Carlos Ribeiro, o diretor do Agrupamento Marinhas do Sal

Na tomada de posse Carlos Ribeiro deu a conhecer as linhas orientaras da sua direção para o Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal.

A subdiretora Lúcia Sequeira, as adjuntas Maria Teresa Pires e Susana Marques e o diretor do Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, Carlos Ribeiro.

A subdiretora Lúcia Sequeira, as adjuntas Maria Teresa Pires e Susana Marques e o diretor do Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, Carlos Ribeiro.

Na sequência das últimas eleições, em 27 de junho, tomou posse como diretor do Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, de Rio Maior, o professor Carlos Ribeiro, que assim sucede no cargo ao professor Alexandre Canadas que dirigiu a Escola Básica Integrada Marinhas do Sal e posteriormente o respetivo Agrupamento, durante duas décadas.

O ato de posse, informal, com a presença da presidente do Município, Isaura Morais e da vereadora da Educação, Ana Filomena Figueiredo, teve lugar no refeitório da escola sede do Agrupamento que se achava completamente preenchido.

Carlos_Ribeiro_assistencia

Dirigindo-se à presidente da Câmara, Carlos Ribeiro assegurou que a autarquia terá no Agrupamento um parceiro ideal, dedicado à melhoria do ensino no concelho e leal na defesa dos alunos e da escola pública.

O novo diretor conta ter da parte da vereadora da Cultura todo o apoio no que se refira às obras de renovação do edifício da Escola (que viriam a começar em agosto), a qual iria beneficiar de um investimento do Ministério da Educação mas a que seria muito útil uma substancial comparticipação municipal. E aproveitou para ir falando do bom que era a Câmara ajudar na renovação de rede de esgotos e das casas de banho do edifício, obras que no seu conjunto tornariam a Escola mais atrativa para os alunos.

Também os encarregados de educação podem contar com toda a equipa da direção do agrupamento e com os restantes recursos humanos, para proporcionar um ensino de qualidade aos filhos e educandos. “Iremos também promover uma escola baseada nos afetos e dessa forma contribuir para a felicidade dos alunos”, anunciou Carlos Ribeiro.

Por último o novo diretor informou os demais parceiros institucionais que o Agrupamento conta com eles para “oferecer um ensino de qualidade aos alunos” além de que lhes será pedido muitas vezes, ajuda na execução dos pro-jetos.

Ciente da importância que a escola tem para a estruturação dos homens e mulheres de amanhã, a nova equipa diretiva do Agrupamento Marinhas do Sal pretende  focar-se na importância do contributo das atividades escolares “para uma cultura de mudança, pelo que os valores culturais serão fortemente relevantes e o sentido das palavras «respeito», «tolerância», «solidariedade», «união» e «verdade» será devidamente consolidado nas mentes dos alunos e constará do projeto educativo da Escola”.

“Será uma gestão com o objetivo de colocar o Agrupamento Marinhas do Sal em lugar de destaque a nível nacional. Vamos usar como bandeiras da nossa instituição os projetos nomeadamente o projeto Erasmus”, garantiu Carlos Ribeiro afirmando “somos a única escola do país que tem 4 projetos Erasmus em execução, representando um financiamento de aproximadamente 130 000€”.

No Ensino Articulado da Música é criada uma nova turma no 5º ano; existe uma no 6º ano e irá existir outra no 7º ano, os Clubes Eco-Escolas, do Empreendedorismo, do Desporto Escolar, da Robótica, o Clube Europeu, o Clube de Debate e o do Cinema serão algumas ofertas formativas da escola.

A atividade do Agrupamento Marinhas do Sal assentará nas seguintes linhas orientadoras:

  • Missão – O sucesso educativo dos alunos será a demanda superior, com rigor, empenho e com a dedicação de todos os seus profissionais na formação dos alunos para que sejam conscientes e empenhados nas opções que tomam no sentido do prosseguimento de estudos ou no sentido profissionalizante;
  • Parcerias – O Agrupamento ira assumir-se como parceiro privilegiado de direito e de facto de todas as forças vivas da região, quer se fale em autarquias quer em instituições a nível social ou cultural, quer no tecido empresarial;
  • Rigor – Os profissionais do Agrupamento irão eleger o procedimento do trabalho de qualidade científica e pedagogicamente contínuo no sentido do sucesso dos nossos alunos.

À margem da tomada de posse de Carlos Ribeiro ALEXANDRE CANADAS ENVIOU UM EMAIL A COLEGAS E VÁRIAS ENTIDADES

“Hoje chega ao fim uma etapa da minha vida.

Ao fim de 20 anos à frente, primeiro da Escola e depois do Agrupamento de Escolas Marinhas do Sal, chega a hora de dizer adeus e de fechar este ciclo. Graças a todos (pessoal docente, pessoal não docente, Pais/EE, parceiros, entidades oficiais e claro os nossos alunos) conseguimos cumprir com muito orgulho, e satisfação os nossos objetivos e a nossa missão.

Estamos certos que fizemos a diferença…

que modificámos muitas vidas…

e que fomos mais longe…

Estamos certos que as nossas crianças e os nossos jovens estão bem preparados para a prossecução de estudos, estão bem formados e são melhores indivíduos.

Apostámos nas artes, no desenvolvimento integral do ser humano, na cidadania, nos valores, nas necessidades educativas, nos projetos que acrescentavam valor e ganhámos. Ganharam os alunos, a comunidade e todos nós que trabalhámos, que demos tudo e que acreditámos.

E acreditem que a nossa maior felicidade é ver as nossas crianças e os nossos jovens crescer saudavelmente e com um sorriso no rosto.

Por tudo isto, em meu nome pessoal e em  nome dos(as) colegas que me acompanharam na gestão, agradeço-vos por todo o apoio e pela colaboração.

Desejo-vos a todos(as) as maiores felicidades profissionais e pessoais.

Bem hajam

Alexandre Canadas.”

Categorias:Educação, Em Destaque Tags: , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Full STEAM Ahead no Agrupamento Marinhas do Sal Full STEAM Ahead no Agrupamento Marinhas do Sal
O 19º aniversário da Escola Superior de Desporto de Rio Maior O 19º aniversário da Escola Superior de Desporto de Rio Maior
Estrada Albergaria – Abitureiras está a ser melhorada Estrada Albergaria – Abitureiras está a ser melhorada
Obras do novo Hospital CUF Descobertas, já em maio Obras do novo Hospital CUF Descobertas, já em maio

Responder

Enviar Comentário

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.