Pedro Isidro foi o melhor português nos 50 km marcha

Nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016, Pedro Isidro foi o melhor português nos 50 km marcha.

Pedro Isidro. Foto: FPA, com a devida vénia.

Pedro Isidro. Foto: FPA, com a devida vénia.

Pedro Isidro, atleta que durante muitos anos representou cores de Rio Maior até ir para o Benfica, foi o melhor português na prova de 50 km marcha dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, disputada por cerca de 80 marchadores, ontem, 19 de agosto num circuito desenhado junto à praia do Pontal.

Na sua segunda presença olímpica, Pedro Isidro, natural da Freguesia de Aveiras de Baixo gastou 4 horas, 3 minutos e 42 segundos para completar a prova, terminando na 32ª posição, melhorando o 37º lugar conseguido em Londres em 2012. Apesar da participação positiva, Pedro Isidro ficou aquém do seu record pessoal que é de 3h55m44s.

Quanto aos outros dois marchadores portugueses, na sua estreia em Jogos Olímpicos o jovem riomaiorense Miguel Carvalho foi 36º com o tempo de 4h08m16s, o que significa que deixou para trás 44 concorrentes ou seja mais de metade deles e nem sequer esteve perto da sua melhor marca pessoal nos 50 km, que é de 4 horas e 47 segundos. Teve portanto uma primeira experiência olímpica auspiciosa, tratando-se de um jovem de 21 anos e como tal, com uma larga margem de progressão. Miguel Carvalho foi a grande referência dos últimos anos do Clube de Natação de Rio Maior, antes de se transferir para o Benfica.

Miguel Carvalho, em 2016, no 25º GPI de Rio Maior em Marcha Atlética. Foto: arquivo do jornal Região de Rio Maior.

Miguel Carvalho, em 2016, no 25º GPI de Rio Maior em Marcha Atlética. Foto: arquivo do jornal Região de Rio Maior.

Por sua vez, João Vieira, que cumpriu a sua 4ª Olimpíada e que tinha sido 31º classificado nos 20 km marcha realizados no passado dia 13, não conseguiu completar os 50 km abandonando a prova por volta dos 10 km.

Na luta pelas medalhas, o eslovaco Matej Toth ultrapassou na última volta o australiano Jared Tallent, gastando menos 18 segundos do que o campeão olímpico em Londres 2012 (após, recorde-se, a desclassificação do russo Sergey Kirdyapkin, por doping).

À semelhança do Mundial de 2015, os dois primeiros lugares foram ocupados por Toth e Tallent, com um japonês a fechar o pódio, desta feita Hirooki Arai, que precisou de mais 26 segundos para cumprir os 50 quilómetros.

Pedro Isidro competindo em Rio Maior no Grande Prémio Internacional em Marcha Atlética 2016.

Pedro Isidro competindo em Rio Maior no Grande Prémio Internacional em Marcha Atlética 2016. Foto: arquivo do jornal Região de Rio Maior.

Categorias:Atletismo Tags: , ,

Também pode ser do seu interesse:

Inês, João e Pedro, a postos para os 50 km Marcha Inês, João e Pedro, a postos para os 50 km Marcha
Inês Henriques estará no Mundial de Londres Inês Henriques estará no Mundial de Londres
Inês Henriques vai tentar recorde mundial em 50 km Marcha Inês Henriques vai tentar recorde mundial em 50 km Marcha
Olímpicos da Suécia escolheram Rio Maior Olímpicos da Suécia escolheram Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.