Paisagem Protegida da Serra de Montejunto já fez 18 anos

Exposição de fotografia de Cidália Vinagre (no uso da palavra, na foto em Facebook).

Exposição de fotografia de Cidália Vinagre (no uso da palavra, na foto em Facebook).

Paisagem Protegida da Serra de Montejunto comemorou 18 anos de implementação com a presença dos seus gestores.

Em 22 de julho de 2017, a Paisagem Protegida da Serra de Montejunto comemorou 18 anos, uma efeméride importante pois o Decreto Regulamentar nº 11/99 de 22 de julho permitia criar esta Área Protegida de Âmbito Regional.

Este reconhecimento pretendeu propiciar uma mais equilibrada fruição da serra, em primeiro lugar pelas populações locais, fomentando a promoção das atividades tradicionais. Quis, por outro lado, atrair visitantes à prática de atividades de recreio e lazer, com respeito pelos valores naturais e patrimoniais.

Esta comemoração, da responsabilidade da recém-criada Associação dos Municípios de Alenquer e Cadaval (AMAC), teve a colaboração do órgão diretivo da Paisagem Protegida da Serra de Montejunto (PPSM), onde se inclui o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

Integrou o programa festivo uma sessão oficial de boas-vindas, que teve lugar no Centro de Interpretação Ambiental da PPSM. Nela participaram as entidades oficiais dos órgãos gestores da serra, entre os quais representantes dos Municípios do Cadaval e de Alenquer.

Seguiu-se a inauguração de uma exposição fotográfica consagrada aos 18 anos daquela área protegida, a qual mostrará, até final de agosto, trabalhos da autoria de Cidália Vinagre (cidadã oriunda de Pragança), enquadrados na sua tese de doutoramento.

As comemorações prosseguiram com uma caminhada de baixa dificuldade, com cerca de 6 km de distância, que permitiu demonstrar algum do património natural circundante da Quinta da Serra.

Seguiu-se a abertura oficial de uma mostra de produtos locais, que reuniu cerca de uma dezena de produtores dos concelhos do Cadaval e de Alenquer, e que teve lugar no Parque de Merendas da Mata Nacional da Quinta da Serra.

A atividade culminou com uma visita guiada ao setecentista complexo industrial da Real Fábrica do Gelo, monumento que outrora fornecia a corte e a baixa lisboeta do gelo que refrescava bebidas e permitia confecionar gelados.

Categorias:Regional Tags: , , , , , ,

Também pode ser do seu interesse:

Caminhada em 25 de Abril em S. João da Ribeira Caminhada em 25 de Abril em S. João da Ribeira
Visitas às grutas de Fontainhas na Serra de Montejunto Visitas às grutas de Fontainhas na Serra de Montejunto
GNR realizou Caminhada pela Floresta GNR realizou Caminhada pela Floresta
IPSantarém promove “Assalto” a Santarém IPSantarém promove “Assalto” a Santarém

Responder

Enviar Comentário


+ três = 11

© 2017 . Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MDS Implement Ideas.