Tasquinhas de Rio Maior e Turismo

A apresentação das Tasquinhas de Rio Maior

Apresentação da 31ª edição das Tasquinhas de Rio Maior. De pé, o vereador dos Mercados e Feiras, João Lopes Candoso, vendo-se ainda Isaura Morais e Ceia da Silva.

Apresentação da 31ª edição das Tasquinhas de Rio Maior. De pé, o vereador dos Mercados e Feiras, João Lopes Candoso, vendo-se ainda Isaura Morais e Ceia da Silva.

Com a presença de Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, da presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, vereadores Carlos Frazão Correia, João Lopes Candoso, Ana Filomena Figueiredo e Augusto Figueiredo, presidentes das Juntas de Freguesia de Rio Maior, Luís Filipe Santana Dias, Alcobertas, João de Deus Dias Ferreira, Arrouquelas, Mário Pião, Azambujeira e Malaqueijo, Pedro Antunes e Marmeleira e Assentiz, Amélia Simão e outros convidados, e com as boas-vindas dadas musical e magistralmente pela Bagatuna, foi apresentada em 14 de março, à tarde, no foyer do Cineteatro da cidade, a 32ª edição das Tasquinhas de Rio Maior – Tasquinhas 2017, apresentação em que também estiveram Ricardo Madeira em representação da Associação Empresarial do Concelho de Rio Maior, entidade parceira do Município e Armando Monteiro, funcionário camarário estreitamente ligado à organização destes certames.

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

As Tasquinhas de Rio Maior serão inauguradas na sexta-feira, dia 24 de março, pelas 16 horas, pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

Com cerca de 80 000 euros de orçamento as Tasquinhas de Rio Maior são hoje um evento sustentável, afirmou o vereador dos Mercados e Feiras, João Lopes Candoso. Envolvem cerca de 2 500 voluntários, acredita Armando Monteiro, desde a sua preparação até ao último dia de funcionamento. Dão-lhes corpo as associações e coletividades do concelho, em prol de cujas atividades revertem as eventuais receitas as quais constituem importante complemento aos apoios anuais que recebem do Município e aos proventos que resultam de outras iniciativas nas respetivas comunidades.

Regista-se, como curiosidade relevante que poderá refletir-se num aumento de criatividade e de qualidade de cada tasquinha, que em meados deste mês as associações e coletividades já tinham deitado mãos ao trabalho de preparação das respetivas tasquinhas no Pavilhão Multiusos, quando geralmente o fazem na última semana antes do arranque do evento se não mesmo, nalguns casos, no próprio dia.

Como habitualmente, no rés-do-chão do Pavilhão Multiusos haverá 24 tasquinhas com gastronomia regional além de alguns stands de produtos alimentares tradicionais. O 1º andar será preenchido pelos expositores das atividades económicas e serviços (75 stands), e os Espaços Café & Música e Show Cooking. Na tenda exterior estará a doçaria e o artesanato (55 stands) bem como o Espaço TasquinhasFest.

As Tasquinhas de Rio Maior foram alvo de promoção na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), realizada de 15 a 19 de março na FIL. Ali, o Município teve stand próprio no grande espaço da ERTAR, que foi o maior do certame. “De ano para ano o stand de Rio Maior tem vindo a ser cada vez mais procurado pelos visitantes da BTL, quer pela sua qualidade quer pela qualidade dos produtos que apresenta”, comentou a propósito o vice-presidente da autarquia, Carlos Frazão Correia. No sábado, dia 18, à tarde, tanto ele como a presidente da Câmara iriam lá estar, numa mostra de produtos regionais, nomeadamente azeites, vinhos e doçaria. Aquele autarca considera que a presença do concelho na BTL tem vindo a refletir-se num crescendo de visitantes, principalmente nas Salinas de Rio Maior, que em 2016 se terá cifrado em cerca de 12 000. Não duvida mesmo que “Rio Maior é reconhecido cada vez mais como uma potência regional do turismo.”

A realizarem-se de 24 de março a 2 de abril, as Tasquinhas coincidem, no dia 1, com o 26º Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha Atlética e 15º Challenge Mundial de Marcha – 20 km em Masculinos e Femininos (com início às 15h30), o que será outro grande atrativo para trazer visitantes à cidade e decerto ao festival riomaiorense de gastronomia regional.

No Pavilhão Multiusos as entradas para as Tasquinhas serão gratuitas de segunda a quinta-feira e pagas a 1,50€ cada às sextas-feiras, sábados e domingos. Haverá 50% de desconto para os portadores do Cartão Rio Maior Jovem, Cartão Rio Maior 65 e Cartão de Estudante das escolas do concelho de Rio Maior.

  • Tasquinhas presentes no certame:
  • Associação Desportiva e Cultural de Arruda dos Pisões;
  • Associação de Melhoramentos e Progresso do Alto da Serra;
  • Cooperativa Terra Chã/Rancho Folclórico de Chãos;
  • Rio Maior Sport Clube;
  • Associação de Melhoramentos Cultural Recreativa e Desportiva de S. Sebastião;
  • Associação Recreativa Desportiva e Cultural de Ribeira de Fráguas;
  • Serviços Sociais dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Cantanhede (Município geminado com o de Rio Maior);
  • Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Casais Monizes;
  • Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Vale Marinhas;
  • Centro Social de S. Domingos da Freguesia de Asseiceira;
  • Associação Cultural Recreativa e Desportiva do Arco da Memória;
  • Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Maria Madalena de Alcobertas;
  • Centro Social Paroquial de S. João Batista (centro de dia) de S. João da Ribeira;
  • ARCA – Associação Recreativa e Cultural de Arrouquelas;
  • Centro Social e Cultural da Casa do Povo da Vila da Marmeleira;
  • CEEONINHO – Centro de Educação Especial «O Ninho» de Rio Maior;
  • Associação Grupo Desportivo, Recreativo e Cultural da Freiria;
  • Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Rio Maior;
  • CRCA – Centro Recreativo e Cultural de Assentiz;
  • Associação Recreativa Desportiva e Cultural de Carvalhais;
  • Comissão de Melhoramentos e Progresso do Cidral e Casais do Cidral;
  • Comissão de Melhoramentos de Malaqueijo.

Além destas 22 tasquinhas de associações, IPSS e coletividades há mais 2 tasquinhas de restaurantes: a da Casa do Leitão de Rio Maior e a do Palhinhas Gold.

O piso térreo do pavilhão acolhe ainda: uma exposição; o stand de Enchidos Mavíldia Maria Rainho Remígio, da Marinha Grande e o stand de Enchidos Tradicionais da Serra da Estrela, Lda.

À semelhança das edições anteriores, também nesta se realizará o concurso da Melhor Tasquinha, resultando para a 1ª classificada a garantia da presença na FRIMOR – Feira Nacional da Cebola, em setembro. Critérios a observar pelo júri: decoração, serviço, ementa e apresentação.

Recorde-se que as Tasquinhas de Rio Maior são uma marca oficialmente reconhecida, classificadas de interesse para o turismo nacional e detentoras do prémio «Melhor Gastronomia 2014» atribuído por um júri designado pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

Para a presidente do Município, que se assumiu ciente da importância das Tasquinhas de Rio Maior para o turismo regional e nacional, “é neste ambiente e clima de festa que nós queremos dar o ‘pontapé de saída’ e dizer às gentes da nossa terra, a toda a gente da nossa região e a Portugal que esta é a nossa festa, a festa dos riomaiorenses em que nos juntamos cerca de 2 500 voluntários de todo o movimento associativo que se envolve neste evento para que possamos receber bem quem nos quer visitar”. Isaura Morais agradeceu aos trabalhadores da autarquia o contributo que também dão para o êxito deste festival gastronómico.

A autarca, reconhecendo que a princípio, quando o turismo em Rio Maior teve que passar para a alçada da ERTAR dada a integração estratégica do Ribatejo na CCDR Alentejo tendo em vista a continuidade do acesso aos fundos comunitários, temeu-se que este concelho ficasse relegado para qualquer coisa próxima do esquecimento, assumiu agora que o que tem vindo da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo tem sido bom. E disse dirigindo-se ao presidente da ERTAR: “Deixo-lhe aqui um agradecimento reconhecido por todo o trabalho que tem feito e que nós temos acompanhado, e por todo o trabalho que, espero, continue a fazer na promoção destes territórios.”

Ceia da Silva incidiu a sua intervenção especialmente no desenvolvimento do turismo na região, apelando, uma vez mais, aos restaurantes para que respondam às cartas da ERTAR para que possam ser certificados e constar de um Guia específico associado à Carta Gastronómica; não custa nada e é benéfico. Anunciou que vão avançar com “toda a linha de marketing estratégico para os territórios dos onze concelhos da Lezíria do Tejo (…) a estruturação do projeto «Produto Natureza» com rotas de walking (caminhadas) e de cycling (ciclismo) incluindo a estruturação de centros de BTT (…) que já está no terreno (…), a estruturação de rotas de Turismo Cultural e Paisagístico como as que têm a ver com a Cultura Avieira (…), a candidatura do Fandango a Património Imaterial da Humanidade (…), a estruturação dos Caminhos de Santiago (…) e quando esta rede estiver estruturada aparecerá aquilo que é essencial em turismo, que é o alojamento (…) Vão aparecer as primeiras unidades, fortes, que são um hotel vínico no Cartaxo, uma unidade ligada à música clássica em Alpiarça e há aqui projetos em Rio Maior onde existe uma dinâmica muito específica de um conjunto de empresários associados às Salinas (…), muito interessante (…) que passam não só por um centro ligado à Cultura do Sal mas também, depois, por um investimento em rede de oferta muito associada ao sal que pode ser constituída por várias unidades e que estamos a estudar (…)”. Algumas novidades, portanto.

A Bagatuna- Tuna Masculina da Escola Superior de Desporto de Rio Maior atuou a abrir a sessão de apresentação das Tasquinhas.

A Bagatuna- Tuna Masculina da Escola Superior de Desporto de Rio Maior atuou a abrir a sessão de apresentação das Tasquinhas.

Demos agora uma vista de olhos pelo programa geral das Tasquinhas 2017, à procura de atividades paralelas. Destacamos: o 4º Trail Urbano Tasquinhas no dia 24 de março às 19h30 com partida do Espaço TasquinhasFest; o LandTasquinhas – Passeio Turístico Land Rover no dia 25 às 9h00 com partida do Pavilhão Multiusos; no dia 29, às 17h00, no CNIRM, o Seminário «Alentejo 2020 para as empresas»; no dia 1 de abril, às 8h30, nas Piscinas Municipais a disputa da Taça Associação de Natação do Distrito de Santarém e às 9h30 uma Caminhada Inclusiva tendo como núcleo o Jardim Municipal e à tarde o Grande Prémio Internacional de Rio Maior em Marcha Atlética e por fim, no dia 2, às 9h00 o arranque da 6ª Rota BTT Serra & Sal.

Para saber tudo o que o programa geral lhe reserva aceda a http://www.regiaoderiomaior.pt/programa-das-tasquinhas-de-rio-maior-2017/

C. M.

Categorias:Em Destaque, Rio Maior Tags: , , , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

As Salinas As Salinas
Colecionadores têm Encontro Nacional em Alcanena Colecionadores têm Encontro Nacional em Alcanena
Leiria vai receber Roadshow Porco PT Leiria vai receber Roadshow Porco PT
ESTM/IPLeiria: certificação de qualidade renovada ESTM/IPLeiria: certificação de qualidade renovada

Responder

Enviar Comentário

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.