H2O prepara-se para receber família de refugiados

H2O prepara-se para receber família de refugiados em Arrouquelas.

A H2O – Associação de Jovens de Arrouquelas  irá, em breve, receber uma família de refugiados, numa parceria direta com a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR), tornando-se assim responsável pela tutoria dessas pessoas, dando-lhes apoio e acompanhando-as na sua integração na comunidade em todas as dimensões.

“Já iniciámos a nossa preparação enquanto organização e também a da parte logística e agora estamos focados na preparação da comunidade”, informa a H2O lembrando que desde 1999 está envolvida em projetos de mobilidade internacional. A este propósito recorde-se esta associação apresenta números notáveis, pois até agora:

  • Já foi responsável por 1 500 mobilidades; e
  • Já recebeu jovens de todo o mundo.

Dado o êxito dos projetos já realizados a H2O é atualmente uma das organizações mais referenciadas a trabalhar com o programa ERASMUS +.

Está neste momento a realizar mais um projeto SVE – Serviço Voluntário Europeu. Aliás, explica Alexandre Jacinto, presidente da direção, “esta nossa experiência em projetos SVE fez com que a PAR nos contactasse para este grande desafio, que penso ser quase único na dimensão das organizações juvenis, com o associativismo juvenil a assumir a responsabilidade num compromisso nacional como é o apoio aos refugiados”. E acrescenta: “Agora iremos trabalhar a comunidade, preparando as pessoas para esta situação, que para muitos de nós é normal mas que, sabemos, para muitas pessoas ainda causa algum desconforto.” Com esta finalidade já está agendada para o dia 22 de abril, pelas 18 horas, após a missa de domingo, uma sessão informativa sobre os refugiados, para a comunidade local, com a participação das entidades parcerias do projeto.

Os últimos três anos têm sido de grande dinâmica para a H2O, associação juvenil que é uma referência nacional pelas atividades realizadas no país e no estrangeiro, pelas quais mereceu o reconhecimento público de várias entidades. Vejamos:

  • 2016 – Medalha de Mérito Grau Prata da Câmara Municipal de Rio Maior.
  • 2017 – Prémio Centros de Cultura e Desporto (CCD) da Fundação Inatel a nível nacional, na Gala Reconhecer, da Fundação Inatel, pelo projeto social Serviço Voluntário Europeu «Be Active Be Creative», prémio este que veio pela primeira vez para a região.
  • 2017 – Prémio Boas Práticas a nível Nacional do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), pelo projeto «Fountains of Youth».

A H2O espera que ainda em 2018 lhe seja reconhecido o estatuto de Utilidade Pública pelo Conselho de Ministros, um reconhecimento atribuído a muito poucas organizações juvenis do país.

Categorias:Rio Maior Tags: , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Filipe Vitorino, do CNRM, foi 2º na V Meia Maratona do Dão Região | Filipe Vitorino, do CNRM, foi 2º na V Meia Maratona do Dão
Região | Liga Contra o Cancro lançou «Um Dia Pela Vida» em Rio Maior Região | Liga Contra o Cancro lançou «Um Dia Pela Vida» em Rio Maior
Região | Rio Maior Sport Clube na Série 5 da Taça do Ribatejo Região | Rio Maior Sport Clube na Série 5 da Taça do Ribatejo
Região | Open de Outono de Ténis e Padel de Rio Maior vem aí Região | Open de Outono de Ténis e Padel de Rio Maior vem aí

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.