Região | Futebol: Em jornada desastrosa RMSC deixa Forense empatá-lo

Futebol – Época 2018/2019

Campeonato Distrital de Seniores da 2.ª Divisão de Santarém –FASE DE APURAMENTO DO CAMPEÃO

8ª e penúltima Jornada | 2/6/2019 | Resultados

RIO MAIOR SPORT CLUBE 2 x 2 GRUPO DESPORTIVO FORENSE

Sport Abrantes e Benfica 1 x 0 CA Riachense

CP Pego 5 x 3 CCRD Moçarriense

Classificação: 1.º Sport Abrantes e Benfica 24 pontos; 2.º CCRD Moçarriense 12 p; 3.º CP Pego 10 p; 4.º CA Riachense 9 p; 5.º Rio Maior SC 8 p; 6.º GD Forense 5 p.

CRÓNICA

Bem alertámos no Facebook do Região de Rio Maior, na antevisão deste jogo, que os 4 pontos, com que o Grupo Desportivo Forense vinha a Rio Maior não eram garantia de facilidades para o Rio Maior Sport Clube; e explicávamos porquê. Bastava olhar para alguns resultados surpreendentes.

A primeira grande oportunidade do RMSC, nos minutos iniciais da partida.

Numa conjuntura em que o Rio Maior SC estava em 4.º lugar com 7 pontos e tudo levava a crer que poderia ascender ao 3.º lugar, que era do Riachense, que ia jogar a casa do líder Sport Abrantes e Benfica a uns gritantes 12 pontos acima na classificação geral, os verde alvinegros tiveram os 3 pontos na mão e deixaram voar 2 deles ao deixarem-se empatar pela equipa de Foros de Salvaterra.

Jogada bem desenhada pelo ataque riomaiorense, com Gonçalo a apontar o 1-0.

Este empate representa para o RMSC um risco seriíssimo de continuidade na 2.ª Divisão Distrital de Santarém. Senão repare-se na camisa de forças em que se meteu:

  • Faltam duas jornadas para terminar a Fase de Apuramento do Campeão – que já está apurado desde a 6.ª jornada – e dos outros três clubes que com ele subirão à 1.ª Divisão Distrital;  na 9.ª e penúltima jornada, o Rio Maior SC recebe o AC Riachense – que à entrada para a 8.ª jornada estava em 3.º lugar com 9 pontos e era vital que tivesse sido ultrapassado, ficando os verde alvinegros com 10 pontos.
  • A Casa do Povo do Pego era então o 5.º e penúltimo classificado, com os mesmos 7 pontos do RMSC mas em desvantagem no confronto direto com os riomaiorenses; recebeu e venceu o Moçarriense, somando os tais 10 pontos e saltando para o 3.º lugar, posição em que vai agora ao reduto do Forense ao qual ganhou, em casa, na 1.ª volta, por 3-0. Se ganhar no Campo da Pedrinha fica com 13 pontos e é com essa pontuação que recebe o Rio Maior Sport Clube na 10.ª e derradeira jornada. Empatando fica com 11 pontos e se perder mantém os 10 que tinha.
  • Se na 9.ª jornada o RMSC ganhar ao Riachense somará 11 pontos e passará para o 4.º lugar, podendo até chegar ao 3.º se o Pego perder ou empatar em Foros de Salvaterra (a tal vantagem verde alvinegra no confronto direto).
  • Se na 9.ª jornada o Riachense vier a Rio Maior perder, desce para a 5.ª posição, ainda assim com possibilidades de subir de divisão ganhando na última jornada, quando receber o CCRD Moçarriense – isto se nessa mesma jornada o RMSC não ganhar em casa do Pego.

Resumindo: pelo sim e pelo não, o melhor que o Rio Maior Sport Club pode fazer é mesmo ganhar ao Riachense (em casa, no dia 9 de Junho) e à CP Pego (fora, a 16 de Junho). Alma até Almeida! Que futebol não falta aos atletas verde alvinegros.

Miguel Rocha fez o 2-0 para o Rio Maior Sport Clube.

Quanto ao jogo deste último domingo, bem pode dizer-se que faltou aos homens da casa a estrelinha da sorte… Na verdade dominaram, e bem, durante quase todo o jogo, foram para o intervalo a ganhar por 2-0… Talvez tenham regressado ao relvado descansados nos número do marcador mas a verdade é que apanharam pela frente um Forense mais resiliente e vigoroso, lá está como se disse na antevisão, a sair em contra-ataques venenosos que no espaço de 5 ou 6 minutos lhe renderam o empate, obtendo o 2-1 na transformação de uma grande penalidade por derrube de um atacante por um defesa na grande area. O 2-2 foi em jogada corrida.

O Grupo Desportivo Forense reduziu a desvantagem na transformação desta grande penalidade, chegando minutos mais tarde ao 2-2 final.

Feito o empate, os últimos minutos do jogo foram de verdadeiro sufoco para os azuis-grená de Foros de Salvaterra.

A estrelinha da sorte não brilhou para a equipa de Rio Maior quando, na 1.ª parte, uma bola indefensável esbarrou no poste e na 2.ª parte aconteceu o mesmo por duas ou três vezes, tendo os minutos finais sido de completo sufoco para a equipa visitante.

Marcaram os golos do RMSC, Gonçalo (16 minutos) e Miguel Rocha (39 minutos).

Texto e fotos: Carlos Manuel

Categorias:Futebol Tags: , , , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Judoca da Académica de Rio Maior é Campeão Nacional Região | Judoca da Académica de Rio Maior é Campeão Nacional
Região | Agrupamento Marinhas do Sal de Rio Maior, na Suécia Região | Agrupamento Marinhas do Sal de Rio Maior, na Suécia
Região | Junta de Rio Maior apoia empresários da restauração Região | Junta de Rio Maior apoia empresários da restauração
Região | O Alcorão em Serão Temático promovido pela ACCRM Região | O Alcorão em Serão Temático promovido pela ACCRM

Responder

Enviar Comentário

© 2019 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.