O tempo das Tasquinhas de Rio Maior

26/2 a 6/3/2016 é o tempo das Tasquinhas de Rio Maior.

Principia esta sexta-feira, 26 de fevereiro, a XXXI edição das Tasquinhas de Rio Maior, quando a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais e o secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel inaugurarem o certame, às 16 horas. Franquearão assim as portas a um acontecimento gastronómico regional anual que propicia um enorme convívio entre familiares e amigos, havendo até quem nesta altura chegue a vir do estrangeiro para saciar saudades, num encontro de braços abertos para acolher quem de perto ou mais de longe visite Rio Maior.

Entre as associações do concelho marcam presença, cada uma com sua tasquinha:

  • tasquinhas-topoARCA – Associação Cultural e Desportiva de Arrouquelas;
  • Centro de Convívio e Recreio de Outeiro da Cortiçada;
  • Centro de Educação Especial o «Ninho» do Concelho de Rio Maior;
  • Escola de Música de Asseiceira;
  • Associação de Melhoramentos de S. Sebastião;
  • Rancho Folclórico de Chãos;
  • Associação Desportiva, Cultural e Recreativa de Ribeira de Santo André;
  • Centro Social e Cultural Casa do Povo da Vila da Marmeleira;
  • Centro Social de S. Domingos de Asseiceira;
  • Associação Recreativa, Desportiva e Cultural da Ribeira de Fráguas;
  • Centro Recreativo e Cultural de Assentiz;
  • Associação Cultural, Recreativa e Desportiva de Casais Monizes;
  • Comissão de Melhoramentos e Progresso do Cidral e Casais do Cidral;
  • Associação Cultural, Recreativa e Desportiva do Arco da Memória;
  • Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Maria Madalena de Alcobertas;
  • Associação Grupo Desportivo e Cultural de Freiria;
  • Aldeias do Sal – Associação Juvenil de Desenvolvimento das Marinhas do Sal;
  • Associação de Festas de Arruda dos Pisões;
  • Comissão de Melhoramentos de Malaqueijo.

Ainda de Rio Maior, também a delegação local da Cruz Vermelha Portuguesa tem a sua tasquinha.

Do exterior do concelho de Rio Maior, está presente como é habitual, a tasquinha dos Serviços Sociais dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Cantanhede, município geminado com Rio Maior.

Espaço, também, para a Casa do Leitão – Rio Maior, o Restaurante Palhinhas Gold e a Taberna da Raposa.

Ainda no piso térreo, onde se distribuem as tasquinhas e demais espaços mencionados, encontram-se também a tradicional Exposição Salinas de Rio Maior, uma Venda Fumeiro e Produtos Tradicionais e outra Venda Fumeiro e Produtos Serranos.

Nesta sexta-feira, quando o certame for inaugurado, a poucos ocorrerá que por trás do que vão poder usufruir durante os dez dias que vai durar está o trabalho voluntário, afincado, de amor acrisolado às suas terras cujos pergaminhos representarão através da sua genuína gastronomia, das receitas que vêm de avós e bisavós que também já as herdaram certamente, estarão entre mil e quinhentas a duas mil pessoas e no mínimo um mês de preparativos.

É assim que se fazem as Tasquinhas de Rio Maior, “um dos maiores eventos gastronómicos do país”, com a vantagem de refletir “a alma da região”, como diz Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo para quem “o que vai estar” nas Tasquinhas “é o prazer que as pessoas das freguesias têm de virem até cá, de estarem aqui, não só pelo rendimento” que as tasquinhas representam para as associações “mas também para mostrarem as suas tradições, com prazer, com alma, com coração” que é “o que é mais relevante nas Tasquinhas de Rio Maior e que não se encontra nos outros certames” gastronómicos.

image description

Categorias:Rio Maior Tags: ,

Também pode ser do seu interesse:

Programa geral das XXXI Tasquinhas de Rio Maior Programa geral das XXXI Tasquinhas de Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.