José Oliveira quer aproximar o Rotary da sociedade

Na presidência do Rotary Club de Rio Maior
José Oliveira quer intensificar e melhorar a aproximação do Rotary Club de Rio Maior à sociedade riomaiorense.

José Oliveira.

José Oliveira.

Intensificar e melhorar a aproximação à sociedade riomaiorense através de ações que criem um melhor relacionamento e conhecimento da atividade do clube foi um dos propósitos anunciados pelo novo presidente do Rotary Club de Rio Maior, Eng. José Oliveira, a quem a presidente cessante, Ana Cristina Figueiredo transmitiu essa tarefa dirigente que detinha, em 21 de junho findo, no protocolar jantar anual rotário de transmissão de tarefas.

Manter e estimular o espírito de companheirismo do clube, tendo em vista a sua solidez e coesão; promover a juventude, em estreita colaboração com o Rotaract de Rio Maior, de recente formalização mas “já com um importante número de atividades de cariz social e cultural” e cujo presidente, João Silva foi reconduzido no mesmo jantar; continuar a dotar a cidade de melhores condições ambientais, mantendo o projeto iniciado em presidências anteriores, com a plantação de árvores evocativas do Dia da Árvore relacionando-as com os alunos melhores companheiros das escolas com ensino de nível secundário existentes em Rio Maior e manter e aprofundar as boas relações com as entidades locais, “com quem queremos estabelecer programas comuns de apoio so-cial”, são, entre outros, objetivos que José Oliveira se propõe concretizar.

Ciente de que não será fácil atingir todas as metas traçadas, o novo presidente acredita que tendo posto a fasquia alta, ela “servirá de motivação e empenho de todos” os seus companheiros para a sua concretização.

Na cerimónia de transmissão de tarefas Ana Cristina Figueiredo elencou aquelas que se realizaram no seu mandato: ações de formação rotária, formação «Rotary e os serviços internacionais» dada por Francisco Queiroz e sessões de formação em áreas diversas como uma palestra sobre «Fiscalidade nas entidades sem fins lucrativos e em Rotary», esta já em junho último.

A distinção do mérito escolar e do mérito de profissionais bem como o reconhecimento profissional como o «Elogio do Vinho», o incentivo ao companheirismo e o respeito pelo ambiente desenvolvidos com os alunos do 5º ano através do projeto «Aluno melhor companheiro» e com a plantação de árvores no parque exterior da Escola Profissional de Rio Maior, com a colaboração do Rotaract, a visita à Quinta Ermelinda Freitas, a convite da respetiva empresária da região de Setúbal, o apoio dado à Cruz Vermelha Portuguesa com a oferta de um monitor de sinais vitais e a colaboração prestada a várias instituições como por exemplo o Banco Alimentar também mereceram referências da presidente cessante.

Ana Cristina Figueiredo também mencionou iniciativas como «Ruy Belo – o Poeta e o Homem», a atribuição do Prémio de Mérito Santos Pardal (um dos fundadores da Fundação Rotária de Portugal), à melhor aluna da Escola Profissional de Rio Maior, Soraia Gaspar que se distinguiu, quer pela sua conduta ética e responsável quer pelo seu envolvimento em projetos de empreendedorismo que contribuíram para a promoção da escola e do concelho e ainda a atribuição da distinção de sócio honorário ao empresário Vítor Montez, pela sua solidariedade e pelo apoio ao Rotary Club de Rio Maior e na própria noite de transmissão de tarefas a atribuição da mesma distinção a Mara Ribeiro também pelo apoio dado ao Clube nos últimos anos e recentemente à constituição do Rotaract. Ana Antunes cujo papel foi igualmente relevante para este clube jovem, também é agora sua sócia honorária.

De pé a presidente cessante, Ana Cristina Figueiredo. À sua direita veem-se o presidente entrante, José Oliveira e o governador assistente do Rotary Club de Rio Maior, Luís Valente. À esquerda da presidente cessante está a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais e o presidente do Rotaract de Rio Maior, João Silva.

De pé a presidente cessante, Ana Cristina Figueiredo. À sua direita veem-se o presidente entrante, José Oliveira e o governador assistente do Rotary Club de Rio Maior, Luís Valente. À esquerda da presidente cessante está a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais e o presidente do Rotaract de Rio Maior, João Silva.

Atualmente a família rotária riomaiorense conta com 25 sócios representativos, 4 sócios honorários e 12 jovens rotaractistas.

A presidente cessante deixou agradecimentos ao Município na pessoa da sua presidente, Isaura Morais e ao governador assistente, Luís Valente, pelo apoio dado ao Rotary de Rio Maior, ao conselho diretor do clube, que também cessava funções, aos presidentes das comissões e a todos os demais membros do Rotary riomaiorense.

A José Oliveira desejou que o lema deste ano rotário – «Rotary ao serviço da humanidade» – seja inspirador “para colocar as suas energias e saber ao serviço do nosso clube e da nossa terra”.

Fizeram-se representar nesta cerimónia de transmissão de tarefas do Rotary Club de Rio Maior os clubes rotários de Alcobaça, Algés, Almeirim, Bombarral, Benedita, Caldas da Rainha, Entroncamento, Peniche, Porto de Mós, Santarém e Torres Vedras e os Rotaract de Lisboa e Rio Maior.

Texto: C.D. | Fotos: C.M.

Categorias:Sociedade Tags: , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Efluentes pestilentos continuam a poluir a ribeira e o ar que se respira Região | Efluentes pestilentos continuam a poluir a ribeira e o ar que se respira
Região | Gestão do Desporto juntou mais de 300 congressistas Região | Gestão do Desporto juntou mais de 300 congressistas
Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.