NSRM – Iniciados jogaram “à campeão”

Os Iniciados A do Núcleo Sportinguista de Rio Maior (NSRM) receberam esta manhã, a sua congénere da União Futebol Comércio e Indústria de Tomar (UFCI Tomar), equipa que golearam por esclarecedores 6-1.

A equipa de Tomar, que procurava aproximar-se dos lugares dianteiros da tabela classificativa, até foi a primeira a marcar em Rio Maior e conseguiu mesmo chegar ao final do primeiro tempo em vantagem. Mas no segundo tempo, o NSRM jogou “à campeão” e deixou bem claro os motivos pelos quais ocupa o primeiro lugar nesta fase de apuramento a campeão.

Os riomaiorenses dominaram a esmagadora maioria do tempo de jogo, mas no primeiro tempo, alguma displicência levou os jovens de Rio Maior a desperdiçar as oportunidades que foram criando, que aos 18 minutos de jogo viram os adversários chegar ao golo, contra a corrente de jogo, num lance de contra-ataque concluído pelo avançado Leandro. Minutos depois, os riomaiorenses voltaram a apanhar um susto, mas desta vez o remate foi travado pela trave da baliza do NSRM.

A equipa de Rio Maior acusou o golo, e até ao intervalo demonstrou dificuldade em desenvolver o seu jogo, fruto também de uma pressão bastante alta promovida pela equipa visitante, que deixava pouco espaço para organizar jogo.

No segundo tempo, e certamente após um “puxão de orelhas” do treinador Fábio Silva nos balneários, a equipa riomaiorense transfigurou-se e partiu para uma exibição simplesmente brilhante.

Bernardo Louro foi o primeiro a dar corpo a essa transfiguração, ao receber uma bola na direita e, quando todos esperavam um cruzamento, rematar cruzado, fora do alcance do guardião adversário, repondo a igualdade. Não foi preciso esperar muito mais pela reviravolta no marcador, pois Rodrigo, com um trabalho fantástico, passou por diversos adversários, foi à linha e, com toda a calma colocou a bola no lado contrário, à mercê de Francisco Pereira que concluiu de forma simples. Estava feito o 2-1.

Sentia-se que a “remontada” não ficaria por aqui e não nos enganámos, pois João Pedro fez o 3-1… e de que maneira! O jovem riomaiorense, a cerca de 30 metros da baliza, “encheu” o pé e disparou um “míssil” que só parou no fundo das malhas contrárias.

Os riomaiorenses não estavam satisfeitos e, com a voracidade reconhecida a quem só sabe vencer, voltaram a marcar… mais três vezes. Primeiro por João Pandaio (entrou muito bem na partida) em jogada de insistência e depois, duas vezes por André Martins, em lances tirados a “fotocópia”, com fugas pelo flanco esquerdo de João Pandaio e de Bernardo Louro que assistiram o ponta de lança para o 5-1 e o 6-1, respectivamente.

Foi uma exibição “à campeão”, que premiou a melhor equipa em campo, ainda que tenha tido de se reencontrar ao intervalo.

Com este resultado, fica claro que a luta pelo título será “a dois”, já que no terreno do Ouriense, o CD Fátima também não deixou “créditos por mãos alheias” e venceu por categóricos 0-5, igualando o NSRM na frente do campeonato. A “luta” irá conhecer um novo capítulo já no próximo fim-de-semana, pois o NSRM desloca-se a Fátima para o primeiro “capítulo” deste embate.

Categorias:NSRM Tags: , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Rio Maior volta a receber o Challenger da NERSANT Rio Maior volta a receber o Challenger da NERSANT
Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
GNR realizou sessão de hipoterapia em Tomar GNR realizou sessão de hipoterapia em Tomar
Includ-ED dá a volta ao Agrupamento Fernando Casimiro Includ-ED dá a volta ao Agrupamento Fernando Casimiro

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.