RMSC: Mauro Miguel assume os seniores na época de 2018/2019

No Rio Maior Sport Clube, Mauro Miguel vai treinar os seniores na época 2018/19.

Tiago Pedro não conseguiu a subida de Divisão mas tem o respeito e a gratidão do clube.

O treinador Mauro Miguel, no dia em que os jogadores, a equipa técnica e os dirigentes do Rio Maior Sport Clube receberam as faixas de Campeões Distritais de Juniores da 2ª Divisão de Santarém, época de 2016/17.

Contando no plantel com grande parte dos jogadores que tinham conquistado o Campeonato Distrital de Juniores da 2ª Divisão de Santarém sob o comando de Mauro Miguel, na época de 2016/17, de estreia absoluta do Rio Maior Sport Clube (RMSC) nas competições da Associação de Futebol de Santarém logo coroada com a subida, naquela categoria, à 1ª Divisão Distrital, apesar de não terem conseguido alcandorar o RMSC, em seniores, também ao patamar futebolístico principal do distrito na época de 2017/18, é justo reconhecer que Tiago Miguel e a sua equipa técnica foram o mais longe que o saber, o engenho e a arte consentiram face aos constrangimentos que ao longo de uma época competitiva vão surgindo.

Pode ter havido um ou outro equívoco na tática como é absolutamente normal, houve lesões, castigos, indisponibilidades temporárias, estudos, provas, preparação para exames… Estamos a falar de desportistas amadores, muitos deles ainda estudantes, que deixam a “pele” em campo é certo mas que na maioria dos casos são muito jovens, juniores já com idade de poderem jogar numa divisão sénior mas tendo, precisamente por ser essa a sua condição, muito caminho a (per)correr.

No entanto, o misto de rapazes que Tiago Pedro recebeu da equipa campeã distrital da 2ª divisão de juniores e de jogadores seniores por si orientados no distrital da 2ª divisão da época de 2016/17 que permaneceram no clube, mais um ou dois reforços, deu tão boa conta de si em jogos determinantes – e jogando bem, forte e bonito –, que o Rio Maior Sport Clube, em 2017/18 foi o vencedor destacado da Série A do Campeonato Distrital de Seniores da 2ª Divisão de Santarém.

Na fase final, disputada pelos três primeiros classificados das séries A e B, o Rio Maior Sport Clube ainda atingiu o 2º lugar da classificação geral. Porém, na “reta final”, quando não podia perder pontos, o Rio Maior Sport Clube, além das contingências a que atrás me refiro, algumas delas decerto mais apertadas dada a proximidade do fim do ano letivo com o seu cortejo de exigências e atividades, viu-se privado do relvado onde melhor explanava o seu futebol, o do Estádio Municipal de Rio Maior, que entrou em trabalhos de substituição nessa fase crucial do campeonato. Passou então a jogar no Campo de treinos nº 2. Não é razão suficiente? Não, não é. Mas uma pessoa quando muda de “chão” nota a diferença, principalmente se não houver nada a cortar o vento que, como se sabe, já é muito até mesmo no estádio…

Digamos então que se conjugaram vários óbices na fase do “exame final” que concorreram para o incumprimento do grande objetivo da época 2017/18 do RMSC: subir à 1ª Divisão Distrital de Seniores de Santarém.

Quem dá o que tem, a mais não é obrigado. Os atletas, a equipa técnica e os dirigentes do clube deram tudo o que estava ao seu alcance e a prova é que o Rio Maior Sport Clube ficou apenas a um empate da subida à 1ª divisão do distrito pois bastava-lhe um ponto para a garantir, ao perder, no Campo nº 2, frente ao Glória, por 0-1, na derradeira partida da fase final do campeonato, de nada lhe valendo, assim, ter ido ganhar por 2-0 a casa desse mesmo adversário na primeira volta.

Tiago Pedro, com os adjuntos Tiago Silva, Rúben Martinho e Bruno Pedro, no arranque da pré-época de 2017/18. (Foto: RMSC).

O mérito da equipa técnica liderada por Tiago Pedro já foi reconhecido pelo Rio Maior Sport Clube que deixou no seu facebook estas linhas: “Uma palavra de agradecimento ao Mister Tiago Pedro, e restante equipa técnica , por todo o trabalho e empenho prestados ao clube desde o momento da sua fundação.”

Por falar em fundação, convém também ter presente a “verdura dos anos” do Rio Maior Sport Clube: dois! Comemora o 2º aniversário da sua constituição em 6 de julho de 2018.

Em apenas dois anos de existência e de competições, festejou logo no primeiro aniversário a subida dos juniores à 1ª divisão distrital e ficou em 4º lugar em seniores. No segundo ano, os juniores, com um plantel formado por alguns jogadores da época anterior e uma série de novos juniores oriundos do Núcleo Sportinguista, ficaram na 6ª posição no distrital da 1ª divisão da categoria e os seniores acabaram no 4º posto da 2ª divisão (só subiam três).

Mauro Miguel é a opção do RMSC para os seniores na época 2018/19. 

Como se diz na gíria do “futebolês”, Mauro Miguel é o mister que se segue na condução da equipa sénior do Rio Maior Sport Clube.

Tal como o sanjoanense Tiago Pedro, o lourinhanense Mauro Miguel, é treinador do RMSC desde a primeira hora. Chega aos seniores uma época após o brilharete da consagração dos juniores, por si conduzidos, como campeões distritais da 2ª divisão e a consequente subida ao 1º escalão scalabitano da categoria. Orientou os juniores do RMSC nestas duas primeiras épocas.

Já depois de findo o campeonato Distrital de 2017/18 conduziu o Rio Maior Sport Clube à vitória, num recente torneio organizado pelo Sporting Clube Lourinhanense.

Mauro Miguel foi estudante e é docente da Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Aceitou o convite da direção do RMSC liderada por Leandro Antunes, para ser o treinador dos seniores. É agora em si e na sua equipa técnica que o clube deposita a esperança de subida à 1ª divisão distrital, se possível já no fim da época de 2018/19.

Texto e fotos (de arquivo): Carlos Manuel

Categorias:Futebol Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid
Região | Nó de Rio Maior do IC2 em Asseiceira volta a ser encerrado. Região | Nó de Rio Maior do IC2 em Asseiceira volta a ser encerrado.

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.