Região | RMSC bate UD Chamusca para a Taça Ribatejo de Juniores

RMSC 5 x 3 União da Chamusca na Taça Ribatejo de Juniores em futebol 2018/19.

União Desportiva da Chamusca, a equipa de arbitragem e o Rio Maior Sport Clube na saudação ao público.

RMSC e União da Chamusca defrontaram-se em jogo da 1ª jornada da Fase de Grupos da Taça do Ribatejo de Juniores realizado este sábado, dia 3 de novembro, no Campo nº 2 do Complexo Desportivo de Rio Maior.

Aos 35 minutos de jogo, o Rio Maior Sport Clube perdia por 0-2 frente à formação da União Desportiva da Chamusca. Os aurinegros estavam a tirar partido da sua estatura física fazendo-a valer na disputa de bolas altas na defesa e a meio campo e daquelas que chegavam lá à frente por via de remates longos; fizeram o 0-1 aos 15 minutos e forçaram o guarda-redes local a ceder o 0-2 aos 31 minutos numa saída em falso.

A partir daí parece ter perpassado pelos riomaiorenses a compreensão de que tinham que “baixar” o jogo para o nível em que são melhores; o “rés-da-relva”, passe o neologismo. E então sim, começaram a ganhar alguma preponderância sobre a equipa da União da Chamusca, fruto do seu melhor domínio de bola e de passe. Consequências: aos 36 minutos reduziram a desvantagem para 2-1 e aos 39 minutos, mercê da conversão de uma grande penalidade a castigar uma infração a que um defesa contrário recorreu ante a pressão verde alvinegra na sua grande área, empataram a partida. Mas a contabilidade não se ficaria por aí e ao cair do 45º minuto, o Rio Maior SC deu a volta ao resultado fazendo o 3-2.

Nesta foto e nas duas seguintes, a transformação da grande penalidade, a partir da qual o Rio Maior SC construiu a vitória marcando mais quatro golos.

No regresso do intervalo, logo aos 46 minutos a turma riomaiorense aumentou a vantagem para 4-2.

A União da Chamusca não se entregou e deu luta até ao fim; ao 57 minutos reduziu a desvantagem para 4-3, um golo de azar para o guardião do RMSC que defendeu, estirando-se na relva, uma bola atirada de perto que lhe escapou ligeiramente das mãos o que foi suficiente para um jogador adversário empurrá-la para o fundo das redes.

Aqui, uma grande defesa do guardião da União da Chamusca para canto.

O golo riomaiorense da tranquilidade ocorreu aos 42 minutos.

O 5º golo do Rio Maior Sport Clube.

Parece-me, porém, de ter em conta, a quantidade de pontapés de canto que os verde alvinegros obtiveram e de cuja cobrança nada resultou. O “poder de fogo” da equipa concentrava-se sempre, juntamente com os adversários, na vertical da baliza e aí veio sempre ao de cimo a estatura dos jovens da Chamusca. A grande área é demasiado vasta por isso convida a ter um ou dois peões soltos para redirecionar o esférico e possivelmente até mesmo atirar a contar.

Os golos do Rio Maior Sport Clube foram marcados por Francisco Pereira, Vasco Sampaio, Milton e Joaquim.

Texto e fotos: Carlos Manuel

1ª Jornada da Fase de Grupos da Taça do Ribatejo em Juniores

Resultados:

RIO MAIOR SC 5 X 3 UD CHAMUSCA

CD SALVATERRENSE 3 X 2 GD SAMORA CORREIA

Classificação:

1º Rio Maior SC 3 pontos; 2º CD Salvaterrense 3 p; 3º GD Samora Correia 0 p; 4º União Desportiva da Chamusca 0 p.

Nota – A 2ª jornada da Fase de Grupos da Taça do Ribatejo de Juniores cumprir-se-á no dia 24/11/2018, com o RMSC a deslocar-se ao Campo de Apoio ao Estádio da Murteira em Samora Correia.

Categorias:Futebol Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Dário Marcelino candidata-se a presidente do Moto Clube Região | Dário Marcelino candidata-se a presidente do Moto Clube
Região | 1ª Gala do Desporto de Rio Maior distinguiu clube e equipas Região | 1ª Gala do Desporto de Rio Maior distinguiu clube e equipas
Região | «Pintados de Rosa», Projeto de Aptidão Profissional na EPRM Região | «Pintados de Rosa», Projeto de Aptidão Profissional na EPRM
Região | Município de Rio Maior com orçamento de 24 646 674,00€ Região | Município de Rio Maior com orçamento de 24 646 674,00€

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.