Villas-Boas é candidato à presidência do IPSantarém

O Professor Coordenador José Mira de Villas-Boas Potes é candidato a presidente do Instituto Politécnico de Santarém.

Atual diretor da Escola Superior Agrária, Villas-Boas Potes tem consigo os diretores das Escolas Superiores do IPSantarém

José Mira de Villas-Boas Potes é candidato a presidente do IPSantarém e conta com o apoio dos diretores das Escolas Superiores.

Jorge Justino, o ainda presidente do Instituto Politécnico de Santarém ao qual, entre outras Escolas Superiores pertence a Escola Superior de Desporto de Rio Maior, está de saída depois de mandatos consecutivos à frente da instituição académica. Entre os possíveis candidatos à sucessão, para o “render da guarda” assume-se o atual diretor da Escola Superior Agrária, José Mira de Villas-Boas Potes.

“O Politécnico de Santarém está a passar por um período difícil, que tem sobretudo a ver com as crónicas dificuldades orçamentais que têm condicionado a sua atividade, e com uma organização e gestão pouco eficientes, tanto dos seus recursos financeiros como humanos.

As eleições para o Conselho Geral da Instituição ocorreram sob este espectro e levaram a que os diretores das Escolas que constituem o Politécnico de Santarém se tivessem organizado para apresentar uma lista, que viria a ser a mais votada, sob o lema «Por um Instituto mais forte».

Este facto inédito na vida da Instituição veio criar uma responsabilidade acrescida quanto à apresentação de uma candidatura à Presidência do Politécnico de Santarém, de acordo com o compromisso então assumido”, começa por explicar este candidato em nota distribuída às redações.

José Mira de Villas-Boas Potes assume ser “com o maior orgulho e sentido de missão” que apresenta a sua candidatura ao cargo de presidente do Politécnico de Santarém, “juntamente com os diretores das Escolas Superiores”, afirmando-se “convicto que a experiência académica e de gestão organizacional” que foi acumulando ao longo dos anos, lhe “permite identificar não só os desafios” que se lhe colocam “como as soluções mais adequadas, criando pontes e mobilizando a comunidade”.

O candidato enuncia como “objetivo primeiro” da sua candidatura “consolidar a integração das cinco Escolas Superiores na gestão do Politécnico de Santarém, que a elas deve a sua existência, como alternativa a uma gestão centralizada das Escolas que espartilha processos e cria o afastamento e desmobilização da comunidade académica relativamente à governação do Instituto”.

A estratégia de fundo da candidatura – especifica – assenta em dois pontos fundamentais:

  1. Reforçar a ligação dos processos de ensino-aprendizagem com os respetivos contextos sócio-profissionais no sentido de “ensinar-fazendo”, isto é, transmitir conhecimentos e desenvolver competências de carácter profissionalizante; e
  2. Insistir na abertura do Politécnico de Santarém ao exterior, nomeadamente o seu envolvimento e comprometimento com aquilo que pode disponibilizar, para em conjunto com os parceiros socioprofissionais contribuir para o desenvolvimento regional, nacional e internacional.

Villas-Boas Potes conclui declarando que a sua candidatura “visa mobilizar toda a comunidade académica e todos os atores da região em torno de uma estratégia para o futuro do Politécnico de Santarém”.

Categorias:Educação Tags: , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Campeonatos Distritais de Futebol de Santarém Campeonatos Distritais de Futebol de Santarém
IPS – 4ª Conferência Cursos Técnicos Superiores Profissionais IPS – 4ª Conferência Cursos Técnicos Superiores Profissionais
Atividade Operacional do Comando Territorial de Santarém Atividade Operacional do Comando Territorial de Santarém
Alcobertas Futebol Clube na fase final da Liga Inatel Alcobertas Futebol Clube na fase final da Liga Inatel

Responder

Enviar Comentário

© 2018 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.