Joana Silva: a primeira RM Talento

Em 2015, Joana Silva tornou-se a primeira RM Talento.

A Joana Silva, 1º RM Talento.

A Joana Silva, 1º RM Talento.

Filha de Miguel Ângelo Serra Correia da Silva, que trabalha no Ginásio do Instituto Politécnico de Santarém e de Susana Carla Alves Franco, professora da Escola Superior de Desporto de Rio Maior, do mesmo Instituto, Joana Silva, agora com 13 anos de idade, aos 12 sagrou-se, em 2015, vencedora do primeiro RM Talento.

“O meu pai foi aluno da Escola Superior de Desporto e a minha mãe foi professora dele”, confidencia a jovem. A Escola, essa já vai a caminho dos 19 anos!

Dona de uma voz estupenda, de mais a mais atendendo à idade, Joana terminou em fins de abril de 2016 o seu efémero “reinado” de um ano. Terá toda a sua juventude para se guindar a patamares mais elevados, sejam eles do canto, de quaisquer outras áreas das artes ou das ciências e quem sabe se não mesmo da música. Para já, sem descurar as canções a Joana anda a aperfeiçoar-se no piano, frequentando o ensino articulado de Música em A-dos-Francos, no Colégio Frei-Cristóvão onde é aluna do 8º ano.

Região de Rio Maior (REGIÃO) – O facto de teres sido RM Talento teve alguma influência no Colégio, em relação a ti?

Joana Silva (JS) – Não… mas fui convidada para fazer mais espetáculos – no Colégio –, para cantar.

REGIÃO – Andas a aperfeiçoar- te no piano o que significa que sabes tocar piano. A ponto de te acompanhares a ti própria quando cantas?

JS – Sim, claro.

REGIÃO – Vocês são muitos ou poucos no Ensino Articulado de Música?

JS – Ainda somos alguns.

REGIÃO – E têm aulas de quê?

JS – Temos três disciplinas: a Classe Conjunto Coral, Instrumento, que podemos escolher e eu escolhi o piano, e temos Formação Musical.

REGIÃO – Como é que foste parar ao Colégio Frei-Cristóvão?

JS – O facto de as minhas amigas irem para lá foi um incentivo para eu também ir. E como já tinha o Ensino Articulado de Música, tem boas condições e é uma boa escola optei por ir para lá.

REGIÃO – Também andaste nas escolas, aqui de Rio Maior…

JS – Andei no Colégio Alto Pina do 1º ao 4º ano.

REGIÃO – Concorreste ao RM Talentos porque soubeste e quiseste concorrer ou foste “empurrada”?

JS – Eu soube e quis logo concorrer! Fiquei empolgada com essa possibilidade, inscrevi-me logo, fiz o casting e correu tudo bem.

REGIÃO – Fartas-te de cantar lá em casa, não?

JS – Sim… mas comecei a gostar mais de cantar a partir do 5º ano. Como fui para o Articulado comecei a apaixonar-me mais pela música e a partir daí tenho cantado, tenho tentado melhorar cada vez mais, treino…

REGIÃO – O teu colégio também organiza eventos para a comunidade, onde vão os pais dos alunos?

JS – Organiza pois. E normalmente também costumo participar neles, porque além de cantar também gosto muito de fazer teatro.

REGIÃO – Quer dizer que também andas no Teatro…

JS – Ando no Teatro e na Dança; ando no Ballet, desde os meus três anos. Já faço pontas, sou aluna da Lisandra. Em relação ao Teatro ando na Academia de Teatro do meu Colégio e também estou a fazer teatro no «Quem Não Tem Cão – oficina de artistas». Estamos a preparar uma peça que deve estrear em outubro.

REGIÃO – Ó Joana, quando ganhaste o RM Talentos o que é que recebeste como prémio?

JS – Recebi um tablet e uma lembrança com o nome do concurso.

REGIÃO – A partir daí o que é que aconteceu? Foste convidada a ir aqui e ali?

JS – Fui convidada para ir cantar na eleição da Miss Rio Maior, na FRIMOR, no Dia Mundial da Paz fui ao Jardim Municipal cantar. Escusado será dizer que antes de ganhar o RM Talentos não tinha ido a lado nenhum desses.

REGIÃO – Gostavas de ir cantar a uma discoteca? É claro que para já ainda és muito novinha.

JS – Gostava. Muito.

REGIÃO – Já pensaste no que é que queres ser quando fores grande?

JS – Ai! Por acaso já pensei, sim, mas ainda não tenho uma resposta concreta; gostava muito de tirar um curso de artes performativas em que estivessem reunidas as três vertentes de que eu mais gosto: cantar/tocar, dançar e representar.

REGIÃO – Já pensaste na possibilidade de concorreres a esses concursos que há nas televisões?

JS – Já pensei e já tentei várias vezes. Eu fui às provas cegas do The Voice Kids mas não passei; já não havia muitas vagas e como já tinha vozes do meu timbre em todas as equipas não carregaram no botão, pelo menos foi isso que eles me explicaram. Já não me lembro se nessa altura ainda tinha 11 anos ou se já tinha feito os 12. Este ano também tentei no Got Talent mas não consegui. Mas também vou mais numa de me divertir do que propriamente para competir.

REGIÃO – Nos castings cantaste em português ou em inglês?

JS – Cantei um tema em português e outro em inglês.

REGIÃO – Tu cantas muito bem o fado.

JS – Obrigada!

REGIÃO – Quais são os teus planos para os próximos tempos? Sabes se podes concorrer novamente ao RM Talentos?

JS – Não sei… Mas se puder quero concorrer outra vez! É uma experiência única e estamos sempre a aprender. Eu gostei muito do meu mentor, que foi o Paulo Montez, aprendi imenso com ele a nível técnico e em tudo, incluindo a presença de palco. Foi uma experiência inesquecível e eu gostava de viver tudo novamente.

REGIÃO – É claro que a tua prioridade são os estudos mas se te convidarem a ir cantar aqui e acolá, para ires a uma escola cantar…

JS – Aceito sem pensar duas vezes!

REGIÃO – Imagina que uma família descobre que tu sabes cantar, vai fazer uma festa de anos onde estarão 40 ou 50 pessoas e resolve convidar-te. Já alguma vez cantaste para um público assim?

JS – Já, mas mais para pessoas conhecidas. Por exemplo cantei no casamento do meu tio.

Nesta entrevista, dirigindo-se aos concorrentes do RM Talentos 2016, Joana Silva aconselhou-os a não estarem focados em querer ganhar e na concorrência mas sim em darem o seu melhor e em desfrutarem do momento, porque seria único, só deles, com toda a gente focada neles. “Não se enervem, porque no palco sai tudo, é uma adrenalina enorme”, recomendou.

Por último a Joana agradeceu à sua família e aos seus amigos, “porque sem eles eu não teria chegado até aqui. Eles são muito importantes para mim, apoiam-me em tudo… Sem eles eu não sou nada”, declarou.

joana_silva_baixo

Texto e fotos: Carlos Manuel

Categorias:Em Destaque, Rio Maior Tags: , ,

Também pode ser do seu interesse:

RM: Estágio Integrado de Natação Adaptada e Águas Abertas RM: Estágio Integrado de Natação Adaptada e Águas Abertas
Começaram as Noites de Verão em Rio Maior Começaram as Noites de Verão em Rio Maior
Joana Silva canta no Colégio Frei Cristóvão Joana Silva canta no Colégio Frei Cristóvão
Joana Silva é o RM Talento 2015 Joana Silva é o RM Talento 2015

Responder

Enviar Comentário


três + = 9

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.