Derby entre UDRM e Amiense deu nulo

Terminou com um nulo o derby entre UD Rio Maior e CD Amiense, que se disputou no passado domingo no Estádio Municipal de Rio Maior. Tratava-se do encontro relativo à 21ª jornada do Campeonato da I Divisão Distrital da Associação de Futebol de Santarém, e para o qual a UDRM contava limpar a má imagem deixada nos dois jogos anteriores, garantindo um passo positivo rumo à manutenção.

Já o CD Amiense, em posição mais confortável na tabela classificativa, esperava confirmar que a derrota em casa por duas bolas a zero frente à UDRM, na primeira volta do campeonato, não tinha sido mais do que um “precalço”.

A verdade é que o jogo foi sempre bastante equilibrado e com oportunidades bastantes para que, quer uma equipa quer outra, desatassem o nulo, no entanto quis o destino que tal não acontecesse…

 O CD Amiense até dispôs de uma oportunidade soberana logo nos primeiros minutos do encontro, quando Fábio Soares derrubou o médio João Guerreiro dentro da sua grande área, levando o árbitro da partida a apontar de imediato para a marca dos onze metros. Foi dessa distância que o amiense Ricardo Rei rematou colocado, mas o guardião Miguel adivinhou o lado e evitou o golo adversário com aquela que foi a primeira de algumas intervenções importantes.

O jogo foi intensamente disputado a meio-campo, sem que nenhum dos ataques se conseguisse sobrepor às defesas, obrigando as equipas, num primeiro período, a recorrer aos remates de fora da área. João Alves, do lado da UDRM, foi o primeiro a tentar a sua sorte e viu o golo ser-lhe negado por uma defesa complicada de Chico, que desviou como pôde. Pouco depois foi a vez de Hugo Pereira testar novamente a atenção de Miguel, com um remate de meia-distância que encontrou a oposição do guardião riomaiorense. Os guarda-redes continuaram em foco, com Chico a responder à letra, e a evitar com uma enorme defesa o golo de Federa que cabeceou, como mandam as regras, um pontapé de canto batido por Dimas.

Apesar de não dominar o jogo de forma clara, foi notória a melhoria patenteada pela equipa riomaiorense em relação aos últimos dois encontros, revelando maior entrega e espírito de entreajuda, não se livrando ainda assim, de um ou outro susto.

De resto, os riomaiorenses até podiam ter ido para o intervalo em vantagem, com André Sousa em particular evidência nos minutos finais, primeiro, criando uma oportunidade de “ouro” com um excelente passe a rasgar que deixou Luís cara-a-cara com o guardião amiense, só que o avançado não conseguiu manter a frieza necessária para finalizar e permitiu a defesa ao guarda-redes, e depois, o mesmo Sousa, acabaria por rematar ligeiramente ao lado do poste direito da baliza contrária após um bom apontamento individual.

No segundo tempo, as equipas voltaram a anular-se pese embora mais um grande número de oportunidades criadas. Com o jogo a aumentar de intensidade, Nicolas subiu à área contrária para rematar… mas à figura… na resposta, o amiense quase chegou ao golo mas João Guerreiro finalizou de forma fraca o cruzamento de Ricardo Rei, com Miguel, mais uma vez em foco, a evitar o 0-1.

Umaro, que entrou para o lugar de Federa por volta do minuto 52, veio mexer com o jogo riomaiorense, e aos 64 minutos esteve perto de conseguir fazer mover o marcador num bom lance individual, que culminou com o lateral a flectir para o meio e a rematar à entrada da área… só que o remate saiu alto de mais. O Amiense respondeu por intermédio de Vindima, que com um remate à meia volta, fez também o esférico voar por cima da baliza.

Com o jogo já perto do final, mais duas grandes oportunidades para ambas as equipas, primeiro com Vicente, no segundo poste, a cabecear e a obrigar Miguel a uma enorme intervenção, com uma defesa por instinto e, depois, com Persi a passar por um adversário directo e, no frente-a-frente com Chico, a rematar para nova defesa do guardião amiense. Foram os últimos cartuchos de UDRM e Amiense no Estádio Municipal, numa partida nem sempre bem jogada mas com bastantes motivos de interesse.

Para a História fica o nulo, o único esta época entre duas equipas que entre si, nesta mesma época, já conseguiram os três resultados possíveis. O 0-0 não afecta de forma significativa o CD Amiense, que tem o objectivo da manutenção praticamente assegurado, enquanto a UDRM amealha mais um ponto que, para já, lhe permite ascender a uma posição mais segura no que toca a esse objectivo, mas que viu a UD Chamusca aproximar-se ainda mais depois de vencer a UD Santarém na cidade capital de distrito.

Categorias:UDRM Tags: , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

A Seleção Nacional de Futsal está em Rio Maior A Seleção Nacional de Futsal está em Rio Maior
NA ESDRM x NA Samora Correia disputam o comando NA ESDRM x NA Samora Correia disputam o comando
Melhores nadadores da região treinam no CAR Rio Maior Melhores nadadores da região treinam no CAR Rio Maior
Unidade fabril da Generis em Rio Maior Unidade fabril da Generis em Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.