Região | Asseiceira prestou homenagem a São Domingos, seu padroeiro

Homenagem de Asseiceira a S. Domingos foi um bonito e marcante momento de fé.

São Domingos é o padroeiro de Asseiceira de Rio Maior.

De 3 a 7 de agosto está a decorrer em Asseiceira a tradicional Festa do Pé Descalço, em honra de São Domingos (24/6/1170 – 6/8/1221).

Padroeiro de Asseiceira, São Domingos, o santo fundador da Ordem dos Pregadores é homenageado no primeiro fim de semana de agosto.

Assim, no dia 5, domingo, esta freguesia do concelho de Rio Maior celebrou o seu padroeiro, a quem é dedicada a capela local mais antiga, à beirinha do troço da EN1 que atravessa a aldeia de Asseiceira.

Do outro lado da mesma estrada abre-se a zona envolvente da capela de Nossa Senhora do Rosário (dedicada às aparições marianas ocorridas entre 16 de maio de 1954 e 16 de janeiro de 1955 ao vidente Carlos Alberto da Silva Delgado, tinha ele 11 anos de idade). É o Largo de Nossa Senhora, um espaço recentemente qualificado assumindo agora a condição de uma verdadeira praça, agradavelmente ajardinada e florida em pleno estio – um exemplo a ter em conta –, dotada de estacionamento automóvel organizado e largueza para as pessoas estarem e circularem.

O Largo de Nossa Senhora é um exemplo de boas ideias e bom gosto.

O Largo de Nossa Senhora vendo-se ao fundo a capela que lhe é dedicada.

No domingo, durante a manhã foi feito um peditório pelas ruas da freguesia. A Missa estava anunciada para as 15h30, mas o calor que se fazia sentir aconselhou o seu adiamento para as 18 horas. Celebrada pelo pároco, padre Paolo Beretta, foi uma Missa campal.

A Missa campal foi rezada pelo pároco, padre Paolo Beretta.

Os andores dos santos venerados em Asseiceira, na celebração da Eucaristia.

À Eucaristia seguiu-se a procissão, que havia de começar por volta das 19h20, com os andores dos santos venerados na freguesia, o último dos quais era o de São Domingos; a preceder os andores iam à frente um grupo de crianças e os pendões de São Domingos e Santo André (foto no Facebook) que tem capela na Ribeira de Santo André. Depois: a par, o padre Paolo Beretta e a presidente da Junta de Freguesia, Filipa Raimundo que levava ao ombro a bandeira de Asseiceira; a Banda Filarmónica da Casa do Povo da Vila da Marmeleira, com o respetivo maestro, Acácio Silva, o presidente, Mário Santos, e o porta-bandeira da associação e, finalmente dezenas de fiéis.

O andor de São Domingos. Atrás, o padre Paolo Beretta e a presidente da Junta de Freguesia de Asseiceira, Filipa Raimundo.

Nestas três fotos, a Banda Filarmónica da Casa do Povo da Vila da Marmeleira, e perspetivas dos fiéis.

De registar que alguns dos andores eram transportados por senhoras, esfroço a que se juntou Ana Filomena Figueiredo, vereadora da Câmara Municipal de Rio Maior.

A procissão saiu do Largo de Nossa Senhora e cumpriu um longo percurso passando pela Rua 27 de Junho, Rua da Escola e Rua 16 de Maio tomando depois o troço da Estrada Nacional 1 até à Capela de São Domingos.

A homenagem a São Domingos foi um bonito e marcante momento de fé na principal festa da freguesia de Asseiceira de Rio Maior.

Esta é a capela de São Domingos de Asseiceira.

Texto e fotografias: Carlos Manuel

Categorias:Sociedade Tags: , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Festa Anual do Outeiro da Cortiçada propiciou convívio popular Região | Festa Anual do Outeiro da Cortiçada propiciou convívio popular
Capela bonita nasceu da escola primária desativada do Alto da Serra. Capela bonita nasceu da escola primária desativada do Alto da Serra.
O Centro Escolar de Asseiceira está formalmente inaugurado O Centro Escolar de Asseiceira está formalmente inaugurado
Tasquinhas 2017: 1º prémio foi para Asseiceira Tasquinhas 2017: 1º prémio foi para Asseiceira

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.