Em Rio Maior choupos negros estão na berlinda

Choupos negros não fazem alergia…

Choupos negros no quarteirão da Biblioteca Dr. Laureano Santos, no espaço verde ao lado da Av. Humberto Delgado.

Choupos negros no quarteirão da Biblioteca Dr. Laureano Santos, no espaço verde ao lado da Av. Humberto Delgado.

“Choupos negros e plátanos podem gerar polémica entre moradores e a CMRM”

Sob este título o jornal Região de Rio Maior publicava na sua edição nº 1401 a notícia de que corria “entre os moradores da zona circundante da Biblioteca Municipal Dr. Laureano Santos de Rio Maior e imediações do quartel da GNR, um abaixo-assinado relacionado com a saúde e qualidade de vida de várias pessoas que estão a ser afetadas pela penugem largada pelos choupos negros ali existentes, na época da fertilização.

De facto, nessa época do ano o ar fica saturado dessa penugem/pólen e o chão debaixo dos choupos fica atapetado por uma camada esbranquiçada de dois ou três dedos de altura.

Este ano ter-se-ão registado alguns casos de recurso a assistência na saúde motivados por alergias.”

Nessa altura o abaixo-assinado já teria reunido cerca de três centenas de assinaturas. Já foi entregue à Câmara Municipal de Rio Maior, com mais algumas dezenas de assinaturas. Também foi assinado por pessoas que não sendo residentes na zona em questão, frequentam-na com assiduidade, designadamente a biblioteca e os correios, existindo também estabelecimentos comerciais e de restauração

Em agosto, quando o assunto foi abordado pela primeira vez numa reunião de Câmara, o vereador Augusto Figueiredo defendeu que “todas as árvores têm direito à vida mas há algumas que são mais adequadas a determinados locais do que outras”.

Por sua vez, “Carlos Frazão Correia referiu a existência de choupos um pouco por toda a cidade (Biblioteca, Jardim Municipal, Pavilhão Multiusos, etc.), recusou a ideia de Rio Maior passar a ser ‘o concelho anti choupo’ e se assim for ‘tudo o que é choupo corta-se’. E assumiu: “Enquanto vereador e eleito local não assumo essa postura de cortar as árvores pura e simplesmente; acredito que causem problemas de saúde, alergias, mas cortarem-se árvores, algumas com dezenas e dezenas de anos e substitui-las por outras, não é de ânimo leve que uma autarquia pode tomar essa decisão, porque uma árvore para atingir a dimensão das atuais leva uns bons anos.”

A questão voltou a ser colocada na reunião de Câmara desta segunda-feira, 23 de novembro, agora na sequência da entrega do abaixo-assinado.

Três ou quatro coisas ficaram claras:

  • A autarquia consultou a Sociedade Portuguesa de Alergologia e a resposta foi no sentido de que do “algodão” dos choupos não resultam alergias; veio até a sugestão de que os choupos sejam podados.
  • Informada a empresa que faz a manutenção dos jardins e das árvores da cidade, esta avisou a Câmara que será pior podar os choupos, pois as suas copas ganharão maior dimensão.
  • Quando da plantação das árvores em redor da Biblioteca não se terá tido em conta o que poderia acontecer em consequência do envolvimento do quarteirão pelas barreiras arquitetónicas que são em relação àquelas plantas de grande porte, os prédios ali erigidos.
  • O executivo está disponível para receber e esclarecer os moradores.
Choupos negros no espaço verde do lado oposto da Biblioteca.

Choupos negros no espaço verde do lado oposto da Biblioteca.

Posto de parte o risco de alergias, resta o incómodo que é a incrível quantidade da “penugem” que os choupos lançam na época reprodutiva, que invade as varandas, pousa na roupa a secar, penetra nas próprias casas e incomoda quem simplesmente respire ou abra a boca para falar, por exemplo.

As alergias polínicas dever-se-ão principalmente às gramíneas.

Categorias:Rio Maior Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Rio Maior volta a receber o Challenger da NERSANT Rio Maior volta a receber o Challenger da NERSANT
Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Includ-ED dá a volta ao Agrupamento Fernando Casimiro Includ-ED dá a volta ao Agrupamento Fernando Casimiro
A Seleção Nacional de Futsal está em Rio Maior A Seleção Nacional de Futsal está em Rio Maior

Um Comentário

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.