Enfermeiros estão novamente em greve

A greve dos enfermeiros engloba o distrito de Santarém

D15169

77,3% dos enfermeiros dos hospitais de Lisboa, Santarém e Setúbal terão estado em greve na noite de 2ª para 3ª feira, em protesto por ainda não ter sido apresentada pelo Governo uma contraproposta de revisão salarial.

José Carlos Martins, presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), falou à Lusa num “enorme descontentamento” dos enfermeiros.

70 a 80% dos enfermeiros recebem uma remuneração líquida mensal entre 900 a 1000 euros, independentemente do número de anos de carreira que tenham.

Os enfermeiros queixam-se ainda dos 10 anos de congelamento da progressão nas carreiras, dos cortes pela metade das horas extraordinárias, trabalho nocturno e ao fim de semana. No caso dos enfermeiros especialistas, estes queixam-se também de prestarem mais e melhores cuidados, mantendo porém o seu salário.

Esta greve principiou hoje na região de Lisboa e Vale do Tejo mas estender-se-á na 4ª feira ao Alentejo e na 5ª feira ao Algarve, ao que se seguirão paralisações no Norte e no Centro.

Os serviços mínimos indispensáveis só estarão assegurados nos internamentos.

Categorias:Uncategorized Tags: , ,

Também pode ser do seu interesse:

Dados da USS/CGTP-IN revelam grande adesão à greve no distrito de Santarém Dados da USS/CGTP-IN revelam grande adesão à greve no distrito de Santarém
A Greve dos Enfermeiros já é um sucesso A Greve dos Enfermeiros já é um sucesso
Greve nos refeitórios pode colocar em causa serviços dos hospitais de Abrantes e Tomar Greve nos refeitórios pode colocar em causa serviços dos hospitais de Abrantes e Tomar
Carteiros de Rio Maior avançam para a greve Carteiros de Rio Maior avançam para a greve

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.