EmpreEscola: Big Bag ganha para Torres Novas

Empreendedorismo NERSANT

Big Bag da Escola Profissional de Torres Novas vence EmpreEscola.

Big Bag.

Big Bag.

Quatro sacos que se transformam em apenas um. Assim se pode resumir o projeto vencedor do EmpreEscola, atribuído pela NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, em 7/6/2016, em Santarém. À equipa vencedora, a associação atribuiu um vale de 600 euros a descontar numa loja de material informático, apoio técnico para o desenvolvimento do projeto e três meses de pré-incubação da empresa na Startup Santarém.

O projeto, de nome Big Bag, consiste na criação de um saco inovador, personalizável e facilmente transportável por quem costuma frequentar supermercados. Inovação: este saco possui quatro compartimentos, que se adaptam perfeitamente ao carrinho de supermercado, podendo os clientes efetuar desde logo a divisão das suas compras. Um dos compartimentos do Big Bag é térmico. Foram estes os argumentos que convenceram o júri do EmpreEscola a atribuir a esta equipa da Escola Profissional de Torres Novas, o lugar vencedor deste projeto de empreendedorismo da NERSANT.

Outros projetos distinguidos

Além da Melhor Ideia Empresarial do ano letivo 2015/2016, foram ainda distinguidos:

  • Sky Line, da Escola Secundária de Mação – aplicação que ajuda a escolher combinações de roupa. Foi considerada «Ideia mais Inovadora». Prémio: um vale de 400 euros em compras de material informático, apoio técnico para a implementação da ideia e três meses de pré-incubação na Startup Santarém.
Sky Line.

Sky Line.

  • Wets Sac, da Escola Secundária Sá da Bandeira, de Santarém – molde térmico que seca o calçado sem o deformar. Foi considerado o «Melhor Trabalho de Equipa». Prémio: um vale de 200 euros em compras de material informático, apoio técnico para a implementação da ideia e três meses de pré-incubação na Startup Santarém.
Wets Sac.

Wets Sac.

  • Dada a qualidade dos projetos apresentados, o júri decidiu atribuir uma menção honrosa aos projetos Solar Mirror, da Escola Profissional de Rio Maior, Epoveste, da Escola Profissional de Ourém e Cruz Templária, da Escola Profissional de Tomar.

Intervindo na cerimónia da entrega dos prémios, António Campos, presidente da comissão executiva da NERSANT, defendeu “a necessidade de interligação entre as escolas e o meio empresarial”, considerando a dinamização deste tipo de projetos como “um passo nesse sentido”. Afirmou ainda que é necessário “dar o próximo passo na dinamização destes projetos”, alertando os professores e alunos presentes para a necessidade de pensar projetos e criar serviços ou produtos “que possam ser exportados”, porque “esse é o futuro”.

No ano letivo 2015/2016 participaram no EmpreEscola 108 alunos, que desenvolveram 24 ideias de negócio. As 14 ideias finalistas foram apresentadas na cerimónia que deu lugar aos vencedores.

O EmpreEscola é parte de um projeto mais amplo de apoio ao empreendedorismo nas escolas que vai desde o ensino básico ao ensino secundário. Ao longo dos anos, só no EmpreEscola, já participaram 1 351 alunos do ensino secundário no Ribatejo.

Categorias:Educação, Em Destaque Tags: , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Rio Maior arrecadou dois prémios no EmpreEscola Rio Maior arrecadou dois prémios no EmpreEscola

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.