urgência de construir variantes a Aveiras de Baixo e a Aveiras de Cima cujos centros urbanos continuam a sofrer com todo o trânsito – muito dele de pesados – desta importante via nacional.

Os problemas da EN3-1 «Estrada das Lezírias» têm a ver com a atividade agrícola, muito relevante na economia do concelho, com a utilização de veículos de grande tonelagem. São diversas as zonas com abatimentos e piso em mau estado, sem esquecer a idade e fragilidades de algumas passagens hidráulicas para “alimentação” de canais de rega.

O secretário de Estado mostrou-se sensível às situações expostas pelos autarcas de Azambuja e, apesar de não assumir nenhum compromisso quer de obra quer de prazos, deu a sua palavra de levar estes problemas na sua agenda às reuniões de trabalho que irá ter com a empresa Infraestruturas de Portugal. Recordou que o país ainda apresenta muitas necessidades e recursos limitados, mas assegurou que procurará contemplar algumas intervenções neste concelho, de acordo com disponibilidades orçamentais e prioridades.

Fonte: CM Azambuja

Categorias:Regional Tags: , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Sábado taurino na vila de Azambuja Sábado taurino na vila de Azambuja
Bombeiros de Azambuja têm um veículo novo Bombeiros de Azambuja têm um veículo novo
CVP Aveiras de Cima realiza Festival de Sopas CVP Aveiras de Cima realiza Festival de Sopas
Azambuja no Festival Nacional de Gastronomia Azambuja no Festival Nacional de Gastronomia

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.