Celebrado o 5º aniversário do CIJVS

Convento de São Francisco recebeu o 5º Aniversário do Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão.

O Convento de São Francisco foi a casa escolhida para comemorar o 5º Aniversário do Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão (CIJVS), numa sessão solene que decorreu no dia 27 de maio, com a presença de Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara Municipal de Santarém, de Martinho Vicente Rodrigues, diretor do CIJVS e de Aura Miguel que proferiu uma comunicação sobre «O outro é um bem – a experiência da misericórdia no pontificado do Papa Francisco», no âmbito da XCIV Assembleia de Investigadores deste centro.

5_Aniv_CIJVS_topo

Martinho Vicente Rodrigues referiu que a história do Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão não podia “fazer-se com silêncio, seguimos a tradição das civilizações clássicas, ao fazer a comemoração do seu 5º aniversário. A história do Centro de Investigação não deixa de ser uma história pela sua vida, mais de 700 investigadores espalhados pelo mundo, uma comunidade dada ao seu conhecimento científico. É interessantíssima a disputa de estratégias, com dignidade e extraordinária largueza de consciência, para estar a ser cumprido um culto significativo do potencial científico e tecnológico do Centro de Investigação”.

Durante a cerimónia foram entregues os prémios do CIJVS. O prémio «Doutor José Manuel Nogueira» ao Professor Doutor Nuno Carlos da Silva Carvalho Costa Venturinha, pelo trabalho «Francisco Sanches e o Problema do Conhecimento na Renascença» e o prémio «Doutor José Silva Maltez» à Doutoranda Ana Cláudia Oliveira Silveira, pelo trabalho «Testemunhos históricos sobre a evolução da linha da costa em Portugal». Os prémios têm por objetivo distinguir e premiar membros do CIJVS nacionais ou estrangeiros, de reconhecido mérito científico e/ou cultural, que tenham contribuído de forma notável para o progresso e o engrandecimento da Ciência e/ou da Cultura e para a projeção internacional do País.

Durante a cerimónia foram entregues os prémios do CIJVS.

Durante a cerimónia foram entregues os prémios do CIJVS.

Ricardo Gonçalves encerrou a cerimónia dando os parabéns ao CIJVS pelos seus 5 anos de vida, que começou por uma atitude de grande altruísmo, em 2009, do Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão, ao ter doado o seu espólio ao Município de Santarém. O autarca agradeceu a Martinho Vicente Rodrigues o trabalho que “nestes 5 anos, juntamente com a sua equipa, dedica para o crescimento do CIJVS, e no trabalho de investigação, nas várias áreas do saber, pois que é assim que o Professor Doutor Martinho Rodrigues tem dado continuidade ao legado deixado pelo Professor Doutor Joaquim Veríssimo Serrão”.

Criado em março de 2011, o Centro de Investigação abriu portas no dia 26 de maio de 2012. Este Centro comporta a doação que Joaquim Veríssimo Serrão fez ao Município de Santarém, constituída por mais de 30 mil livros, documentos, manuscritos, medalhas, obras de arte e condecorações. O Centro de Investigação foi criado com o objetivo de formar e cuidar do fundo documental e bibliográfico doado, promover e divulgar o estudo, estando aberto a todos os investigadores e estudiosos que queiram investigar nas áreas das Ciências Sociais e Humanas e da Ciência e Tecnologia.

Categorias:Património Tags: , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

29.ª FERSANT arranca no sábado no CNEMA em Santarém 29.ª FERSANT arranca no sábado no CNEMA em Santarém
Militares portugueses em confrontos na República Centro-Africana Militares portugueses em confrontos na República Centro-Africana
Borboletário Tropical vai celebrar o seu 5º aniversário Borboletário Tropical vai celebrar o seu 5º aniversário
O Centro Escolar de Asseiceira está formalmente inaugurado O Centro Escolar de Asseiceira está formalmente inaugurado

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.