O Dia Internacional da Mulher em Rio Maior e por aí

1. Em Rio Maior a Universidade Sénior realiza o concurso Divas Seniores.

O concurso Divas Seniores, organizado pela Universidade Sénior de Rio Maior (USRM) está de regresso, para assinalar esta quinta-feira, 8 de março, o Dia Internacional da Mulher.

O encontro está marcado para as 16 horas e 30 minutos, no Talego, no Alto da Serra, onde a seguir ao desfile das candidatas será servido um jantar previsto para as 19h30.

Da animação musical deverá encarregar-se Paulo Figueiredo, com Manuel Barata, professor da (USRM), a dar espetáculo com números de magia.

Haverá ainda canções por Sara Cardoso e momentos de dança com Fernanda Correia.

O bonito repuxo do Talego.

2. Quarenta e cinco mulheres militares da Marinha em missão no Atlântico.

No país, naturalmente além de muitas outras iniciativas, há uma da Marinha Portuguesa que a uns lembra e a outros procura dar a conhecer, neste Dia Internacional da Mulher, que presentemente tem 45 mulheres embarcadas em missão, nas mais variadas funções, no Atlântico que banha a África ocidental.

Dessas mulheres militares, 30 fazem parte da guarnição da fragata Álvares Cabral e 15 estão a prestar serviço no navio reabastecedor Bérrio. “Ambos os navios estão a cooperar com a Guarda Costeira de Cabo Verde, no âmbito da missão Mar Aberto que tem como principal objetivo contribuir para o esforço internacional de capacitação dos países do Golfo da Guiné em matéria de segurança marítima e combate às atividades ilícitas no mar”, explica a Marinha especificando que tem atualmente “772 militares do sexo feminino, o que equivale a 10,5% do total de militares no ativo”.

30 mulheres militares integram a tripulação da fragata Álvares Cabral que tem mais de 250 militares a bordo.

A fragata e o reabastecedor estiveram recentemente em S. Tomé e Príncipe, coincidindo a sua estadia com a visita do Presidente da República Portuguesa Marcelo Rebelo de Sousa, àquele país insular. O vaso de guerra esteve ainda na Mauritânia e na Costa do Marfim, nos últimos dias tem estado em Cabo Verde e depois deverá participar em manobras de treino com a Marinha Real de Marrocos.

As 15 mulheres militares que fazem parte da guarnição do navio reabastecedor Bérrio.

3. Nas Caldas da Rainha há um Concerto da Orquestra Ligeira Monte Olivett.

Nas Caldas da Rainha, o Dia Internacional da Mulher é comemorado com um Concerto da Orquestra Ligeira Monte Olivett, pelas 21 horas, no Museu Leopoldo de Almeida – Centro de Artes.

Este evento cultural é organizado pelo Gabinete de Atendimento à Vítima de Violência Doméstica (GAVVD).

4. A Guarda Nacional Republicana assinala o 8 de março alertando para a necessidade de prevenir a violência contra as mulheres.

A Guarda Nacional Republicana, hoje, dia 8 de março, para assinalar o Dia Internacional da Mulher, distribui, em todo o território nacional, marcadores de livros alusivos à prevenção de comportamentos violentos contra a Mulher.

Esta iniciativa, desenvolvida numa parceria com a Associação Corações com Coroa, fundada e presidida pela Catarina Furtado, embaixadora de Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA), visa consciencializar o maior número de pessoas para a igualdade de género, através da promoção de uma cultura de não-violência, potenciando desta forma a segurança efetiva e o sentimento de segurança das mulheres.

A GNR assume, com campanhas de sensibilização desta natureza, um papel de responsabilidade social em torno do objetivo do Plano Nacional de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género.

5. Uma boa ocasião para chamar a atenção para «O Sono nas Mulheres», tema do Lisbon Sleep Summit.

Por ocasião da passagem do Dia Internacional da Mulher, a organização do Lisbon Sleep Summit vem alertar para o facto de a vida profissional e maternidade levarem a problemas de sono na mulher.

A sobrecarga de tarefas que muitas mulheres enfrentam leva a problemas graves de sono. «O sono e os desafios na vida das mulheres» será um dos assuntos em debate no Lisbon Sleep Summit, congresso internacional que decorrerá de 16 a 19 de maio em Lisboa e cujo tema será, na sua primeira edição «O sono nas mulheres».

“Hoje em dia a mulher tem de desenvolver vários papéis, tendo que ser ao mesmo tempo trabalhadora/profissional, mãe, realizar tarefas domésticas, ser esposa e ser mulher. Há 50 anos a mulher não enfrentava tantos desafios e é impossível ser perfeita em tudo”, explica Teresa Paiva, neurologista, responsável pelo Centro de Medicina do Sono (CENC) e uma das organizadoras do Lisbon Sleep Summit.

Categorias:Sociedade Tags: , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Os juniores do Rio Maior S. C. estão a crescer Região | Os juniores do Rio Maior S. C. estão a crescer
Região | Quarteto de Cordas da GNR aplaudido de pé em Rio Maior Região | Quarteto de Cordas da GNR aplaudido de pé em Rio Maior
Região | SerMaior já coligiu 21 ideias para o concelho de Rio Maior Região | SerMaior já coligiu 21 ideias para o concelho de Rio Maior
Região | Detidos por assaltarem residências na Cabeça Gorda Região | Detidos por assaltarem residências na Cabeça Gorda

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.