Região | Residência de Estudantes da ESDRM volta a ficar para trás!

Deputados do PSD questionam Governo sobre situação do Politécnico de Santarém que precisa de 2,2 milhões de euros até ao final do ano.

A Residência de Estudantes da Escola Superior de Desporto de Rio Maior não consta do Orçamento de Estado.

Em sua nota dirigida às redações, o deputado Duarte Marques, eleito nas listas do PSD pelo círculo eleitoral de Santarém, afirma que o Instituto Politécnico de Santarém precisa urgentemente de 2,2 milhões de euros para fazer face às sua responsabilidades imediatas. Acusa o Governo de “fraude política com o suposto sucesso do défice pois é conseguido à custa das instituições que ficam com a corda na garganta pondo em causa a qualidade da sua atividade. O Governo sabia em 2017 que este Orçamento não chegaria, por isso na altura votámos contra”, justifica

Os deputados do PSD eleitos por Santarém, Duarte Marques e Nuno Serra, reuniram esta segunda-feira, 22/10/2018 com a nova direção do Instituto Politécnico de Santarém para apresentar cumprimentos, conhecer a situação atual do Instituto e avaliar o impacte do OE2019.

De acordo com o Relatório do Grupo de Monitorização e Controlo do Orçamento do Ensino Superior, conhecido na semana passada, o Politécnico de Santarém encontra-se numa das situações de maior dificuldade para cumprir as suas obrigações até ao final do ano por via do sub financiamento crónico existente. Esta informação foi confirmada na segunda-feira de manhã aos deputados sendo as necessidades imediatas aproximidamente de 2,2 milhões de euros.

Relativamente ao Orçamento de Estado para 2019, “a situação de partida do Politécnico de Santarém parece ainda mais preocupante pois ao défice estrutural de 2,2 milhões de euros somam-se os custos das reposições remuneratórias, a integração dos docentes, a redução do valor das propinas e o Prevpap, que perfazem um buraco de 3,3 milhões de euros para 2019”. Segundo Duarte Marques, o OE2019 “apenas aumenta em 260 mil euros para o próximo ano apesar de os encargos decididos pelo Governo aumentarem em cerca de 1,1 milhões de euros. Isto vai agravar um situação já de si muito preocupante”.

Duarte Marques revelou ainda que confirmou a sua preocupação com a primeira leitura feita do OE2019: “Não há um euro para a construção de novas residências de estudantes apesar de ser uma necessidade extrema em várias cidades do país e uma promessa do Primeiro-ministro que anunciou um pacote de mais de 125 milhões de euros para construir residências. A residência de Rio Maior volta a ficar esquecida”, afirma o deputado, assumindo estar o PSD “disponível para apoiar e introduzir alterações ao OE2019 que ajudem a resolver o problema da residência de estudantes da Escola Superior de Desporto de Rio Maior”.

Na sequência da reunião com os dirigentes do IPSantarém, os sociais democratas apresentaram as seguintes questões ao Governo:

1 – Tem o Governo conhecimento das dificuldades financeiras do IP Santarém, em particular provocadas pelo défice crónico de cerca de 1,8 milhões de euros que se vem repetindo, ano após ano, resultado de uma estimativa histórica feita de forma errada, injusta e nunca corrigida apesar de todos os esforços feitos por esta instituição junto do Ministério da Ciência e Ensino Superior?

2 – Quando pretende o Governo corrigir o subfinanciamento relativo a 2018 do IPS transferindo para esta instituição os 2,2 milhões de euros necessários para cumprir as suas responsabilidades com pessoal e fornecedores?

3 –  Está o Governo disponível para apoiar financeiramente o Instituto Politécnico de Santarém na construção da Residência de Estudantes da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, escola que tem hoje cerca de 1 000 estudantes que enfrentam graves dificuldades de alojamento?

Categorias:Regional Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Dário Marcelino candidata-se a presidente do Moto Clube Região | Dário Marcelino candidata-se a presidente do Moto Clube
Região | 1ª Gala do Desporto de Rio Maior distinguiu clube e equipas Região | 1ª Gala do Desporto de Rio Maior distinguiu clube e equipas
Região | «Pintados de Rosa», Projeto de Aptidão Profissional na EPRM Região | «Pintados de Rosa», Projeto de Aptidão Profissional na EPRM
Região | Município de Rio Maior com orçamento de 24 646 674,00€ Região | Município de Rio Maior com orçamento de 24 646 674,00€

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.