EPRM fechou projeto europeu TransVET

O seminário de encerramento do projeto europeu Transitions Between School and Workplacement in Educational Vocational Training (TransVET) realizou-se no passado dia 29 de Maio, uma quinta-feira, no auditório da DESMOR, no Centro de Estágios e Formação Desportiva de Rio Maior.

O projeto, no âmbito do programa Leonardo da Vinci, agora «Erasmus +», é considerado pelos responsáveis da Escola Profissional de Rio Maior como um pilar essencial do desenvolvimento dessa instituição, porque, segundo Luciano Vitorino, diretor pedagógico deste estabelecimento de ensino, “ajuda a combater o abandono escolar precoce, o absentismo escolar e o insucesso escolar que ainda são um flagelo” que em Portugal ainda representa uma fatia de 5% (metade da meta fixada pela União para os Estados Membros).

Imagem da plateia durante o seminário.

Imagem da plateia durante o seminário.

O conselho de gerência da EPRM, realça a importância que este projecto tem para a EPRM, na troca de experiências com as escolas profissionais dos outros países envolvidos no projeto TransVET, cuja “mecânica” se traduz, entre outros aspetos, numa grande mobilidade dos técnicos das escolas envolvidas ao longo de dois anos; “(…) algumas das pessoas que estavam no primeiro grupo não tiveram a possibilidade de ficar ligadas ao segundo grupo e neste já havia pessoas que nem sequer fizeram parte do primeiro; esta dinâmica faz parte dos projetos e é determinante para termos uma outra perspetiva sobre aquilo que significa a ideia de Europa”, referiu João Paulo Colaço, responsável pelo projeto nesta escola.

João Paulo Colaço, responsável pelo projeto na EPRM.

João Paulo Colaço, responsável pelo projeto na EPRM.

O projeto permitiu assim, parcerias orientadas claramente para a sinalização de boas práticas na formação profissional de jovens, nas suas metodologias, ferramentas e instrumentos de planificação, acompanhamento e avaliação, facilitando o contacto alargado com novas modalidades de trabalho e, por outro lado, a atribuição de valor acrescentado às práticas e metodologias delineadas pela EPRM, tendo em conta o contexto em que se insere. Foi aqui que residiu a “essência” do projeto, acentuada pelo “contacto com situações associadas à resolução de problemas concretos”, reveladas pelo país de acolhimento, e temperada ainda por um convívio que ajudou a um melhor conhecimento/ integração “daquilo que é a matéria política, social e económica” de cada país onde o projeto se foi desenvolvendo. “Tornámo-nos, de certo modo, mais práticos e pragmáticos perante os problemas que temos pela frente”, “em contexto de trabalho”, conclui João Paulo Colaço.

Leia esta, e outras notícias, de forma mais detalhada na edição em papel, Nº 1339 de 6 de Junho de 2014, do seu semanário favorito.

Categorias:Educação Tags: , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | EPRM dá as boas-vindas aos seus novos alunos Região | EPRM dá as boas-vindas aos seus novos alunos
Região | “Staff” da EPRM foi à descoberta da capital portuguesa Região | “Staff” da EPRM foi à descoberta da capital portuguesa
Região | Alunos da EPRM regressaram de estágios internacionais Região | Alunos da EPRM regressaram de estágios internacionais
Região | EPRM premiada em concurso de protótipos tecnológicos Região | EPRM premiada em concurso de protótipos tecnológicos

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.