Região | Os pneus do carro e os nossos pneus

Os pneus do carro e os nossos pneus.

por Garcia Cruz

Um dos cuidados importantes para que o nosso automóvel seja um veículo seguro é ter uns bons pneus, com pressão certa e equilibrada. Nós, humanos, também temos 4 pneus…

Um dos cuidados importantes para que o nosso automóvel seja um veículo seguro é ter uns bons pneus, com pressão certa e equilibrada. Nós, humanos, também temos 4 pneus e todos eles, à semelhança do automóvel, devem ter pressão certa e equilibrada para que a saúde não fique ameaçada. Não me refiro aos já vulgares e tidos por inestéticos “pneus” em volta da cintura. Esse é o “pneu suplente” que, contrariamente ao automóvel, já não nos é necessário. Esse apenas nos preocupará depois do desleixo mais ou menos acentuado com os “pneus” principais.

O primeiro dos nossos “pneus” é a alimentação. Sem uma boa alimentação, com predominância de comida viva, não industrializada, e sem uma boa mastigação, a saúde não tardará em ser afectada.

O segundo “pneu” é a actividade física e uma boa respiração. O sedentarismo e uma respiração superficial são danosos para a saúde.

O terceiro “pneu” é o sono. Um sono natural e de qualidade, em tempo e profundidade, é de extrema importância na nossa saúde.

O nosso quarto “pneu” representa as atitudes, os pensamentos e as emoções. Nós sofremos não tanto pelos problemas que nos acontecem mas sim pela maneira como reagimos perante os problemas. Duas pessoas com o mesmo tipo de problema podem reagir de forma totalmente distinta obtendo assim diferentes resultados. É a história do copo meio cheio ou meio vazio, consoante a visão do seu observador. É importante ser positivo, inteligente e honesto na apreciação e resolução das dificuldades da vida.

O grande sábio Confúcio disse um dia: “O homem passa metade da sua vida destruindo a saúde para ganhar dinheiro e a outra metade a gastar o dinheiro para recuperar a saúde perdida.”

Cuidemos então, todos os dias, dos nossos “pneus” para que a segunda metade da vida não seja muito atribulada e insegura e para que nela sempre sobre dinheiro para os pneus do carro. Assim, a viagem da vida e as viagens no carro talvez sejam mais agradáveis. Assim, talvez sejamos pessoas mais equilibradas e felizes. Isto não sou eu que digo. Isto é dos livros. Eu continuo tentando ser aquele que só sabe que nada sabe.

Nota – Texto escrito em desconformidade com novo AO.

Categorias:Saúde Tags: , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Piloto Francisco Esperto vai ser homenageado pelo GAVM Região | Piloto Francisco Esperto vai ser homenageado pelo GAVM
Região | Fitoterapia: Estévia, mais potente que o açúcar de cana Região | Fitoterapia: Estévia, mais potente que o açúcar de cana
Região | Pingo Doce, um bom exemplo, escreve Garcia Cruz Região | Pingo Doce, um bom exemplo, escreve Garcia Cruz
Dias soalheiros de inverno nas Salinas de Rio Maior Dias soalheiros de inverno nas Salinas de Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2019 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.