CNEMA prepara Concurso Nacional de Bolo Rei 2015

Bolo Rei estará à prova a 3/12/2015

Concurso valoriza produtos tradicionais e traduz-se em impacte nas vendas

boo-rei

A qualidade e organização da competição, a promoção do Bolo Rei Tradicional Português, a valorização dos produtos apresentados e o impacto positivo nas vendas são destacados pelos vencedores de 2014 do Concurso Nacional do Bolo Rei, cuja 4ª edição decorre uma vez mais no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, a 3 de dezembro, evento que o CNEMA realiza em conjunto com a Qualifica – Associação Nacional de Municípios e de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses.

Diz Helena Fidalgo da Padaria e Pastelaria Flor de Aveiro (Aveiro) – Medalha de Ouro nas últimas duas edições (2013 e 2014) na categoria «Bolo Rei», referindo-se a 2013: “Recebemos encomendas de todo o país, inclusivamente além-fronteiras. Foi um “boom”!  Chegámos a atingir durante alguns dias a nossa capacidade produtiva máxima.” E quanto a 2014: “Para nós foi uma honra! Não estou a falar só a nível comercial e vendas”, afirmou realçando o cumprimento das “especificidades do concurso, que se têm tornado cada vez mais rigorosas e exigentes, e muito bem”.

Para Rosário Guerra, da Briosa do Mondego (Coimbra) – Medalha de Ouro na categoria «Bolo Rainha», “este tipo de concursos tem sido de grande importância para a pastelaria Briosa, uma vez que vem comprovar a qualidade dos nossos produtos. As boas classificações que temos obtido têm sido um reforço positivo que mostra que estamos no caminho certo ao tudo fazermos para preservar a autenticidade e tradicionalidade da nossa doçaria”. Na Briosa acredita-se que se trata de “um evento sério e idóneo levado a cabo por duas instituições altamente conceituadas a nível nacional”, que promovem “não qualquer tipo de bolo rei mas o bolo rei tradicional português”. E revela: “O impacte foi muito significativo, pois as vendas do bolo rainha medalha de ouro equipararam-se às do bolo rei o que constitui um facto extraordinário no nosso histórico.”

A 4ª edição do Concurso Nacional do Bolo Rei Tradicional Português, pretende ser uma forma de:

♦ Motivar os produtores para continuarem a respeitar os modos de produção, as receitas e o uso dos ingredientes genuínos, que permitem manter a qualidade, a tipicidade e a diferença dos doces de Natal tradicionais;

♦ Divulgar os genuínos Bolos Rei Tradicionais Portugueses bem como outros doces tradicionais e típicos da época do Natal;

♦ Possibilitar ainda a valorização de outros bolos ou doces, tradicionais ou de base tradicional resultante da utilização de matérias-primas locais ou nacionais e que possam ser associados à época de Natal.

O Concurso está aberto a todos os produtores de:

  • «Bolo Rei», que beneficiem do uso da marca coletiva de associação ÉQUALIFICADO.
  • «Bolo Rei», cujos produtores demonstrem que o seu produto continua a seguir o modo de produção tradicional, cumprindo os requisitos constantes do Documento 029 CQ 01 – CRITÉRIOS PARA QUALIFICAÇÃO DE PRODUTOS TRADICIONAIS, aprovado pela QUALIFICA.
  • Outros bolos ou doces de Natal, de base tradicional.

Mas já na sexta-feira, 26 e 27 de novembro há Concursos de Doces de Fruta e Frutos Secos

No dia 26/11/2015, o Centro Nacional de Exposições recebe o 4º Concurso Nacional de Doces de Fruta Tradicionais Portugueses e no dia 27/11/2015 o 4º Concurso Nacional de Frutos Secos Tradicionais Portugueses.

Estas iniciativas, que o CNEMA realiza em conjunto com a Qualifica, têm como objetivo estimular a produção de qualidade, dar a conhecer os melhores produtos nas diferentes regiões do país, incentivar o seu consumo, promover o encontro de produtores, empresas, técnicos e apreciadores.

Com a promoção destas atividades o Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas pretende premiar, promover, valorizar e divulgar a qualidade, especificidade e a diversidade dos produtos portugueses.

As competições decorrem no âmbito da 53ª Feira Nacional de Agricultura/ 63ª Feira do Ribatejo a realizar em 2016, e de outras ações como os Concursos Nacionais de Queijos, de Enchidos, Ensacados e Presuntos, de Carnes Qualificadas, de Mel, de Azeite Virgem Extra, de Doçaria Conventual e Popular, de Conservas de Pescado, de Pães, Broas, Folares e Bôlas, de Licores, de Azeitonas de Conserva, de Ervas Aromáticas e de Sal, de Vinagres e de Chocolates e do Salão Prazer de Provar.

Os regulamentos das provas podem ser consultados em www.cnema.pt

Categorias:Economia Tags: , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Testemunhas de Jeová vão realizar o seu Congresso em Santarém Testemunhas de Jeová vão realizar o seu Congresso em Santarém
29.ª FERSANT arranca no sábado no CNEMA em Santarém 29.ª FERSANT arranca no sábado no CNEMA em Santarém
Feira Nacional de Agricultura, em Santarém de 2 a 10 de junho Feira Nacional de Agricultura, em Santarém de 2 a 10 de junho
Concerto Solidário de Ano Novo em Santarém Concerto Solidário de Ano Novo em Santarém

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.