Selecção Sub-21 empatou com a Dinamarca

As selecções de sub-21 de Portugal e Dinamarca empataram a zero na primeira de duas partidas amigáveis preparadas no Complexo Desportivo de Rio Maior pela selecção das Quinas, tendo em vista o Campeonato da Europa República Checa.

Numa partida que levou mais 4.600 espectadores à Marinha Grande, a equipa orientada por Rui Jorge dominou o primeiro tempo, jogando grande parte dos primeiros minutos no meio campo dinamarquês. A formação lusa foi mais rematadora, mas ainda assim não conseguiu concretizar em golo uma grande penalidade.

PORTUGAL DINAMARCA

Os primeiros sinais de perigo de Portugal surgiram através de Sérgio Oliveira, que rematou ao lado aos 10 minutos de jogo, sendo que, instantes depois, Ivan Cavaleiro também tentou alvejar a baliza contrária, mas o remate saiu por cima. Aos 14 minutos, Paulo Oliveira cabeceou por cima após um livre cobrado pela direita por Bernardo Silva. Rafa Soares, aos 20 minutos, rematou cruzado fez a bola passar muito perto da baliza nórdica.

Apenas aos 22 minutos, a Dinamarca conseguiu criar perigo, mas José Sá, com uma boa defesa, evitou males maiores para a Equipa das Quinas.

Na transformação de um livre directo, aos 34 minutos, Sérgio Oliveira voltou a testar a atenção do guardião dinamarquês e, aos 37 minutos, o árbitro assinalou uma mão na grande área dinamarquesa, mas o guardião contrário defendeu a grande penalidade batida por Sérgio Oliveira.

Os portugueses voltaram a ter nova oportunidade aos 43 minutos, com Bernardo Silva, assistido por Ivan Cavaleiro, a cabecear por cima, já junto à pequena área.

No segundo tempo, a formação lusa voltou a entrar melhor e conseguiu impor o seu futebol, apesar da maior acutilância ofensiva dos nórdicos. Aos 60 minutos de jogo, Gonçalo Paciência conseguiu desembaraçar-se de vários adversários na área contrária e rematar, mas Jakob Busk Jensen, com uma difícil defesa com os pés, evitou o golo português.

Portugal voltou a estar muito perto de marcar na sequência de um pontapé de canto aos 69 minutos, com a bola a passar muito perto do poste esquerdo, mas coube à Dinamarca criar perigo pela última vez neste encontro, num cabeceamento perigoso na sequência de um pontapé de canto a que José Sá se opôs muito bem.

Embora o caudal ofensivo português e o número de oportunidades de golo justificassem outro resultado, o objectivo de continuar a preparar o Campeonato da Europa com testes competitivos foi concretizado, numa partida que contou com a presença especial do vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

No final do encontro, o Treinador Nacional, Rui Jorge, analisou a partida, destacando que Portugal concedeu poucas situações de golo perante um adversário forte, realçando que quer ver Portugal jogar melhor.

A selecção retornou depois a Rio Maior, sendo que amanhã, sexta-feira, a Equipa das Quinas volta a treinar, pelas 10h00, no relvado do Centro de Estágios.

A Selecção Sub 21 voltará a jogar no dia 31 (terça-feira), pelas 17h00 (18h00 locais), diante da República Checa, em Praga, no Estádio Eden – o recinto que acolhe a final do Euro-2015.

Texto e Foto: FPF

Categorias:Futebol Tags: , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Gestão do Desporto juntou mais de 300 congressistas Região | Gestão do Desporto juntou mais de 300 congressistas
Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid
Região | 1ª Gala do Desporto abrangeu as áreas Escolar e Universitária Região | 1ª Gala do Desporto abrangeu as áreas Escolar e Universitária
Região | Congresso Nacional de Gestão de Desporto, em Rio Maior Região | Congresso Nacional de Gestão de Desporto, em Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.