UDRM voltou a conceder derrota pela margem mínima

A “manta de retalhos” que o técnico Eduardo Teixeira voltou a ter de “tecer” não chegou para tudo e a União Desportiva de Rio Maior (UDRM), a jogar em casa, voltou a conceder uma derrota pela margem mínima.

Para a terceira jornada do Campeonato da I Divisão Distrital da Associação de Futebol de Santarém, que trouxe até ao Estádio Municipal de Rio Maior a equipa da União Futebol Clube e Indústria de Tomar (U. Tomar), o técnico Eduardo Teixeira voltou a ter de “tecer” uma “manta de retalhos”, mas frente a uma equipa que procura os lugares cimeiros, a “manta” não chegou para tudo.

Novamente com muitas ausências, a UDRM voltou a entrar bem no jogo, como aliás tem feito em todos os jogos disputado, demonstrando claramente ao adversário que iria ter uma partida difícil. Mesmo jogando com o avançado Rúben Coelho a defesa central (!) e com o extremo Luís Henriques a defesa direito, a UDRM não demonstrou grandes fragilidades defensivas, levando consistentemente o jogo “para cima do adversário”, durante a fase inicial, que sentiu sempre muitas dificuldades para chegar à área riomaiorense.

Os riomaiorenses até podiam ter chegado cedo à vantagem, mas Zuca acabou por disparar por cima, da baliza defendida pelo guardião Nuno Ribeiro (U. Tomar).

Os visitantes só por volta dos vinte minutos conseguiram sacudir a pressão inicial, passando a equilibrar a partida, fazendo sentir a sua presença, especialmente no meio-campo, ainda que, feitas as contas, a equipa de Tomar apenas por uma vez tenha conseguido incomodar o guardião Fábio Silva, por intermédio de Pelé, num lance em que os visitantes reclamaram penalti.

UDRM x U TOMAR BRUNO

Apesar do equilíbrio, a UDRM era a única equipa que ia levando perigo à área contrária, tendo criado várias oportunidades (algumas flagrantes) para abrir a contagem, só que a equipa de Rio Maior voltou a denotar grandes dificuldades na finalização e acabou por dar oportunidade ao adversário, já perto do intervalo, para se colocar em vantagem. Num lance que nasce de uma bola perdida no meio-campo, Nuno Rodrigues (U Tomar) aproveitou da melhor forma um corte defeituoso de Rúben Coelho, e fez o único golo da partida.

No segundo tempo, a UDRM continuou a mostrar mais garra e, ainda que sem exercer um domínio absoluto, foi criando oportunidades para restabelecer a igualdade, mas lance após lance os riomaiorense foram desperdiçando. No final, já com a União de Tomar remetida à sua defesa, a UDRM ainda ficou perto de receber o golpe de misericórdia, mas foi a vez de os visitantes desperdiçarem, de forma escandalosa, um golo certo.

O resultado final é, uma vez mais, difícil de digerir, especialmente frente a uma equipa que pareceu estar bem ao alcance desta UDRM, mesmo tendo em conta os condicionalismos.

Para já, com este resultado, a equipa de Rio Maior cai na zona de despromoção, fazendo companhia à União Desportiva de Santarém, e vê o primeiro classificado a 8 pontos de distância quando estão jogadas apenas 3 jornadas. O difícil arranque de temporada continua no próximo Domingo, com a deslocação ao terreno de outro candidato à subida, o Torres Novas.

Categorias:Desporto Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Rio Maior SC vence Salvaterrense e sobe ao 4ºlugar Rio Maior SC vence Salvaterrense e sobe ao 4ºlugar
Campeonatos Distritais de Futebol de Santarém Campeonatos Distritais de Futebol de Santarém
Futebol: Portugal x Turquia em Rio Maior Futebol: Portugal x Turquia em Rio Maior
Aluna da Secundária de Rio Maior é 1ª no Badminton nacional Aluna da Secundária de Rio Maior é 1ª no Badminton nacional

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.