Festival Internacional Materiais Diversos em setembro

O Festival Internacional Materiais Diversos vai decorrer entre 10 e 19 de setembro de 2015

Pormenor de «Os Serrenhos do Caldeirão». Foto de Luis da Cruz.

Pormenor de «Os Serrenhos do Caldeirão». Foto de Luis da Cruz.

A 7ª edição do Festival Internacional Materiais Diversos (fMD) já tem data marcada. Entre 10 e 19 de setembro, Dança, Teatro e Música, bem como um conjunto de atividades paralelas que cruzam formação, conversas e debate voltam a integrar o programa daquele que já é um ponto incontornável da oferta cultural da região centro.

Minde, no concelho de Alcanena, volta a ser o local central de acolhimento deste evento que mantém o seu envolvimento com a comunidade, ao mesmo tempo que atrai públicos das grandes cidades conjugando as dimensões local, nacional e internacional.

A comunidade é chamada a participar em dois dos projectos: uma Sonda Espacial (L.Q.F.U.B.) que aterra em Minde a 1 de setembro, depois de ser apresentada na Trienal de Arquitectura de Lisboa, e funcionará como um espaço de reflexão e uma mesa de trabalho, acolhendo a Mediateca fMD e vários grupos de trabalho; e O Baile, de Aldara Bizarro (foto no facebook), que convida 30 músicos e bailarinos locais a subirem ao palco. Ambos marcam a abertura desta edição do fMD.

As propostas incluem ainda as peças de Vero Mantero e Tiago Rodrigues, dois criadores que têm representado Portugal por todo o mundo, com Os Serrenhos do Caldeirão e By Heart, respetivamente. Contamos ainda com a presença dos jovens promissores Lander Patrick e Volmir Cordeiro e a música das bandas Sopa de Pedra e Slow Is Possible, que este ano lançam o primeiro álbum. Esta última banda apresenta em estreia um concerto criado para os filmes da cineasta experimental norte-americana Maya Deren. A nível internacional, o criador belga Vincent Glowinski (AKA Bonom) reinventa-se no palco com Méduses, um espetáculo de dança e desenho digital.

O fMD15 integra ainda a apresentação pública do laboratório de formação e criação Ninhou Arts Summer Camp, orientado por Miguel Pereira, acompanhado por Teresa Silva e Paula Caspão. Esta liga o cineteatro Rogério Venâncio, no centro de Minde, à Mata.

Entre 10 e 19 de setembro, muitas serão as propostas que justificam a visita a Minde/Alcanena e Torres Novas.

Esta será a primeira edição do fMD com a direção artística da programadora Elisabete Paiva, que nos últimos nove anos esteve à frente do Serviço Educativo d’A Oficina, em Guimarães, designadamente do Centro Cultural Vila Flor e do Centro Internacional das Artes José de Guimarães, tendo sido responsável pela criação do Serviço Educativo de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura.

Categorias:Artes e Cultura Tags: , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Audição Final de 2017/2018 das Escolas de Música da ACCRM. Audição Final de 2017/2018 das Escolas de Música da ACCRM.
Ciclo Manoel Barbosa em Coimbra culminará num livro-monografia Ciclo Manoel Barbosa em Coimbra culminará num livro-monografia
Diga 33 com Pedro Mexia e Miguel-Manso convidados Diga 33 com Pedro Mexia e Miguel-Manso convidados
Mercadinho Romano de Rio Maior já tem programa provisório Mercadinho Romano de Rio Maior já tem programa provisório

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.