Checas tramaram Portugal outra vez

Mundial de Basquetebol de Saragoça em Sub 17 Femininos 

Derrota frente à República Checa deixa a Portugal o 9º lugar… no máximo.

Portugal deixou tudo em campo e só caiu nos minutos finais. Na foto, note-se a epress~so de aflição da jovem checa que marcava Mariana Silva.

Portugal deixou tudo em campo e só caiu nos minutos finais. Na foto, note-se a expressão de aflição da jovem checa que marcava a portuguesa Mariana Silva, de Rio Maior.

Portugal deixou tudo em campo e só caiu nos minutos finais mas não foi capaz de ultrapassar as campeãs europeias nos oitavos de final do Campeonato do Mundo de Sub 17 Femininos. A Seleção Nacional perdeu frente à República Checa por 49-31. Agora irá disputar um lugar entre o 9º e o 12º posto uma vez que jogaria frente à ausente Nigéria.

Assim, o próximo jogo será no próximo dia 29 de junho, com adversário ainda por definir.

Portugal entrou bem no jogo e cedo demonstrou que não iria entregar a vitória facilmente frente a uma República Checa, campeã da Europa. “Com a já habitual imagem de marca assente na agressividade e intensidade defensiva, Portugal ia limitando o ataque checo e conseguia liderar o marcador chegando a deter, neste período, uma vantagem de seis pontos (7-13). A reação adversária nos últimos instantes permitiu uma ligeira aproximação no marcador até ao final dos primeiros 10 minutos (11-13)”, comenta a Federação Portuguesa de Basquetebol no seu site.

Já aos 15 minutos só as checas tinham convertido pontos e lideravam (13-16). A equipa portuguesa só ao minuto 8 conseguiu “dar” com o cesto adversário e à ao intervalo perdia por 19-17.

Após o intervalo o jogo manteve-se pouco produtivo, muito disputado mas com Portugal a registar uma baixa percentagem de lançamentos, permitindo às checas que continuassem a comandar a partida embora por relativamente pouco.

À entrada para o decisivo período final o score era de 33-27 a favor da República Checa.

“Portugal lutava com dificuldades acentuadas em marcar pontos. Sem conseguir um triplo ao longo de toda a partida a equipa lusa mantinha-se no jogo mercê da entrega defensiva e dos pontos que ia marcando da linha de lance livre e dentro da área pintada. Com 5 minutos para jogar a vitória ainda estava ao alcance (37-31) num jogo, que face aos duelos do passado, criou mais dificuldades que nunca à República Checa que só “desatou” o jogo depois de acertar um triplo que quebrou as forças lusas e permitiu às campeãs da Europa arrancar para a vitória com um parcial de 12-0 final que deram uma injusta expressão ao marcador (49-31)”, refere o comentador da FPB.

Recorde-se que em 2015, em Matosinhos, mas no Europeu de Sub 16 em Femininos, a final foi disputada entre as Seleções Nacionais de Portugal e da República Checa que chamou a si o título, com as jovens portuguesas a sagrarem-se vice-campeãs estando agora a maior parte delas se não mesmo todas no Mundial de Sub 17, em Saragoça (Espanha).

Categorias:Basquetebol Tags: , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

85% da Humanidade já experimentou dor 85% da Humanidade já experimentou dor
Mariana Silva no Torneio Internacional de Esposende Mariana Silva no Torneio Internacional de Esposende
Isidro: recorde nacional na Taça da Europa de Marcha Isidro: recorde nacional na Taça da Europa de Marcha
Juniores do Sporting, campeãs em Rio Maior Juniores do Sporting, campeãs em Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.