De «O Rodinhas» a «O Polivalente» com Nelson Manuel da Cruz Gaspar

Riomaiorense, hoje com 41 anos de idade,

Nelson Manuel da Cruz Gaspar é «O Polivalente».

O empresário Nelson Manuel da Cruz Gaspar.

Um dia lá para trás deixou Rio Maior e foi à procura de um rumo profissional para a sua vida. “Foi em Lisboa que ganhei prática nestes serviços que agora disponibilizo à população da minha terra. Comecei por fazer de ajudante em mudanças e trabalhos de bricolage, numa empresa que já não existe”, recorda.

“Acabei por me aperfeiçoar nesses serviços noutra empresa, já de outro porte, onde estive cerca de seis anos, passando aí de grupo em grupo, tendo sempre em mente estruturar um projeto que se adequasse aqui a Rio Maior mas capaz de dar respostas em qualquer ponto da região e do país”, acrescenta.

Logo que pôde, Nelson Manuel avançou para a materialização do seu sonho. Regressou a Rio Maior, arranjou emprego e sem descurar as obrigações daí decorrentes lançou-se por conta própria. Criou «O Polivalente»; hoje em dia, “setenta por cento do tempo que tenho disponibilizo-o à população para trabalhos de mudanças, bricolage, etc.”, revela.

E é no “etc.” que se descobre a abrangência do projeto «O Polivalente». Informa Nelson Manuel:

“Não estou sozinho. Tenho parcerias com diversas empresas e outros trabalhadores como eu. Por exemplo se precisar de entregar um serviço de construção contacto o mestre de construção civil meu parceiro, para que venha ter com o meu cliente, ver o que é que ele pretende, orçamentar e prestar o serviço desejado se for essa a vontade do cliente. Como tenho esta parceria na construção, também tenho nas pinturas, na reparação de eletrodomésticos, com jardineiros mais para os casos de grandes podas ou grandes limpezas que eu não consiga fazer pessoalmente ou que exijam o conhecimento de pessoas com mais sabedoria.”

Por outras palavras, “o meu cliente nunca está só comigo, eu conto com toda uma equipa” para o que for necessário, “da mesma forma que qualquer dos meus parceiros também conta comigo”, refere o empresário explicando que a sua “intenção quando criou «O Polivalente» para prestar serviços à população foi nunca deixar sem ser servida a pessoa que recorra aos” seus “serviços”. Um exemplo:

“Recentemente, uma pessoa que comprou casa não conseguia entender-se com a instalação elétrica que tinha na cozinha; eu próprio também não descortinava uma solução e portanto chamei um eletricista credenciado, meu parceiro, que resolveu o problema; resultado: eu fiquei bem visto, o meu parceiro também e o cliente ficou satisfeito por ver a instalação normalizada sem ter a preocupação de ter que ir à procura de um eletricista.

O Nelson Manuel, além de se incumbir de uma série de serviços, inclusivamente da limpeza de piscinas, chamando um terceiro única e exclusivamente quando é necessária uma intervenção para a qual ele próprio não esteja habilitado, funciona também como uma “plataforma”, que tem contactos com profissionais de várias áreas e rapidamente ajuda os seus clientes a resolver problemas. Por exemplo:

“Começo por fazer um serviço de mudança mas estou capacitado para entregar a casa já higienizada a um senhorio ou a uma imobiliária. Isto é, se a pessoa se quiser mudar sem ter grande trabalho, chama-me e eu entrego a casa já limpa e desinfetada e com a vistoria feita pela imobiliária ou pelo senhorio.”

Profissionalmente, Nelson Manuel começou por ser conhecido em Rio Maior como «O Rodinhas» e dedicava-se apenas às mudanças e entregas. Com a diversificação dos serviços disponibilizados, o empresário criou o nome «O Polivalente» e o respetivo logótipo, englobando lenhas a granel, lenhas ensacadas, pinhas, limpezas, pinturas, bricolage e serviços de eletricista.

«O Polivalente» tem os seus próprios meios: maquinaria, transporte e sabedoria para prestar uma série de serviços pessoalmente, como entregas a nível nacional, entregas de particular a particular, serviços de estafeta, pintura em madeiras e ferro, pinturas de interiores e exteriores, bricolage… sete dias por semana.

«O Polivalente» está contactável no tlm. 918 598 834, em www.facebook.com/nelsoncgaspar/, em casa, por cima do Doce & Bolo (Rua Nova do Gato Preto, na esquina do cruzamento com a Rua Marcolino Nobre) ou diretamente no armazém que tem no parque da D. Leonor, no topo da Rua D. Afonso Henriques, à direita. Nesse armazém há um painel onde estão indicados todos os contactos.

“Nunca deixo o cliente que me contacta sem uma ajuda”, garante Nelson Manuel da Cruz Gaspar.

Texto e fotos: Carlos Manuel

Categorias:Rio Maior Tags: , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | EPRM dá as boas-vindas aos seus novos alunos Região | EPRM dá as boas-vindas aos seus novos alunos
Região | Piscina de 25 m de Rio Maior vai ter melhor isolamento Região | Piscina de 25 m de Rio Maior vai ter melhor isolamento
Região | “Staff” da EPRM foi à descoberta da capital portuguesa Região | “Staff” da EPRM foi à descoberta da capital portuguesa
Região | EPRM premiada em concurso de protótipos tecnológicos Região | EPRM premiada em concurso de protótipos tecnológicos

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.