Dia 7 de abril corre-se pelos Médicos do Mundo em Rio Maior

A partir do dia 7 de abril realiza-se no país a V Corrida Solidária da Médicos do Mundo.

medicosmundo-destA V Corrida Solidária arranca no distrito de Santarém na próxima quinta-feira, 7 de abril, Dia Mundial da Saúde, com as corridas organizadas pela Escola Profissional de Torres Novas (zona envolvente da escola) e Escola Profissional de Rio Maior (ruas da cidade). No total, no Distrito de Santarém estão envolvidas 17 escolas.

Mais de 4 100 alunos e membros da comunidade do distrito de Santarém participam na V Corrida Solidária da Médicos do Mundo (MdM). O objectivo é promover a reflexão sobre um tema, este ano «Educação para a Cidadania Global», e angariar fundos para apoiar as populações mais vulneráveis.

Em todo o país, incluindo as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, quase 300 Escola/Entidades e 30 mil pessoas participam nesta V Corrida Solidária. Nas quatro edições anteriores, o evento mobilizou mais de 330 mil pessoas e os fundos angariados permitiram apoiar diferentes populações: crianças em Moçambique (2007); crianças, jovens e adultos em Timor-Leste e Portugal (2010); jovens em S. Tomé e Príncipe e população idosa de Portugal (2011/2012); população de rua, nomeadamente pessoas sem-abrigo em Portugal e pessoas que vivem com o VIH e SIDA, familiares e mulheres grávidas em Moçambique (2012/2013).

A CorridaSolidária é um projeto da Médicos do Mundo que, desde 2007, desafia a comunidade – escolas, empresas, autarquias, associações, instituições e todos aqueles que desejem participar – a organizar corridas, marchas ou caminhadas, solidarizando-se com a Médicos do Mundo para que esta organização possa cumprir a sua finalidade.

Cada participante contribui com um donativo – de acordo com as suas possibilidade – e/ou procura um “patrocinador” que disponibiliza uma determinada verba. Os fundos angariados são depois entregues à MdM para que continue a sua missão de prestar cuidados de saúde gratuitos aos que mais precisam.

A Corrida Solidária é uma das ações da campanha SOMOS TODOS VISÍVEIS que tem por objetivo angariar fundos para suportar os vários projetos que a Médicos do Mundo atualmente desenvolve em Portugal, possibilitando à associação continuar a levar cuidados básicos de saúde gratuitos às populações mais vulneráveis e combater a sua discriminação.

Ajude a Médicos do Mundo a dar visibilidade aos jovens em risco, aos idosos esquecidos, às pessoas sem-abrigo.

“Enquanto seres humanos, todos temos direito à saúde, à justiça. Todos temos direitos a ser vistos. Para a Médicos do Mundo, não há invisíveis”, enfatiza a organização

Médicos do Mundo é uma ONG – Organização Não-Governamental

A Médicos do Mundo (MdM) é uma organização não-governamental e sem fins lucrativos, de caráter independente, que promove o acesso gratuito à saúde das populações vulneráveis e combate a sua discriminação, através de prestação de cuidados de saúde, ações de consciencialização, formação e capacitação de pessoas e instituições.

A Médicos do Mundo é hoje uma organização de referência, com mais de 36 anos de existência, presente em 82 países e com 355 projectos. A delegação portuguesa, fundada em 1999, tem 8 projetos em Portugal que melhoram a vida a cerca de 5 mil pessoas por ano.

Saiba mais em www.medicosdomundo.pt

Categorias:Nacional, Rio Maior Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid
Região | Nó de Rio Maior do IC2 em Asseiceira volta a ser encerrado. Região | Nó de Rio Maior do IC2 em Asseiceira volta a ser encerrado.

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.