Região | Tem horta ou jardim? Faça compostagem. O ambiente agradece

Porque o ambiente agradece a Valorsul promove a compostagem em Azambuja.

Faça compostagem. O ambiente agradece. Sessões de divulgação a 19 e 23/11/2018 na vila de Azambuja.

O Município de Azambuja está a colaborar com a empresa Valorsul na campanha «Compostar – outra forma de reciclar». Esta campanha para a compostagem tem o objetivo de reduzir a quantidade de RSU – resíduos sólidos urbanos depositados diariamente nos contentores, através da compostagem que é um processo de reciclagem natural de cascas e restos de vegetais, folhas e plantas secas que se transformam em fertilizante, muito útil e saudável para hortas e jardins.

A compostagem consiste na decomposição dos resíduos domésticos por acção de microrganismos que na presença de oxigénio (processo aeróbio), originam uma substância designada composto. O composto que se obtém no fim do processo poderá ser utilizado como adubo, uma vez que melhora substancialmente a estrutura do solo. O composto possui fungicidas naturais e organismos benéficos que ajudam a eliminar os organismos patogénicos que perturbam o solo e as plantas.

A compostagem doméstica é um processo que não requer conhecimentos técnicos, é simples, é economicamente e ecologicamente sustentável, uma vez que implica a redução dos resíduos domésticos a enviar para o aterro sanitário, através da sua transformação num composto fertilizante que pode ser usado como nutriente e correctivo do solo nos jardins, hortas e quintais, bem como, em vasos e floreiras, não estando este processo confinado a todas as pessoas que têm a sua vida compartimentada em espaços urbanos, com o jardim reduzido a uns vasos e a umas floreiras na varanda ou mesmo em casa. (in Guia Prático da Compostagem, http://www.geota.pt/xFiles/scContentDeployer_pt/docs/articleFile140.pdf).

Portanto, se tem horta ou jardim, faça compostagem – o ambiente agradece!

A Valorsul disponibiliza compostores para distribuir pelas famílias do Município de Azambuja, com agregados familiares constituídos no mínimo por 3 pessoas e que possuam habitações com quintal, horta ou jardim e pretendam fazer compostagem.

Para atribuição do compostor é necessário participar numa das sessões de formação promovidas pela empresas. Estas sessões, com uma duração de cerca de 45 minutos, terão lugar no Auditório Municipal do Páteo do Valverde, no dia 19 de novembro, que é segunda-feira, pelas 18h30, e no dia 23 de novembro, sexta-feira, com início às 18 horas.

A cedência do compostor é gratuita. Os interessados em recebê-lo apenas terão de preencher uma ficha de inscrição.

Categorias:Ecologia e Ambiente Tags: , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Politécnico de Santarém lança debate sobre Justiça Social Região | Politécnico de Santarém lança debate sobre Justiça Social
Região | CPJ celebra 30 anos no seu Núcleo de Formação de Alcoentre Região | CPJ celebra 30 anos no seu Núcleo de Formação de Alcoentre
Região | Alcoentre faz a XX Festa das Tasquinhas e do Torricado Região | Alcoentre faz a XX Festa das Tasquinhas e do Torricado
Região | Azambuja inaugura Centro de Marcha e Corrida Região | Azambuja inaugura Centro de Marcha e Corrida

Responder

Enviar Comentário

© 2019 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.