Uma Feira nova em Arrouquelas

Arrouquelas vai à feira no Largo dos Combatentes, já neste sábado, dia 14

Berço da Feira de Setembro de Rio Maior, hoje em dia mais conhecida como Frimor – Feira Nacional da Cebola, Arrouquelas terá de novo uma feira já neste sábado, dia 14 de novembro de 2015.

Data de 23 de outubro de 1674 a concessão de alvará para a realização de uma feira nesta aldeia, satisfazendo uma petição nesse sentido apresentada pelos juízes da Irmandade de Nossa Senhora de Arrouquelas, para a criação de uma feira a 15 de setembro, com o intuito de angariarem meios para poderem completar a obra da igreja e adquirir ornamentos. Essa feira fez-se até 1739, ano em que Rio Maior solicitou a D. João V alvará para a criação da sua própria feira, o que foi concedido no ano seguinte, substituindo a feira de Arrouquelas.

Arrouquelas volta agora a ter a sua feira. Será a Feira de S. Martinho e destina-se a promover e divulgar a produção local de bens, em especial do ramo alimentar e artesanato, bem como a proporcionar convívio e animação, como pode observar na imagem que se segue.

cartaz

Como a fotografia documenta, os preparativos deste evento, que está a despertar grande entusiasmo na zona, já estão “no terreno”. Serão cerca de 20 os expositores.

arrouquelasfeira

A Feira de S. Martinho de Arrouquelas realizar-se-á no Largo dos Combatentes, onde se situa o edifício do Mercado Diário.

A Feira é chamada de S. Martinho porque, reza a lenda que num dia frio e chuvoso de inverno, Martinho ia montado a cavalo quando encontrou um mendigo. Vendo o pedinte a tremer de frio e sem nada que lhe pudesse dar, pegou na espada e cortou o manto ao meio, cobrindo-o com uma das partes. Mais adiante encontrou outro mendigo, com quem partilhou a outra metade da capa. Sem nada que o protegesse do frio, Martinho prosseguiu o seu caminho… E foi então que “as nuvens negras desapareceram e o sol surgiu”!

Na freguesia de Arrouquelas, esse dia de esplendor humanitário e solidário terá sido comemorado com muita animação, castanhas e água pé.

O bom tempo ter-se-á prolongado por três dias.

As lendas são assim; têm encanto e isso basta para alegrar os corações e motivar o convívio das populações em datas especiais.

Categorias:Em Destaque, Rio Maior Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Futsal – Taças Nacionais realizam-se no distrito de Santarém Futsal – Taças Nacionais realizam-se no distrito de Santarém
CAR com nova promoção internacional da Fundação do Desporto CAR com nova promoção internacional da Fundação do Desporto
Torneio Inter-regional Especialista na Piscina Olímpica de Rio Maior Torneio Inter-regional Especialista na Piscina Olímpica de Rio Maior

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.