«Nos Trilhos da Alma» de Carla Soares

«Nos Trilhos da Alma» de Carla Soares é uma exposição imperdível na Biblioteca Municipal de Alcanena.

Carla Soares-1

Carla Soares (foto do arquivo do jornal Região de Rio Maior - 2012)

Carla Soares (foto do arquivo do jornal Região de Rio Maior – 2012)

Com ligações familiares em Rio Maior e Alcanena, Carla Soares é uma pintora e escultora radicada em Santarém, que em 2012, numa entrevista ao jornal Região de Rio Maior, contou que a sua paixão pela arte e pela pintura já tinha nascido consigo, pois “desde sempre me lembro a desenhar tudo o que via e já na escola me destacava nesta área”.

No início dos anos oitenta, a área de Artes no Secundário não fazia parte do curriculum escolar, pelo menos, nas escolas do interior do país. Em determinada altura, Carla Soares quis entrar para as Belas Artes, mas, por questões familiares, tal não lhe foi possível. “Foi um sonho que ficou adiado”, disse. Mas escolheu Santarém e a Escola Superior de Educação, assim que soube que existia ali o curso de Artes Plásticas e Multimédia, não só por conveniência uma vez que mora na capital do distrio mas também porque, declarou, “gosto de investir na minha região, se essa oportunidade me for dada”.

Falando das suas obras, Carla Soares confessou estar “demasiado envolvida nelas para fazer uma observação mais fria” e preferiu citar alguns dos convidados para a inauguração, em 16 de maio de 2012, da sua exposição «Vidas», que teve lugar na Casa do Brasil em Santarém, os quais referiram, nos seus quadros, “a presença humana”, “sentimentos profundos”, “vidas sofridas”, “estados de alma tristes, solitárias, sente-se um calor humano muito grande” e o seu próprio orientador de estágio, Mário Tropa, que considerou a pintura de Carla “… muito máscula… muito séria, muito sentida, feita com muito vigor”.

“Em cada uma das telas coloquei muito de mim” — foi o que Carla Soares admitiu falando do seu próprio trabalho.

A exposição «Vidas» foi o resultado da etapa final da sua licenciatura em Artes Plásticas e Multimédia em Pintura.

Quanto à escultura, em 2012 era uma paixão ainda recente, que tinha descoberto graças ao seu professor de Escultura, Jean Campiche. O busto de Aristides de Sousa Mendes, em bronze, que se encontra à entrada da EB 2/3 Aristides de Sousa Mendes, na Póvoa de Santa Iria, é da autoria de Carla Soares que o esculpiu sob a supervisão de Jean Campiche.

Agora, na Biblioteca Municipal Dr. Carlos Nunes Ferreira, de Alcanena, os visitantes vão poder apreciar parte significativa da produção artística de Carla Soares.

filha

Categorias:Artes e Cultura

Também pode ser do seu interesse:

Região | Saúde: Frieiras, o inverno não é só chuva e vento Região | Saúde: Frieiras, o inverno não é só chuva e vento
Região | Atividade Operacional do Comando Territorial de Santarém Região | Atividade Operacional do Comando Territorial de Santarém
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Região | Efluentes pestilentos continuam a poluir a ribeira e o ar que se respira Região | Efluentes pestilentos continuam a poluir a ribeira e o ar que se respira

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.