Região | Ciclovia Asseiceira/Rio Maior ciclável em Fevereiro  de 2019

Ciclovia Asseiceira/Rio Maior: principiaram as obras de construção.

As obras de construção da almejada ciclovia a ligar a cidade de Rio Maior a Asseiceira, aldeia sede de uma das freguesias mais populosas do concelho, tiveram início no dia 17 de Setembro de 2018.

Representando um investimento de 237 240,69€ mais IVA à taxa de 6%, esta ciclovia/pedovia deverá estar concluída no prazo de 180 dias, o que corresponde a Fevereiro de 2019.

Outra ciclovia por que anseiam milhares de munícipes, é a que está prevista para quando for alargado e modernizado o troço da Estrada Nacional nº 114 que liga a cidade ao nó da A15 aos Figueiredos, obra que vem sendo prometida há décadas pela administração central e que parece continuar no patamar das promessas pese embora até ter sido protocolada há uma década entre a autarquia riomaiorense e o governo da época, este representado na assinatura do documento, em cerimónia realizada no Cineteatro da cidade, pela atual ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, então Secretária de Estado dos Transportes.

Em Janeiro de 2015 já haveria projecto(s) feito(s). A informação sobre o troço da EN114 seguiu para a Estradas de Portugal a nível distrital e também para Lisboa. “Estamos até a pedir algum apoio da Secretaria de Estado no sentido de que o projecto possa avançar no âmbito do novo Quadro Comunitário de Apoio”, revelou a presidente do Município, Isaura Morais, assegurando: “Temos tudo preparado num dos eixos que é o das infraestruturas de apoio a parques de negócios e zonas industriais, que se prende com o volume do projecto, a pavimentação, a iluminação, etc.”

Em Junho de 2017, na reunião de Câmara de dia 23 “foi prestada a informação de que a IP – Infraestruturas de Portugal, na segunda-feira da mesma semana, dia 19, terá feito chegar ao Município o seu acordo para que avance a intervenção na EN114, entre a zona do Gato Preto na cidade de Rio Maior e o nó da A15 aos Figueiredos”. (http://www.regiaoderiomaior.pt/index.php/ip-tera-dito-que-a-en114-vai-ser-intervencionada-em-rio-maior/).

Em fins de Setembro de 2018 o referido troço da EN114 cujo alcatroado confina diretamente com valas – isto é não tem bermas(!) –, que é percorrido diariamente por centenas e centenas, provavelmente mais de um milhar de veículos entre ligeiros, pesados, motociclos e bicicletas, sendo que só na Zona Industrial e Parque de Negócios que serve trabalham mais de mil pessoas, e que é uma das entradas/saídas principais da cidade, continua exatamente na mesma.

Também muita gente de Azinheira, outra povoação localizada nos arredores da cidade, reclama uma ciclovia.

Texto e foto: Carlos Manuel

Categorias:Em Destaque, Rio Maior Tags: , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Região | Residência de Estudantes da ESDRM volta a ficar para trás! Região | Residência de Estudantes da ESDRM volta a ficar para trás!
Região | Os juniores do Rio Maior S. C. estão a crescer Região | Os juniores do Rio Maior S. C. estão a crescer
Região | Quarteto de Cordas da GNR aplaudido de pé em Rio Maior Região | Quarteto de Cordas da GNR aplaudido de pé em Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.