NSRM – Não há duas sem três…

É caso para dizer que não há duas sem três!!

Esta foi a terceira vitória em outros tantos jogos oficiais com este adversário. No dia 7 de Março, sábado, pela manhã, os Juvenis A do Núcleo Sportinguista de Rio Maior (NSRM) receberam a equipa do GRAP, em partida a contar para a 6ª jornada da 2ª fase do Campeonato Nacional de Juniores “B”, série D, no grupo da manutenção.

Como dizíamos a semana passada, este era um “jogo de elevado risco em que era absolutamente necessário garantir níveis de concentração e qualidade de jogo elevados para levar de vencida a equipa do GRAP!”. E foi isso mesmo que aconteceu no Complexo Desportivo de Rio Maior: um jogo de elevada intensidade, com níveis de agressividade aqui e ali acima do razoável por parte dos atletas do GRAP (que originaram 4 cartões amarelos), com controlo absoluto por parte do Núcleo Sportinguista de Rio Maior (70% de posse bola) e procura contínua do golo (24 remates do NSRM, contra 4 do GRAP) por parte dos atletas de Rio Maior.

O sistema táctico apresentado pelo mister Tiago Pedro manteve-se fiel ao desenho normalmente utilizado, com a intenção de controlar o jogo e manter a posse de bola para criar situações de finalização com frequência, mantendo a maior parte do jogo do último terço do campo. E isso foi plenamente conseguido, com o acréscimo de, com as alterações processadas na 2ª parte, conseguir-se maior frescura e eficácia ao ataque, com 2 golos fabricados e finalizados por jogadores acabados de entrar (Diogo e Araújo) e maior equilíbrio no centro do terreno, com a entrada do Manel Cordeiro.

Numa jogada de insistência, ao minuto 41′, Antão conseguiu inaugurar o marcador, e depois, já no segundo tempo, Araújo (por duas vezes) aumentou o resultado. O NSRM apenas permitiu que o adversário tentasse o remate por 3 vezes ao longo dos 80 minutos de jogo, sendo que o 4º remate da equipa do GRAP foi de penálti, curiosamente, marcado pelo guarda-redes da equipa de Leiria.

Num jogo com 83 minutos, o Núcleo Sportinguista de Rio Maior cumpriu o objectivo e garantiu os 3 pontos, cimentando o 3º lugar na tabela classificativa!! Com uma (habitual) posse de bola de 70%, 24 remates contra 4 da equipa adversária, não restaram quaisquer dúvidas em relação ao desfecho do jogo e à diferença de qualidade entre as equipas.

NSRM-3

Jogaram pelo Núcleo Sportinguista de Rio Maior, André Cotovio, Pedro Moço, Tiago Mateus, Ruben Rodrigues e Digui, Rodrigo Antão, Francisco Batista e Carlos Bacalhau, Oleg, Arnaldo e Kiko. Jogaram ainda, Araújo (que substituiu Arnaldo), Diogo (no lugar de Bacalhau) e Manuel Cordeiro (no lugar de Kiko).

Cumprido um jogo de expectativa elevada, em princípio, faltarão, com 8 jogos por realizar, 6-7 pontos para garantir a manutenção no Nacional!! O próximo encontro é de dificuldade elevada, frente ao Sacavenense (2º classificado)!

Texto & Fotos: Carlos Bacalhau

Categorias:NSRM Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid
Região | Nó de Rio Maior do IC2 em Asseiceira volta a ser encerrado. Região | Nó de Rio Maior do IC2 em Asseiceira volta a ser encerrado.

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.