Nutrição, saúde cerebral e inteligência nos idosos

O envelhecimento e a perda de “inteligência cristalizada”

Texto: Garcia Cruz.

Texto: Garcia Cruz.

Um dos problemas do envelhecimento é a progressiva incapacidade de utilizar conhecimentos e competências adquiridos ao longo do tempo, ou seja a perda de “inteligência cristalizada.”

Uma alimentação desequilibrada, deficiente em certos nutrientes parece ter uma importante relação com este processo.

Há algum tempo que os cientistas sabem que nos vegetais de folha verde, vegetais crucíferos como brócolos, ou gema de ovo, existe um pigmento que se chama luteína, que contribui para uma boa visão e que também se acumula na substância cinzenta de regiões cerebrais conhecidas por estarem envolvidas na preservação da função cognitiva de um cérebro saudável em envelhecimento.

Agora, um estudo levado a efeito na universidade de Illinois, nos EU, constatou que os participantes com maiores níveis de luteína no sangue tendiam a ter um melhor desempenho nos testes de inteligência cristalizada. O estudo apurou também que quem possuía níveis de luteína mais elevados tendia a ter uma substância cinzenta mais espessa em regiões do cérebro, que, tal como a inteligência cristalizada, estão preservadas no envelhecimento saudável.

Para os cientistas envolvidos, esta pesquisa demonstra agora, com clareza, quais as regiões cerebrais que desempenham um papel específico na preservação de capacidades e conhecimentos adquiridos ao longo do tempo (inteligência cristalizada) e a importância da dieta alimentar nesse processo. O estudo envolveu 112 participantes com idades entre os 65 e 75 anos e foi publicado na revista «Frontiers in Aging Neuroscience».

Obs: Texto em desconformidade com o Acordo Ortográfico.

Categorias:Saúde Tags: , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

A evolução da qualidade alimentar da humanidade A evolução da qualidade alimentar da humanidade
A agricultura intensiva e o seu impacte ambiental A agricultura intensiva e o seu impacte ambiental
O sal e o açúcar: dois inimigos do coração O sal e o açúcar: dois inimigos do coração
Fim do ano lectivo na Universidade Sénior da Benedita Fim do ano lectivo na Universidade Sénior da Benedita

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.