NSRM – Juvenis vencem na luta pela manutenção

PORTALEGRENSE x NSRM JUVENIS A

Em tarde de serviços pouco mais que mínimos, a equipa de Juvenis A cumpriu a missão, de forma categórica!! Ontem, primeiro dia e domingo de Março de 2015, o Núcleo Sportinguista de Rio Maior foi a Portalegre defrontar o Portalegrense, depois de um jogo fantástico na semana anterior em Alcochete, que merecia  ter tido melhor sorte, para jogo a contar para a 5ª jornada da fase de manutenção do Campeonato Nacional de Juniores “B”, série D. Ganhar este jogo era quase obrigatório, para manter cada vez mais próxima a obtenção do objectivo principal da equipa: a manutenção no campeonato nacional. E isso foi conseguido.

Como era de esperar, tendo em conta a qualidade individual e colectiva das equipas, espelhadas pela classificação geral (3º e último lugares), o jogo acabou por ter sentido único: o da baliza do Portalegrense que, o único remate, se assim se pode chamar, que conseguiu foi feito aos 45 minutos de jogo, na conversão de um livre a uma distância de 35 metros da baliza do NSRM.

O sistema utilizado pela equipa alentejana resumiu-se a colocar os 10 jogadores de campo num espaço de 15 metros, entre a linha de meio-campo e a sua área, concentrando toda a sua tarefa defensiva nessa zona e baseando a sua acção na colocação do sector ofensivo adversário em fora-de-jogo. E, de facto, em muitos momentos do jogo isso resultou: os jogadores do NSRM “caíram” mais em fora-de-jogo que nos últimos 4 ou 5 jogos em conjunto.

Mas, como diz o ditado, “tantas vezes o cântaro vai a fonte …” e, por 6 ocasiões, o NSRM aproveitou o posicionamento adversário adiantado para fazer o gosto ao pé. Os golos riomaiorenses foram obtidos por Antão (2), Rúben Araújo e Kiko (3).

Jogaram pelo Núcleo Sportinguista de Rio Maior, Léo Carvalho, Pedro Moço, Tiago Mateus, Filipe Lourenço e Fábio, Rodrigo Antão, André Santos e Carlos Bacalhau, Oleg, Araújo e Agostinho. Jogaram ainda, Rui Cardoso (que substituiu o Agostinho), Francisco (no lugar do Bacalhau) e Kiko (no lugar do Araújo).

Com este resultado, o NSRM aumentou o fosso pontual para Alverca e Casa Pia (que empataram entre si), estando agora a uns confortáveis 10 pontos dos lugares que dão direito a despromoção. Na próxima jornada os jovens riomaiorenses têm mais uma boa oportunidade para, pelo menos, manter essa diferença, pois recebem o GRAP (equipa que já venceram por duas vezes esta época).

Categorias:NSRM Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Reflexão: “Desporto, sim. Mas reverenciamos, igualmente, mente sã.” Reflexão: “Desporto, sim. Mas reverenciamos, igualmente, mente sã.”
IV Gala do Desporto: IPSantarém homenageia Inês Henriques IV Gala do Desporto: IPSantarém homenageia Inês Henriques
ESDRM organiza BlastOff’18 de 28 a 30 de maio ESDRM organiza BlastOff’18 de 28 a 30 de maio
DST originam mais de 350 milhões de novas infeções por ano DST originam mais de 350 milhões de novas infeções por ano

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.