O rio Maior vai ter nova ponte

Um protocolo assinado entre a Câmara Municipal do Cartaxo e a Estradas de Portugal passou a integrar a Estrada Nacional 3-2 na rede municipal, assegurando, desta forma, a construção de uma nova ponte sobre o rio Maior, na zona da Ponte do Reguengo – Vale da Pedra. O documento de compromisso, agora assinado, aguardava concretização desde 2009 e inclui a desclassificação da E.N. 3-2, da Cruz do Campo a Valada, numa extensão de 7,5 Km.

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, levou à última reunião deste órgão executivo, que decorreu ontem, dia 20 de Outubro, uma proposta de deliberação para que o Município do Cartaxo assine o protocolo com as Estradas de Portugal (EP), de forma a assegurar a construção de uma nova ponte sobre o Rio Maior, na zona da Ponte do Reguengo – Vale da Pedra, que irá beneficiar a população no que toca ao aumento da segurança rodoviária e no melhor escoamento dos produtos agrícolas, sector muito relevante para este concelho.

No protocolo com a EP ficou vertida uma das pretensões da Câmara Municipal – solicitada durante o estudo prévio que a EP desenvolveu para a construção da ponte –, para que “a solução encontrada não inviabilizasse o futuro alteamento da rasante, permitindo, depois conseguir uma solução para manter a circulação, mesmo em época de cheias”, esclareceu Pedro Magalhães Ribeiro.

Esta deliberação aguardava desde 2009 para ser concretizada e representa um investimento em obra, superior a 1 milhão de euros, para além da transferência de titularidade da estrada, incluindo a nova ponte, para a autarquia.

Aprovado por unanimidade, o documento formaliza o compromisso da Câmara Municipal em integrar no seu património a E.N. 3-2, que será desclassificada, enquanto a EP se responsabiliza por construir uma nova ponte, respectivos acessos e trabalhos de conservação no pavimento.

Pedro Magalhães Ribeiro apresentou a proposta explicando que “em reunião com a Estradas de Portugal, que teve lugar este mês, a Câmara Municipal solicitou o compromisso formal em relação aos trabalhos a efectuar pela EP, já no próximo mês, de recuperação do pavimento e estrutura da E.N. 3-2”.

A EP formalizou, junto da Câmara Municipal, a relação dos trabalhos a efectuar em Novembro de 2014 – execução de saneamentos na estrutura da estrada, fresagem e reposição de pavimento em alguns trechos, limpeza de bermas e valetas -, o que, segundo os serviços técnicos da Câmara, irá melhorar muito o estado de conservação do pavimento, assim como, as condições de circulação automóvel.

Quando a nova ponte estiver concluída, o que deverá acontecer até Dezembro de 2015 – a obra tem um prazo de execução de 365 dias –, “as condições de circulação serão muito diferentes das que existem hoje, facilitando em especial a circulação de veículos agrícolas”, afirmou o presidente da Câmara para quem “já era tempo de conseguir dar aos empresários que trabalham no nosso concelho, condições que lhes permitam maximizar o transporte dos seus produtos de e para os campos de Valada”.

Categorias:Regional Tags: , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | 100 na apresentação pública do PEDU Rio Maior Região | 100 na apresentação pública do PEDU Rio Maior
Região | Requalificação arranca no centro de Rio Maior e Villa Romana Região | Requalificação arranca no centro de Rio Maior e Villa Romana
Região | Animatro, porque há Orçamento Participativo Jovem Região | Animatro, porque há Orçamento Participativo Jovem
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.