Conheça as “Patinhas de Rua de Rio Maior”

patinhas 3

Catarina, São e Carlota dão vida e alma às “Patinhas de Rua de Rio Maior”

A «Patinhas de Rua de Rio Maior» é uma página na rede social Facebook, destinada a ajudar os amigos de quatro patas que derivam pelas ruas de Rio Maior e não só. Surgiu em finais do ano de 2014 e em 3 meses de existência soma já mais de 1600 seguidores, apoiantes do seu trabalho diário.

As Patinhas de Rua de Rio Maior descrevem-se como «um pequeníssimo grupo de pessoas que tem por objectivo ajudar e dar voz aos nossos patinhas que se encontram a viver na rua da nossa cidade, Rio Maior. Lutamos pelo bem-estar deles, pela alimentação, pela esterilização mas, acima de tudo, lutamos pela adopção dos nossos peludinhos! Para isso precisamos da sua ajuda!». Mas afinal, quem são as “Patinhas de Rua de Rio Maior”? Foi o que nos propusemos descobrir ao longo de uma conversa, bastante informal, com as “fundadoras” da página.

São Violante, Carlota Vintém e Catarina Machado, conheceram-se à pouco mais de um ano, mas a química entre elas foi imediata, ainda mais porque todas nutrem da mesma paixão por animais. Foi precisamente isso que as levou a deixarem-se envolver num projecto, que começou com São Violante e foi crescendo, tomando dimensões cada vez maiores.

São Violante deixa bem claro que as “Patinhas de Rua de Rio Maior” não são uma associação e não dispõem propriamente de um espaço físico que possa albergar os animais, contando isso sim com as chamadas FAT (Famílias de Acolhimento Temporário), que os acolhem enquanto as “Patinhas” não conseguem encontrar uma solução definitiva.

adoptados

Algumas das famílias de adopção e os respectivos adoptados.

As “Patinhas de Rua”, que na maioria dos casos tentam alcançar uma solução de adopção para os animais abandonados, até porque entendem que o canil municipal «não é solução para nenhum animal»,entendem que ajudar os animais «não tem de ser um exclusivo desta, ou daquela pessoa» e que «todos podem fazer a sua parte», sendo que para isso basta que não fiquem indiferentes quando vêem um animal em dificuldades.

Leia a entrevista completa na edição de 27 de Março de 2015, amanhã nas bancas!

Categorias:Em Destaque, Sociedade Tags: ,

Também pode ser do seu interesse:

Acudir aos animais que sobreviveram aos incêndios Acudir aos animais que sobreviveram aos incêndios
GNR previne acidentes em poços GNR previne acidentes em poços
O líder do PAN, André Silva, em Rio Maior O líder do PAN, André Silva, em Rio Maior
Manuel Luís Goucha visitou os «Animais de Rio Maior» Manuel Luís Goucha visitou os «Animais de Rio Maior»

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.