Youth for All, All for Humanity satisfez

Youth for All, All for Humanity satisfez os dirigentes da H2O.

«Youth for All, All for Humanity» foi o projeto de formação internacional organizado pela H2O – Associação de Jovens de Arrouquelas, em Rio Maior, entre 19 e 27 de junho de 2016. Este projeto realizou-se ao abrigo do Programa ERASMUS + da União Europeia.

Mais uma vez os dirigentes da H2O mostram-se satisfeitos com o trabalho realizado por todos e os resultados alcançados considerando que o sucesso na organização de projetos internacionais se deve ao empenho de todos e à experiência de vários anos nesta área, no trabalho com jovens e na sensibilização da comunidade para as questões europeias. Todo o projeto foi assente numa estratégia de educação não formal que teve como inovação a criação de uma exposição de Fotografia temática, de autoria de Joana Bom e que esteve patente na Biblioteca Municipal durante toda a formação.

Atividade na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Laureano Santos.

Atividade na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Laureano Santos.

O grupo na escadaria da Biblioteca Municipal.

O grupo na escadaria da Biblioteca Municipal.

Cada vez mais a H2O se preocupa em dar uma maior dimensão aos seus projetos, envolvendo mais pessoas nos mesmos, na conceção e realização tentando sempre atingir mais pessoas e mais jovens, de forma a envolver mais jovens nos programas de mobilidade internacional, sendo que até junho esta Associação trabalhou diretamente nesse sentido com a Escola Fernando Casimiro e Escola Profissional de Rio Maior, que vieram a enviar jovens em projetos da H2O.

O objeto do projeto «Youth for All, All for Humanity» foi a luta contra a xenofobia e o racismo em relação aos imigrantes, de modo a mudar os sentimentos negativos em relação à migração para positivos, numa abordagem baseada na compreensão das origens dos imigrantes e na desmontagem da política das raízes culturais baseadas nos medos e na ignorância das sociedades.

Voluntários confecionaram sopas dos seus países.

Voluntários confecionaram sopas dos seus países.

Foram 9 dias de formação com a participação de 30 jovens dirigentes de organizações juvenis, oriundos de vários países europeus – Portugal, Hungria, República Checa, Polónia, Grécia, Espanha, França, Macedónia, Eslováquia, Bulgária, Turquia, Malta, Estónia e Roménia –, em que a H2O procurou criar campanhas offline e online para jovens, a fim de apoiar a integração dos jovens imigrantes e lutar por valores humanos e europeus.

Momento de interação com a população de Arrouquelas.

Momento de interação com a população de Arrouquelas.

O projeto contou com a colaboração da Junta de Freguesia de Arrouquelas, Câmara Municipal de Rio Maior e Biblioteca Municipal, local onde se realizou a maior parte dos trabalhos, sendo que ainda passou pelas Salinas e Arrouquelas onde houve uma grande interação com a população local, com a realização de um arraial popular no centro da aldeia sede da freguesia, com todas as associações de Arrouquelas, o que foi “um momento intercultural muito enriquecedor que nos foi proporcionado pelo Rancho Folclórico Infantil e Juvenil das Quebradas, Tuna da Universidade Sénior de Rio Maior e ainda a marcha popular do SALPIQUETE, com todos vestidos a rigor”, comenta dirigente da H2O.

Os jovens interagiram com os riomaiorenses de forma muito positiva e salutar, inclusivamente com a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais.

Os jovens interagiram com os riomaiorenses de forma muito positiva e salutar, inclusivamente com a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais.

Em Rio Maior todo o grupo desenvolveu uma campanha nas ruas da cidade com vários momentos criativos e apelativos para a questão dos refugiados e da integração de cidadãos. Ao longo de toda a tarde de sexta-feira os jovens interagiram com os riomaiorenses de forma muito positiva e salutar, inclusivamente com a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, que se prontificou a escrever no mural exposto temporariamente na parede dos Paços do Concelho. Ainda em Rio Maior a AJA – Associação Jovem Alcobertas, proporcionou a todo o grupo uma animada aula de dança com os seus alunos, no antigo quartel dos bombeiros.

O grupo desenvolveu uma campanha nas ruas da cidade com vários momentos criativos e apelativos para a questão dos refugiados e da integração de cidadãos.

O grupo desenvolveu uma campanha nas ruas da cidade com vários momentos criativos e apelativos para a questão dos refugiados e da integração de cidadãos.

 

Durante o Training Course os participantes analisaram o significado dos artigos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e se estes foram cumpridos, ou parcialmente preenchidos, ou não, em relação à situação dos refugiados e imigrantes. Pesquisaram e apresentaram a situação atual dos refugiados e imigrantes nos seus países, o que os levou a compreender a diferença entre eles. Também deu uma ideia mais completa da situação na Europa e ajudou-os a entender o porquê do ignorar, gerando receios e tornando-se racistas para com os imigrantes. Para perceber a situação dos refugiados quando eles chegam à Europa o projeto teve a presença da fotojornalista Joana Bom que apresentou a sua exposição de fotos feitas nos campos de refugiados na Grécia e na Macedónia.

Atividade  na Biblioteca Municipal.

Atividade na Biblioteca Municipal.

Através da discussão e da tentativa de encontrar definições para a palavra “cultura”, os participantes também compreenderam a importância de respeitar a diversidade cultural e a prática de preconceitos e perceções. Eles também aprenderam acerca do modelo de desenvolvimento da sensibilidade intercultural por Milton J. Bennett.

Os participantes aprenderam a fazer uma campanha de juventude e a escolher um grupo alvo para tal. Para uma campanha de sucesso, foi importante aprender sobre canais de comunicação eficazes. Depois os participantes criaram a sua própria ação de rua contra a xenofobia e o racismo. No final de cada dia os participantes refletiram o conhecimento adquirido e que os ensina a conduzir e analisar o seu progresso de aprendizagem.

A H2O manifestou publicamente estar grata a todos os que têm colaborado com a Associação de Jovens de Arrouquelas e que têm tornado possível esta intensa dinâmica de aprendizagem, “que dignifica a região e os nossos jovens”.

Categorias:Educação Tags: , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM Região | Cláudio Matias é o Bombeiro de Mérito 2017 da AHBVRM
Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números Região | Movimentos – Bombeiros Voluntários de Rio Maior em números
Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid Região | Aos 21 anos a ESDRM viu tomar posse o 5.º diretor: Luís Cid
Região | Nó de Rio Maior do IC2 em Asseiceira volta a ser encerrado. Região | Nó de Rio Maior do IC2 em Asseiceira volta a ser encerrado.

Responder

Enviar Comentário

© 2021 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.