Região | Rede Solidária do Medicamento vai chegar a Rio Maior

Rede Solidária do Medicamento gera retorno social de 6,9 milhões de euros.

A Associação Dignitude divulga dados do impacte do Programa abem:

Nos dois primeiros anos da sua existência, o Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, ajudou mais de 5 mil beneficiários de famílias carenciadas, gerando um retorno social de 6 milhões 949 mil e 830 euros, divulga a Associação Dignitude, sua promotora.

Ao abrigo do Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, que arrancou em 25 de maio de 2016, foram dispensados, até 30 de junho deste ano, perto de 88 mil medicamentos prescritos a mais de 2 500 famílias de 80 municípios portugueses.

Os concelhos aderentes ao Programa abem: serão brevemente, pelo menos 81, porque em sua reunião de 13 de julho de 2018 a Câmara Municipal de Rio Maior deliberou, por unanimidade, aprovar uma proposta de protocolo nesse sentido, a celebrar com a Associação Dignitude. Na mesma ocasião foi igualmente aprovada a indigitação das técnicas superiores Aldina Santos e Andreia Martins para a execução operacional do referido programa. O apoio camarário inicial será de 100,00 euros. De momento estão referenciadas 10 famílias carenciadas que irão beneficiar do Programa abem:.

O Programa abem:

O Programa abem: Rede Solidária do Medicamento, projeto inovador lançado pela Associação Dignitude, tem como objetivo permitir o acesso, de forma digna, aos medicamentos prescritos a quem não tem capacidade financeira para os adquirir, cobrindo, no receituário, o valor não comparticipado pelo Estado.

O abem: assenta numa rede de parcerias que assegura o circuito solidário do medicamento. Qualquer pessoa em situação de carência pode ser referenciada ao programa pelas entidades locais, que vão desde juntas de freguesia e câmaras municipais, a IPSS e outras instituições da área social.

Depois de referenciado, o beneficiário tem acesso ao Cartão abem:, bastando apresentá-lo numa Farmácia abem: para poder adquirir os medicamentos comparticipados que lhe forem receitados. A despesa realizada é coberta pelo Fundo Solidário, 100% dedicado à co-comparticipação de medicamentos dentro do Programa, alimentado por uma campanha permanente de fundraising.

Sabe-se agora, pela própria Associação Dignitude, que colocar o Programa abem: em marcha implicou um investimento que ultrapassou os 892 mil e 268 euros.

“A avaliação de impacte formal do projeto seguiu a metodologia SROI – Social Return on Investment – que identificou as mudanças ocorridas em cada stakeholder do programa (beneficiários diretos, agregado familiar, promotores, parceiros, farmácias, associados, staff, doadores, voluntários, centros de saúde e fornecedores) para mostrar e valorizar os impactes junto de todos os elementos da rede”, revela a Associação, referindo que o estudo foi realizado pela Call to Action, consultora certificada pela Social Value International.

Estudados todos os indicadores, chegou-se ao resultado de um SROI de 1:7,8. Por outras palavras, por cada 1 euro investido no Programa abem: são gerados 7,8 euros de valor social. A este respeito, comenta Maria de Belém Roseira, coordenadora geral da Dignitude: “Os dados provam o drama social que o problema do acesso ao medicamento está a ter e revelam como o abem: devolve às pessoas a dignidade que perderam.”

A Dignitude refere que ao analisar a vida dos beneficiários “antes e depois de terem o cartão abem:” verificou que o programa está a criar mudanças positivas, sendo a mais valorizada o aumento da qualidade de vida, com um valor de impacte de 2 465 325€. Outras mudanças a longo prazo junto da população indicam: “no caso das crianças, o aumento da estabilidade emocional e o reforço da coesão familiar; nos adultos, a redução do absentismo, o aumento da autoestima e da estabilidade financeira; e nos idosos, a redução das dívidas e o bem-estar psicológico”.

A análise incidiu no período de janeiro a dezembro de 2017.

Entretanto, a Dignitude já possui dados nacionais relativos a 30 de junho de 2018, que revelam:

  • 2 554 famílias abrangidas
  • 5 054 beneficiários envolvidos
  • 465 farmácias abem:
  • 87 852 medicamentos dispensados
  • 80 entidades referenciadoras
  • 80 concelhos.
Categorias:Saúde Tags: , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Louvor do Município à Campeã Europeia dos 50 km Marcha Região | Louvor do Município à Campeã Europeia dos 50 km Marcha
Região | Requalificado o Olho de Água, há mais obras em Alcobertas Região | Requalificado o Olho de Água, há mais obras em Alcobertas
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.