Região | Requalificado o Olho de Água, há mais obras em Alcobertas

Requalificação do Olho de Água de Alcobertas está inaugurada mas as obras não ficarão por aí.

O Olho de Água das Alcobertas, após a requalificação.

No domingo, dia 12 de agosto, foi inaugurada a requalificação do Olho de Água das Alcobertas, o ponto onde a ribeira das Alcobertas brota da serra dos Candeeiros.

Na zona cársica onde se situa a freguesia de Alcobertas, formam-se muitas cavernas e fendas devido à erosão do calcário pela ação das águas das chuvas, formando uma verdadeira rede hidrográfica subterrânea que escoa a água dada à serra pelas nuvens. À superfície pouca água se vê.

O Olho d’Água de Alcobertas é um pequeno oásis na aparente secura que o rodeia, representando um dos poucos locais na área do Parque” Natural das Serras de Aire e Candeeiros, “onde a água, em relativa abundância, surge à superfície e permanece ao longo do ano. É uma das cinco principais nascentes perenes (…) do Maciço Calcário Estremenho, sendo as restantes a do Alviela, a do Almonda, a do Liz e a da Chiqueda”, lê-se, além de informação mais completa, num grande painel colocado no local, onde se recorda ainda: “Esta nascente foi ponto de abastecimento para animais e pessoas que percorriam vários quilómetros desde aldeias vizinhas em busca da água que sempre escasseou na região, conforme retratado no painel de azulejos. Ainda hoje aqui se demolham tremoços.”

Por estes e demais motivos, o Olho de Água das Alcobertas é um sítio querido dos alcobertenses e por isso conta agora com um parque de merendas muito bem concebido.

Por estes e demais motivos, o Olho de Água das Alcobertas é um sítio querido dos alcobertenses e por isso conta agora com um parque de merendas muito bem concebido, com piso em pedra rústica, árvores de sombra recém-plantadas, mobiliário fixo e duas churrasqueiras, ideal para piqueniques, convívios e até festas, como ficou provado por uma alcobertense que comemorou ali mesmo, logo após a inauguração, o seu aniversário, emocionando-se quando lhe cantaram os Parabéns e a Junta de Freguesia das Alcobertas lhe ofereceu um lindo ramo de flores.

À esquerda, o canal que passa sob a entrada para o parque de merendas. À direita, o canal chamado da Ponte Forte.

O espaço onde assenta o parque de merendas situa-se entre dois canais que partem do lagozinho do olho de água propriamente dito e vão dar mais adiante ao Porto do Rio, outro local encantador da vila de Alcobertas mesmo à beira da rua principal. O parque de merendas, do lado oposto à nascente confina com uma pequena leira cultivada com o que me pareceu ser milho aí com um palmo de altura, terreno esse limitado uns 15 metros mais adiante por um acesso automóvel em terra batida.

O parque de merendas, do lado oposto à nascente confina com uma pequena leira cultivada.

O Parque de Merendas do Olho de Água das Alcobertas é público, quer para os alcobertenses quer para quem visite a vila. Não tem horário, está suavemente iluminado durante a noite com iluminação Led, embora se preveja uma maior utilização durante o dia para almoços e menos à noite para jantares. Três novos projetores iluminam o olho de água propriamente dito.

Este convidativo cenário bucólico situado no Largo Olho de Água, em plena Ribeira de Cima, está servido já há uns anos de casas de banho localizadas no rés-do-chão de edifício próximo.

Este convidativo cenário bucólico paredes meias com a malha urbana da vila, situado no Largo Olho de Água, em plena Ribeira de Cima, ao pé da sede da associação local, está servido já há uns anos de casas de banho localizadas no rés-do-chão daquele edifício. E por falar em lavabos, estará nos planos da Junta criar outros também nas proximidades do Pavilhão Multiusos Susana Feitor, dado naquela zona, onde também se situa a Igreja de Santa Maria Madalena e respetivas instalações paroquiais, pararem muitos autocarros.

A obra de requalificação do Olho de Água das Alcobertas resultou de uma parceria entre a Junta de Freguesia presidida por Paulo Jorge Dias e a Câmara Municipal de Rio Maior cuja presidente, Isaura Morais, descerrou juntamente com o autarca local uma placa alusiva à inauguração do melhoramento.

A obra de requalificação do Olho de Água das Alcobertas resultou de uma parceria entre a Junta de Freguesia de Alcobertas presidida por Paulo Jorge Dias e a Câmara Municipal de Rio Maior cuja presidente, Isaura Morais, descerrou juntamente com o autarca local uma placa alusiva à inauguração do melhoramento, colocada num suporte de pedra onde está encastrado um painel de azulejos retratando aspetos da vida alcobertense de tempos idos. Foi o momento dos discursos.

Paulo Jorge Dias, presidente da Junta de Freguesia de Alcobertas.

O presidente da Junta realçou a recetividade do Município para com o projeto para a requalificação do Olho de Água, verdadeiro ex-líbris das Alcobertas e ponto de passagem frequente das visitas ao concelho de Rio Maior, bem como o empenho do vice-presidente da Câmara na implementação da parceria estabelecida entre as duas autarquias e dos funcionários de ambas as partes na materialização das obras.

Foi fundamental a qualidade da equipa reunida pelo presidente da Junta, “que o ajuda nas decisões e está sempre presente”, disse Santana Dias (em 2º plano, à direita da foto) referindo-se a Sara Nogueira, tesoureira e Tiago Martins, secretário da autarquia local (ambos à esquerda).

Luís Filipe Santana Dias explicou que a parceria nasceu do mérito do projeto e da necessidade de lhe conferir meios humanos, materiais e financeiros para que pudesse ser finalizado. Mas para tanto foi fundamental a qualidade da equipa reunida pelo presidente da Junta, “que o ajuda nas decisões e está sempre presente”, disse referindo-se a Sara Nogueira, tesoureira e Tiago Martins, secretário da autarquia local, para quem pediu uma salva de palmas.

Para Isaura Morais, presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, “esta” terá sido “a primeira de muitas requalificações” a ir fazendo “ao longo do tempo na freguesia de Alcobertas”. Da parte do Município estiveram ainda presentes, além do vice-presidente, Luís Filipe Santana Dias, os vereadores João Lopes Candoso e Ana Filomena Figueiredo, tendo a mesa da Assembleia Municipal sido representada pelo 1º secretário, Carlos Neto.

Para Isaura Morais, presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, para a Junta de Freguesia “esta” terá sido “a primeira de muitas requalificações que nós temos que ir fazendo ao longo do tempo na freguesia de Alcobertas”.

Embora ninguém se tenha referido ao investimento feito, por aquilo que vi não deverei andar muito longe da realidade se deixar aqui escrito que se cifrará entre os 40 mil e os 50 mil euros.

Foram muitos os alcobertenses e convidados da Junta de Freguesia que acorreram à inauguração da requalificação do Olho de Água.

O projeto de requalificação do Olho de Água vinha dos mandatos do anterior presidente de Junta de Freguesia, João de Deus Dias Ferreira, mas Paulo Jorge Dias não dá as obras por concluídas.

O atual presidente da Junta de Alcobertas não vai descansar enquanto o parque de merendas não estiver equipado com 55 lugares sentados e servido por um parqueamento para um autocarro… de 55 lugares. Faz todo o sentido.

A ideia também passa por adaptar o espaço envolvente ao Parque de Merendas. “As pessoas tinham o hábito, antigo, de virem aqui abastecer-se no Olho de Água e nós estamos a tentar, com esta requalificação, que esse hábito não deixe de existir mas que as pessoas passem a ter um outro local para se abastecerem de água, que já estamos a preparar”, referiu Paulo Jorge Dias adiantando que outra medida a tomar brevemente será mandar analisar a qualidade da água.

Esta preocupação com a qualidade da água prende-se com o facto de até há poucos anos a atividade pecuária ter tido alguma dimensão na região. “Hoje não há descargas mas por vezes aparecem alguns limos que, ao que me dizem, ainda podem ter a ver com essas antigas descargas por isso, sem termos as imprescindíveis análises, esta água não deve ser utilizada, nem para consumo nem para banhos”.

Texto e fotos: Carlos Manuel

Categorias:Em Destaque, Rio Maior Tags: , , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Salgema – Pastelaria. Vai um cafezinho? Um pastelinho? Região | Salgema – Pastelaria. Vai um cafezinho? Um pastelinho?
Região | Competições internacionais de Polo aquático em Rio Maior Região | Competições internacionais de Polo aquático em Rio Maior
Região | O Rio Maior Sport Clube vai a votos a 9/5/2019 Região | O Rio Maior Sport Clube vai a votos a 9/5/2019
Região | Cartoonista António Maia distinguido pelo Rotary de Rio Maior Região | Cartoonista António Maia distinguido pelo Rotary de Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2019 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.