Região | Água, Terra, Ar e Cantopeia – Gente Feliz que Dança, no Palácio Landal

Água, Terra, Ar e Cantopeia no Palácio Landal

Água, Terra, Ar é uma exposição de novos media/artes digitais e depois Cantopeia – Gente Feliz que Dança.

Desde terça-feira, 5 de Fevereiro, o Palácio Landal em Santarém acolhe a exposição ÁGUA, TERRA, AR de André Sier, Boris Chimp 504 e Sonoscopia. Uma exposição de novos media/artes digitais  de entrada gratuita, patente até dia 23 de Março próximo.

O Passado, o presente e o futuro em Santarém. A importância da água no passado; Pensar o presente: o Labor da Terra. O respeito pelo trabalho na terra, o homem na eterna relação com a natureza; Pensar o futuro: o espaço enquanto metáfora para Santarém que sai de si mesma, em busca do futuro. Para dar corpo a estes temas, o Palácio Landal é ocupado por 3 projetos de arte digital e sonora, com peças que geram interação direta do público, tornando-o parte da instalação – enquanto performers, ou como membros da comunidade que experiencia um objeto estético, ou que é capaz de gerar pensamento e reflexão sobre as temáticas, construindo um Santarém do futuro.

Estão também integradas na exposição, de forma ativa e passiva, fotografias de autoria de José Freitas, que fez um trabalho de levantamento de imagens dos reservatórios da cidade.

André Sier trabalha artisticamente com código e meios interativos nos estúdios s373. net/x, onde combina videojogos, instalações, pintura, escultura, música, matemáticas e computação em objetos e experiências de artes eletrónicas, fundindo mitologia, interfaces, contínuums espácio-temporais generativos.

O Boris Chimp 504 é uma performance audiovisual em tempo real que enfatiza a síntese de áudio e as linguagens gráficas numa estética futurista de ficção científica. É um sistema interativo/reativo em tempo real entre o áudio e a imagem, entre o homem e a máquina.

A Sonoscopia é uma associação para a criação, produção e promoção de projetos artísticos e educacionais centrada nas áreas da música experimental, na pesquisa sonora e nos seus cruzamentos interdisciplinares com a literatura, dança, teatro e artes visuais.

Cantopeia – Gente feliz que dança

Cantopeia – Gente feliz que dança é um espetáculo de Rita Roberto no Palácio Landal. A sessão do dia 8 de Fevereiro conta com a presença do Jardim de Infância do Choupal.

No dia seguinte, 9 de fevereiro, pelas 17 horas, a sugestão é que apareça no Palácio Landal com a família, para participar neste espectáculo, que é um desafio para muitos pés e cabeças que se juntam a escutar, a dançar e a cantar, num ambiente acolhedor e criativo.

Na verdade, Cantopeia – Gente feliz que dança são pequenos espetáculos participados, para crianças pequenas e adultos cuidadores.

Rita Roberto é licenciada em Artes Plásticas/Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (2006) e mestre em Dança (Solo/Dance/Authorship – UdK, pela Universidade de Artes de Berlim (2009). Apresenta trabalho artístico próprio desde 2004, em contexto expositivo, salas de espetáculo e publicações. Desde 2008 desenvolve projetos educativos nas áreas de artes plásticas e performativas, em espaços culturais e em contexto escolar. Atualmente trabalha também com a Companhia de Música Teatral.

Categorias:Artes e Cultura Tags: , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | V Gala do Desporto do IP Santarém homenageou Jorge Justino Região | V Gala do Desporto do IP Santarém homenageou Jorge Justino
Região | Santarém já tem a modalidade de Kayak Polo Região | Santarém já tem a modalidade de Kayak Polo
Região | Comemorações do 143.º Aniversário da PSP de Santarém Região | Comemorações do 143.º Aniversário da PSP de Santarém
Região | GNR: Condecorado o Estandarte Nacional do CTER Santarém Região | GNR: Condecorado o Estandarte Nacional do CTER Santarém

Responder

Enviar Comentário

© 2019 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.