GNR do distrito levou a cabo a operação “PERRO”

A Guarda Nacional Republicana de Santarém, nos dias 2 e 3 de Abril, através do Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente, em coordenação com o Serviço de Investigação Criminal, realizou acções de fiscalização com o objectivo de detectar situações ilegais relativas à posse e detenção de canídeos, com especial incidência na fiscalização de animais de raças consideradas perigosas.

Na operação foram empenhados um efectivo de 20 militares que fiscalizaram 32 canídeos, tendo resultado a detecção de 11 infrações, sendo as mais recorrentes a falta de licença de detenção, posse e circulação; falta de registo; falta de chip de identificação electrónica (chip) e falta de vacinação antirrábica.

Segundo o comando da GNR de Santarém, a fiscalização decorrente desta operação foi, sobretudo uma forma de sensibilizar os proprietários e/ou detentores dos canídeos, que, como responsáveis pelos seus animais de companhia devem ter em conta todos os cuidados e normas estabelecidas para que, dessa forma haja a salvaguarda da saúde e tranquilidade públicas, tendo em conta os episódios que têm ocorrido envolvendo canídeos de raças consideradas perigosas.

Categorias:Regional Tags: , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | GNR desencadeia a 1.ª Fase da operação Campo Seguro Região | GNR desencadeia a 1.ª Fase da operação Campo Seguro
Região | GNR: Condecorado o Estandarte Nacional do CTER Santarém Região | GNR: Condecorado o Estandarte Nacional do CTER Santarém
Região | GNR detém 8 e apanha 2 774 doses de haxixe Região | GNR detém 8 e apanha 2 774 doses de haxixe
Região | Homem detido por condução perigosa e outros ilícitos. Região | Homem detido por condução perigosa e outros ilícitos.

Responder

Enviar Comentário

© 2019 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.